Chichén Itzá

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Doritos.jpg ¡Viva Zapata!

Esta es más una de las porquerías que viénen del México, como la Televisa, El Chavo del Ocho, Thalía y Moderatto. Lo autor está en una cantina en Tuxtla comiendo tacos con jalapeño y guacamole.


Este artigo é um
Patrimônio Mundial da Humanidade.

Pode ser uma ruína, uma cidade
de merda, um matagal abandonado,
mas está protegido!

World Heritage Site logo.png

Leitura recomendada apenas para
pessoas com cultura.

A UNESCO monitora este artigo.


Chichén Itzá é a capital do Império Separatista Maia na província asteca de Iucatã, o nome Chichén Itzá significa do anglo-saxão "Galinha Itza", o apelido do Grande Deus Kukulkan que tinha forma de galinha e vendia coxinhas de frango assada na Califórnia.

História[editar]

Quetzalcoatl invocando alguma tempestade catastrófica em Chichém Itzá quando não fica satisfeito com um esporte sacrifício.

A cidade construída junto com as Pirâmides do Egito para que não houvesse erros, já que os egípcios eram mestres em pirâmides, era só os maias copiarem direitinho.

A capital foi construída em 400 a mando do Grande Imperador Maia Ju'Xce'LI'no Ku'bit's'cheek, usando calangos como escravos, a cidade antiga vizinha de Mayapan que é como se fosse um Rio de Janeiro da vida, era a antiga capital, mas era cheia de marginalidade, falcatrua e outras coisas podres, por isso mudou-se a capital tal qual aconteceu no Brasil.

Depois de séculos de prosperidadem 1221 começa o declínio da civilização maia como previam os calendários místicos daquele povo. O Templo dos Guerreiros pega fogo sem motivo nenhum, as pessoas começam a morrer e os astecas começam a matar os maias.

Quando já estava tudo na merda, lá para 1500 aparecem os Conquistadores para terminarem o serviço e matar todo mundo, mas decidem preservar a cidade, para ela vir a ser um importante ponto turístico, maravilha do mundo moderno e fonte de lucro.

O Sítio[editar]

Pirâmides de pedra compõe toda a paisagem. Como Chichén Itza era quem ditava a modinha na América Central, é por isso que todas as outras cidades da mesoamerica são similares.

El Castillo[editar]

O perfil de sacrifício preferido do pervertido de Quetzalcoatl.

Esta é aquela pirâmide que você vê em todas as fotos de Chichén Itzá. Ela foi importante porque foi a primeira e todas as outras 5 milhões de pirâmides no México foram tiradas dos moldes dessa.

Essa pirâmide era o local sagrado de moradia de Quetzalcoatl, que queria devorar pelo menos 1 jovem virgem por semana do contrário destruiria o Império Maia.

El Castillo, No dialeto local significa "Templo das Reuniões" E era lá que decidiam quais moças iam dar para Quetzalcoalt e Se iam se mudar para a Mongólia, local das bases secretas de Pancho Villa.

Templo dos Guerreiros[editar]

A antiga base das forças armadas do Império Maia. Lutou bravamente contra as forças de Hernán Cortés, mas as suas muralhas não foram páreos para as bombas de peidos dos espanhóis.

Atualmente o edifício é sede do Ministério da Defesa do México.

Las Monjas[editar]

"As Freiras" no dialeto maia, recebeu esse singelo nome para disfarçar que o local foi um antigo prostíbulo.

El Caracol[editar]

Edifício em forma de caracol era um observatório astronômicos capaz de fazer análises astrológicas precisas. Lia mão e jogava búzios também.

Akab Dzib[editar]

Quando os turistas começaram a lançar um monte de lixo, Quetzalcoatl começou com mais raiva.

"A Casa dos Escritos Misteriosos", era uma antiga biblioteca com livros de pedra que são a chave para entender porque um povo tão próspero como os Maias evaporaram repentinamente.

A seguir um pequeno trecho dos escritos. Boa sorte na tradução, se conseguir descobrir algo, me avise!

"Yahawal Cho' K’ak’ Wa(k)wak Puh Ak Na K'inich Muwaan Jol Chak Toh Ich’ak I Siyah K'ak' Tikal Nun Yax Ayin Teotihuacan Siyah K'ak'Siyah Chan K'awil II K'an-Ak Ma'Kin-na Chan Chak Tok Ich'aak Ix Yo K'in Kalomte' Balam Wak Chan K'awil Lizard Head II Caracol K'inich Wayaan K'inich Muwaan Jol II Hasaw Chan K’awil"

Gruta de Balankanche[editar]

Uma caverna secreta e inexplorada, é o lar de um terrível dragão, zumbis e monstros grotescos em geral que protegem a cidade de Chichén Itzá de qualquer asteca ou mexicano que se aproxime.

As 7 Ruínas do Mundo Antigo
Poder piramide.jpg
Pirâmides de Gizé
____ Hanging Gardens of Babylon.jpg
Jardins Suspensos da Babilônia
____ Deus-do-rock.jpg
Estátua de Zeus em Olímpia
____ Templo artemis.jpg
Templo de Ártemis em Éfeso
____ Myst.jpg
Mausoléu de Halicarnasso
____ Colosso Scrat.jpg
Colosso de Rodes
____ FaroldeAlexandria.jpg
Farol de Alexandria
As 7 Ruínas do Mundo Descíclope
Cubo-1.jpg
Cubos de José
____ Marijuana news01.jpg
Jardins Subterrâneos da Jamaica
____ Odin throne.jpg
Estátua de Odin em Oslo
____ Obamis.jpg
Templo de Cacildis em Ipanemis
____ Heirloom-cradle-kit-LG-748b110.jpg
Berçário de Pablo Picasso
____ Cachorro de Rodes.jpg
TV Colosso de Rodes
____ Farol.jpg
Farol Aceso da Alexandra
As 7 Ruínas do Mundo Moderno
BuddyChristTheRedeemer.jpg
Cristo Redentor
____ Wall.jpg
Grande Muralha da China
____ Petra02.jpg
Petra
____ Coliseu.jpg
Coliseu de Roma
____ Machupicchu2.jpg
Machu Picchu
____ Pic1.jpg
Chichén Itzá
____ Taj-mahal.jpg
Taj Mahal