Chiclete com Banana

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Arband.jpg

Este artigo é sobre um(a) artista, grupo musical ou uma banda.
Certamente, fãs idiotas alienados odiarão este artigo!!


Formação original dos criadores da Micareta. Note que Chimbinha não esta na foto, pois nunca gostou de posar.
Vocalista da Banda fantasiado de Gilberto Barros no Carnaval Eletrico da Bahia
Bell Marques no início da carreira.

Cquote1.png Essa banda tocou no meu aniversario de 15 ano! Cquote2.png
Dercy Gonçalves sobre Chiclete com Banana

Cquote1.png Quem não gostou vai pro ASA!!! Cquote2.png
Bel Marques sobre Chiclete com Banana

Cquote1.png AEE PEGUEI 77 mina NO ULTIMO CAMALEÃO!! Cquote2.png
Pegador sobre Chiclete com Banana

Cquote1.png Eita vamos no Faustão de novo!!! Cquote2.png
A Banda indo no unico programa que e convidada

Cquote1.png Zum Zum Zum Zum ZumZum Baba Cquote2.png
Cumpadí Washington sobre Chiclete com Banana

Cquote1.png Zum Zum Zum beija e vaza! Cquote2.png
Micareteira sobre Chiclete com Banana

Cquote1.png Um grande grupo de rap. Cquote2.png
Carla Perez sobre Chiclete com Banana

Cquote1.png vocês trairam o movimento axé véio! Cquote2.png
Dado Dolabella sobre Chiclete com Banana

Cquote1.png Eu gostcho muitcho Cquote2.png
Beto Jamaica sobre Chiclete com Banana

Cquote1.png A melhor banda do Mundo! Cquote2.png
Chicleteiro sobre Chiclete com Banana

Cquote1.png Já expancaraum eu e meux amikenhos num show deles :'( Cquote2.png
Emo sobre Chiclete com Banana

Cquote1.png Quem mandou você pegar na minha bunda e me alisar, seu baitola?! Cquote2.png
Chicleteiro Irritado sobre citação acima

Cquote1.png Cara caramba cara caraô! Cquote2.png
Cassandra Matias Salão nua na área de serviço sobre Chiclete com Banana

Nascimento[editar]

A Banda Chiclete com Banana, formada por Bell Marques, Wadinho Marques, Rey, Waltinho Cruz, Chimbinha e Deny, originou-se de um grupo chamado SCORPIUS, que se apresentava em festas de formatura e era considerado um autêntico conjunto de balé e heavy metal em 1423. Desse grupo já faziam parte Bell e Wadinho, que mais tarde vieram a se unir com os demais integrantes.

Fantasia usada durante shows nas formaturas
Chimbinha, um dos membros originais do grupo

Após o Descobrimento do Brasil, foram convidados a realizar uma apresentação na nova terra para festejar a chegada da Corte Real ao Brasil. Porém o navio em que vieram encontrava-se um tripulante lendário, Charles Bronson. O mesmo após tomar um porre de Tequila e baforar um pouco de Gás Letal de Alcachofra destruiu o navio e assim prendeu o grupo na terrinha. E assim foram anos e anos tocando em festas de formatura.

Chimbinha, o maestro do grupo veio a desfalcar o Chiclete em 1902 quando recebeu um convite para fazer parte de um programa de Mesa Redonda em Tocantins. O mesmo ainda viria a fundar a banda de Heavy Metal Metallica apenas também para abandona-la posteriormente.

Em 1982, convidados pela BACAROLA, subsidiária da quitanda ARIOLA, para gravarem um K7, surgiu a vontade de trocar o nome da banda, pois, SCORPIUS tornava-se um nome totalmente ultrapassado e apenas atingia fãs curinthianos e metaleiros. Pediram sugestão à Faustão, na época um cartunista e artista gráfico, um nome que criasse polêmica e causasse impacto. Faustão, que já conhecia o grupo e sabia a mistura de ritmos que o mesmo fazia, sugeriu: "CHICLETE COM BANANA".

Hoje esta "banda" caga dinheiro, seus shows costumam lotar de pessoas com q.i. abaixo de zero, cocotas, bêbados, e cheiradores de lança perfume. Dentre as composições geniais temos _ chiiiiicleeeeteeeee oba oba, pira pira pirô em Salvador e uh lelelele uh lelele lelelelele....aff!

Explicando o novo nome[editar]

Rg de algum micareteiro da vida

Mas por que Chiclete com Banana? A pergunta que não queria calar na boca do povo de Salvador. O grupo começou a inventar várias estórias que chegaram a tornar-se lendas, como por exemplo: A banda tinha terminado uma apresentação de balé numa cidade do Acre e a Prefeitura não tinha $$ para pagá-los, entãoo ofereceu-lhes chiclete e banana para ao menos se alimentarem.

Ainda diziam a boca pequena que esse nome inusitado era devido a uma enorme plantação de Bananas e fábricas de chiclete espalhadas ao redor do Acre. Mas como o Acre não existe, tudo não passa de especulação.

Continuando a Trajetória[editar]

Em 1984, lançaram o LP "Acaí com Banana". O disco teve grande importância, não pela vendagem, mas pela divulgação da música "Mistério das Bananas" em todas as rádios baianas, mineiras e russas.

A música foi o primeiro grande salto da banda e a vendagem do disco só não teve boa performance devido a uma decisão da Censura Federal de recolher todos os exemplares que se encontravam nas lojas. As causas foram duas músicas, "Apenas Cheire", letra de Bell e "Minha Gatinha Foi Cheirada", de Missinho e Jonne, por acharem que estas feriam os moldes políticos e a moral daquela época.

Até abril de 1986, o Chiclete com Banana era composto por 23 integrantes. Tinham 2 guitarristas (Missinho e Jonne) e 4 percussionistas (Denny, Cruz, Rey e Rubinho). O restante eram apenas dançarinas popozudas do palco. Saíram então Missinho e Rubinho, ficando apenas 21 integrantes. Com a saída de Missinho, que era um bom compositor e músico, o público passou a achar que a banda não daria a volta por cima. O lançamento do disco "Gritos de Alcachofra" fez com que a apreensão do público caísse por terra. A banda vendeu entre 13750 e 456800 mil cópias, recebendo 3 discos de platina e marcando assim o início do femonemo chamado CHICLETE COM BANANA.

Comemoração do Título Mundial do São Paulo na Parada Gay, com Chiclete ao vivo

Camaleão[editar]

Neste meio tempo apareceu a proposta tentadora do bloco de balé de Salvador, o CAMALEÃO. Era a oportunidade de tocar para um público diferente. Firmaram então contrato com o CAMALEÃO, onde estão até hoje. É interessante enfatizar que em todos os blocos que a banda Chiclete com Banana passou como contratada fez grandes amigos e até hoje recebe visitas dos seus bailarinos e fãs, sempre mantendo um ótimo relacionamento com eles.

Chiclete na rota do Exterior[editar]

Com dosagens balanceadas de ousadia, organização, intuição e um grande carinho pelo seu público bailarino, o Chiclete ultrapassou as fronteiras do Brasil e foi mostrar seu swing bailarino na França, Russia, Chechenia, Holanda, Estados Unidos da América e Argentina, onde o 39º disco do grupo foi lançado, alcançando uma significativa vendagem.

Em junho de 1995, a banda Chiclete com Banana, realizou uma excursão pela Europa onde participaram de vários festivais, entre eles os de MaconhaFest, em Tubinger, na Alemanha, no Festival de Cheiramento de Gatinhos, na Suíça e no Alcachofra Party, em Amsterdã, na Holanda. Os componentes do grupo voltaram surpresos com a grande aceitação da banda no exterior. Então, trouxeram de ambos festivais ideias muito perigosas para as micaretas e festivais de balé, como o baforamento de Gás Letal de Alcachofra e o Cheiramento de Gatinhos, apesar de estas serem práticas mto ativas no Brasi.

Discografia[editar]

  1. Sou Cheirador
  2. Chiclete com Pentagrama
  3. Gatinho no Maço, Alcachofra na Lata
  4. Maryhuana protetora
  5. Chiclete ft. Metal Massacration - LIVE
  6. Salve Quevedo da Esquina
  7. Formiga Amarela
  8. Mal Me Quer
  9. É Micareta - LIVE
  10. Nada Pra Tu
  11. Muié do Suvaco
  12. Banana Orquestra
  13. 16 Mafagafos
  14. Chiclete Sem Banana
  15. Presidiários
  16. Samambaia
  17. Fermentado e Destilado não é legal!
  18. Cornetas Rurais
  19. Desgraça Brasileira
  20. Açaí com Banana
  21. Rachadura
  22. Planta e Raiz