Chico Buarque

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Nota: Para outros significados de Chico, ver Chico (desambiguação).
Nota musical22.gif PROJETO HITS
Este artigo está incluído no Projeto Hits, e recebeu a classificação B pela comissão do projeto. Se quiser contribuir neste projeto, contate a Comissão do Projeto Hits e ajude-nos a crescer com bom humor aos nossos ouvidos, organismos e palatos!!
BHits.jpg


Bandeira rj.jpg "Coé, merhmão, eshte arhtchigo foi erhcrito porh CARIOCA!"

Não vandaliza, senão a chapa vai ficarh quentche, cara. Agora deixa eu irh na praia
pegarh um bronze nesse sol de 50 graush, comendo unsh birhcoitosh.
Emblem-sound.svg.png Chico Buarque
Lula chico.jpg
Chico Buarque e seu parceiro Tim Maia recebendo um Grammy.
Nome Francisco Aurélio Buarque de Holanda, Grécia, Escócia e Moçambique
Origem Rio de Janeiro
Sexo Gosta de anal e vaginal (praticante ativo) e oral
Instrumentos
Nuvola apps kcmmidi.png
Vocal e violão
Gênero Tropicaliente
Influências MPB
Nível de Habilidade Padrão Luso-Brasileiro (bem baixo)
Aparência Zeca Pagodinho Sóbrio
Plásticas Reestruturação da cavidade encefálica e facial
Vícios
Nuvola apps atlantik.png
coçar o nariz;
Cafetão/Produtor
Crystal Clear action bookmark.svg.png
Dercy Gonçalves





Cquote1.pngVocê quis dizer: Chico Conhaque da Yonna?Cquote2.png
Google sobre Chico Buarque
Cquote1.pngVocê quis dizer: Julinho da AdelaideCquote2.png
Google sobre Chico Buarque
Cquote1.pngVocê quis dizer: Cristóvam Buarque?Cquote2.png
Google sobre Chico Buarque
Cquote1.png Eu como mesmo! Cquote2.png
Bob's sobre Chico Buarque
Cquote1.png Cálice... Cquote2.png
Chico Buarque sobre Chico Buarque
Cquote1.png Invejo-o. Cquote2.png
Obama, Stephen Hawking e Bill Gates sobre Chico Buarque
Cquote1.png A Bahia é linda, Chico Buarque é lindo. Ou não. Cquote2.png
Caetano Veloso sobre Chico Buarque
Cquote1.png Quem te viu, quem te vê, quem não a conhece não pode mais ver pra crer Cquote2.png
Chico Buarque sobre Caetano Veloso
Cquote1.png É meu sonho de consumo. Cquote2.png
Fã retardada sobre Chico Buarque
Cquote1.png Tomar um chifre do Chico Buarque é melhor que ganhar um Grammy. Cquote2.png
Pai de Eduardo Campos, Imperador de Pernambuco sobre Chico Buarque
Cquote1.png Já comi... Cquote2.png
Chico Buarque sobre Daniela Mercury
Cquote1.png Ex da minha mulher. Cquote2.png
Marco Nanini/Lineu sobre Chico Buarque
Cquote1.png Lineuzinho, eu prefiro o Chico. Cquote2.png
Marieta Severo/Dona Nenê sobre preferências conjugais
Cquote1.png Quem? Cquote2.png
Fã alienado de Restart sobre Chico Buarque
Cquote1.png Eu fui fazer uma 'ménage' Cquote2.png
Chico sobre suas práticas sexuais
Cquote1.png Amanhã há de ser outro dia... Cquote2.png
Capitão Óbvio sobre Chico Buarque.
Cquote1.png O meu pai era paulista, meu avô pernambucano, o meu bisavô mineiro, meu tataravô baiano... Cquote2.png
Chico Buarque, mostrando seu background multicultural de uma maneira muito metida a besta
Cquote1.png NoOoXxaA kEm É eXi cAnToOoR?? nuMcA oUvI fAlAr...kAkOAPAOkaoapok Cquote2.png
Adolescentes e emos sobre Chico Buarque
Cquote1.png Todos nós herdamos no sangue lusitano, uma boa dosagem de lirismo, além da sífilis, é claro! Cquote2.png
Chico Buarque sobre brazuco-lusitanos
Cquote1.png Effe fim foi um grande luthador contra a ditadura. Cquote2.png
Lula sobre Chico Buarque
Cquote1.png Na União Soviética quem vai passar é VOCÊ!! Cquote2.png
Reversal Russa sobre Chico Buarque
Cquote1.png E ae Chico, vamos tomar umazinha hoje depois do trampo? Cquote2.png
Nelson Rodrigues sobre Chico Buarque
Cquote1.png ... Cquote2.png
Chico Buarque em resposta a uma fã que interrompeu sua caminhada

Francisco Aurélio Buarque de Holanda, Grécia, Escócia e Irlanda, Chico Buarque, para os íntimos, amigos e parentes, é o carioca mais paulista do Brasil. Escritor de letras de música, poemas cantados e livros da promoção do sebo. Neto do dicionário Aurélio, casou-se com a atriz Marieta Severo, de quem se separou após um caso com Daniela Mercury, cantora baiana gostosa herdeira de Freddie Mercury e Gal Costa. Dizem que foi o primeiro homem a conseguir comer alguém num trio elétrico da Bahia sem ser notado, e nós só temos essa preciosa informação graças a CIA, que esteve de passagem pela Bahia para analisar as informações de que o Osama bin Laden estava escondido no buraco conhecido como Vitória da Conquista.

Tabela de conteúdo

[editar] Vida e Obra

Cheeco desta vez sendo assediado cumprimentado por nosso ex-técnico Scolari

Filho de Sérgio Buarque e Aurélio Buarque de Holanda, foi alimentado exclusivamente com páginas de dicionários até os 17 anos, quando se revoltou contra sua educação repressiva e burguesa, puxou um carro e fugiu para Cuba. De volta ao país, ficou mundialmente conhecido por ser fanho e pegador. Ânus dourados depois, enlouquecido após virar sogro de Carlinhos Brown, foi dar em Budapeste e nunca mais se soube dele. Exaltado por pseudorevolucionários por ter escrito letras de protesto durante a ditadura, quando deveria lutar efetivamente contra o sistema, Chico Buarque é a cara do Brasil: música Ruim, acha que é Deus, escreve mal e faz parte da famosa bosta criada nesse país, chamada de MPB

[editar] Infância e juventude

Daniela Mercury e Chico numa praia de Salvador

Cheeco Buarque teve uma infância muito triste. Neto de um dicionário e filho das Raízes do Brasil, o pequeno guri divertia-se importunando a mãe, Angélica. Esta ficou louca e o enviou a um reformatório chamado PAU - notório por transformar jovens afeminados em arquitetos bichonas.

Foi no PAU que o pequeno Cheeco conheceu seu eterno parceiro musical: a cachaça. Em parceria com Humberto Gessinger, os três compuseram "Pedro Caralho" e "Betão Pica Grossa", e depois "Êmen" onde fala do seu complexo com as mulheres a sua primeira frustração onde virou baitola, que nunca fizeram nenhum sucesso. O parceiro gaúcho propôs que parassem de usar aliterações e aderissem a figuras de linguagem mais sofisticada, como proparoxítonas em alexandrinos esdrúxulos. Assim surgiu "Construção", até hoje um clássico da MPB.

Chico Buarque, fez primeiramente, uma musiquinha chamada Carolina. Os seus amiguinhos metidos a cult não gostaram, porque acharam que a musica era muito nhê-nhê-nhê.Pra provar que não era o maricas, ele começou a supostamente, 'beber',a 'fumar', e deixou o bigode crescer, pra pagar de revolucionário. ==O Sucesso==(inexistente)

Cheeco Buarque e seu melhor baseado amigo, Bob Marley

Desiludido com a carreira musical, Chico Buarque descolou um emprego de stripper numa casa de Bingo. Agradou às idosas frequentadoras do lugar, que até hoje o consideram o velho mais bonito do Brasil. (Nesta época o Brasil era bicampeão do mundo)

O sucesso como boneco inflável levou Chico ao estrelato, participando de inúmeros festivais. Numa competição patrocinada pelo Silvio Santos, as torcidas de cidades diferentes deveriam vaiar várias músicas. A que atingisse a maior pressão de UUUUs em decibéis seria a vencedora. Chico surpreendeu a todos com a música "Sabiá". Quando a plateia ouviu o verso "vou voltar", seguiu-se a maior vaia de todos os tempos, interferindo até no show do Manowar.

O prêmio, entretanto, nunca lhe foi entregue. A censura comia solta, comia mais até que o próprio, e a ditadura desceu o pau no compositor. No dia seguinte, Chico estava abandonado, na chuva. O policial do DOPS que lhe havia interrogado não ligou, nem deu notícias, nem um buquê de flores sequer. A resposta viria do teatro, tradicional solução para dor de cotovelo de baitola.

mas concluindo, o cara é o poeta! e tem gente que acha caetano veloso um gênio... meros mortais! vão se fuder! joga pedra na geni! soca bosta na geni! ela é feita pra apanhar! ela é boa de cuspir! ela da pra qualquer um! maldita geni! isso é poesia...

No fundo ele só queria ser jogador de futebol, mas como time nenhum o aceitou, resolveu fundar o seu próprio, o Politheama, no qual pode perder pênaltis a torto e a direito sem que ninguém reclame, afinal ele é o dono das camisas.

[editar] Peças de Teatro

Chico Buarque é autor de inúmeras peças de teatro musicais, que representam o fino da cultura brasileira, adaptada à realidade nacional, exemplares vivos da tessitura esgarçada do tecido social, reflexo das angústias causadas pela privação no mundo capitalista. A maior influência, portanto, vem dos musicais da Broadway.

As peças de Chico Buarque geralmente são cópias ou traduções de textos estrangeiros. "Calabar" conta a história de um português apaixonado por uma mulata que gosta mesmo é do holandês. Protagonizada por Luís Figo, a história se passa em Fortaleza.

"Roda Viva" foi seu maior sucesso nos palcos. Conta a história de Reginaldo, empresário bem-sucedido apaixonado por Natália, filha de Barbosa. E Ópera do Malandro conta a história de vida de Cheeco.

Sua última peça foi a gota d'água. Depois disso ele nunca mais fez nada.

[editar] Chico Buarque depois do fim da ditadura

No final da década de 1960, Chico Buarque foi abduzido por aliens(interpretação para uma parte mais humilde da população que ainda se questiona o que são aquelas aves de "ferro"...) ele simplesmente entediado de comer as cariocas dos peitinhos de pitomba, fugiu para a Itália, sim, almejava agora uma Romana, uma espanholaaa quando enjoasse novamente, mas o destino pregou uma peça. Ao meu pai, seu pai, nosso pai, o comedor Chico Buarque. Dona Severo, muito astuta, engravidou para tentar segurá-lo, entretanto, ele é O Chico, o pai de todos, o comedor, o galã. Então a levou mesmo assim, onde na companhia de Bardotti, velho todo de alguns puteiros em Roma. Vadiavam por dias e noites até que Tio Moraes, Vinicius de Moraes para os pobres, ligou e mandou que voltasse. Eis que nosso Pai, Chico Buarque, retorna com mais alguns filhos, sem contar o da Dona Severo...

[editar] Carreira de Pseudoescritor

Como se já não bastasse essas musiquinhas de boiola que ele faz, e de ser puxa-saco dos mensaleiros, Chico Buarque é um escritor de merda, colecionador de jabutis alheios, que ganha por fazer proselitismo pró-PT,além de empregar toda a sua família no Ministério da Cultura.

Chico Buraque de Hollanda Os velhos olhos ardósia estão de volta! Chico Buraque, o Gavião do Alto Leblon, acaba de lançar mais um livro que eu não vou ler. Quer dizer, esse, eu até acho que vou ler, porque com um título desses, “Leitinho derramado”, só pode ser história de sacanagem. Apesar de não estar no programa do Raul Gil, eu tiro o meu chapéu para esse rapaz, o Chico Buraque. Além de fazer sucesso na música, o Sátiro da Terceiro Idade agora também está arrebentando com a sua Literadura. Coroa-propaganda da Pfizer, Chico Buraque, só na noite de autógrafos do livro, comeu mais de 1.234 mulheres, recorde que pertencia ao escritor Fauno Coelho. Inspirado em Maischato de Assis, “Leitinho derramado” conta a história de um velho moribundo e delirante, prisioneiro do seu passado e que passa o dia falando bobagem. Será que essa obra é inspirada na minha pessoa? Nesse caso, Buraque terá notícia dos meus advogados. Mas resta uma pergunta que não quer calar: por ser branco de olhos azuis, Chico Buraque de Hollanda seria também responsável pela crise internacional?

[editar] Músicas mais conhecidas

Na verdade, Chico Buarque usa o mesmo repertório desde 1965...antes de Cristo. Desde então lançou 3.345 coletâneas The Best of, apesar de só ter composto, no máximo, 7 ou 8 músicas. A característica universal de suas composições é o fato delas serem inúmeros substantivos escolhidos aleatóriamente cantadas com expressão de funcionário público às 16:55 h.

Eis as mais conhecidas:

  • Ana Júlia
  • Iron Man"
  • Dogão é Mau
  • The Return of Space Cowboy
  • Bonde do Tigrão
  • Virtual Insanity
  • Tema do Filme "Titanic"
  • Cosmic Girl
  • Ilariê
  • Apesar de Você
  • Number of the Beast
  • Concreto
  • Já Sei Namorar
  • Virtual Insanity Bossa Nova Remix
  • Tô Ficando Atoladinha
  • Linus and Lucy
  • Bila(u)-Bilu
  • Bück Dich
  • Inaraí
  • Through The Fire And Flames (Chimbinha cover)
  • Mama me olhando
  • Lapada na rachada
  • Cavalo manco
  • Samba de O Rly

[editar] Ver também

Mirror2.jpg
Conheça também a versão oposta de Chico Buarque no Mundo do Contra:


Espelhonomdc.jpg
Ferramentas pessoais
Ver e modificar namespaces

Variantes
Visualizações
Ações
Navegação
Colaboração
Votações
(F)Utilidades
Novidades
Redes sociais
Correlatos
Ferramentas