Chrono Trigger OVA

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Isso parece Shoujo! '-'
Hentai?
Chrono Trigger OVA é algo relacionado a Kodomo

Esse artigo contém altas doses de mascotes que podem ou não falar pra caralho.
PS: Não tente vandalizar, ou aquele cara do boné vai mandar o Pikachu dele ir dar uns choques em você.

 

Chrono Trigger OVA
クロノ・トリガー OVA
ChronoTrigg OVA MaromonjaaLOGO.jpg
Nada haver com o jogo...¬¬
Gênero Kodomo, Doidera, Thriller versão Kawaii
Mangá
Autor Albert Einstein
Divulgação Corporação Kawaii
Onde sai No Japão
Primeira publicação No Japão
N° de volumes 1
Anime
Dirigido por Crono
Estúdio Algum perdido no meio do Acre
Onde passa Nas emissoras acreanas
Primeira exibição Na terra do Nunca
N° de episódios 1
Filmes -0³
OVAs tá olhando pra ele

Cquote1.png Você quis dizer: Thriller versão kawaii Cquote2.png
Google sobre Chrono Trigger OVA
Cquote1.png Isso é um lixo! Cquote2.png
Fã de Chrono Trigger sobre seu OVA
Cquote1.png Eu achei engraçadinho... Cquote2.png
Guria retardada sobre Chrono Trigger OVA
Cquote1.png Tô louco meu! Pra um robô inspirado em mim esse ae corre pra caramba bixo... Cquote2.png
Faustão sobre Chrono Trigger OVA
Cquote1.png ... Cquote2.png
Dr. Roberto sobre Chrono Trigger OVA
Cquote1.png Poderia ser melhor...ou não Cquote2.png
Otaku sobre ChronoTrigger OVA

Chrono Trigger OVA, como o próprio nome já diz, é um OVA feito por fãs da série Chrono Trigger, só que diferente do que se vê no jogo, ele não conta com a participação de nenhum dos personagens da série original e também não tem nada a ver com o jogo.

Origem[editar]

Os dois protagonistas-bakas dessa joça

Ao que tudo indica, quem criou o anime foi Albert Einstein juntamente com Crono, que após o findar de toda a história original, viajaram no tempo para ver porque diabos o robô de Lucca ficava dando bug no início do jogo, e com isso eles viram o que parecia ser um Thriller versão otaku uma noite antes do festival do milênio, e assim resolveram criar o anime inspirado no que viram, só que numa versão mais kawaii para a alegria das criançinhas...

História[editar]

Tudo começa uma noite antes da feira do milênio, onde em plena meia-noite, ao aparecer da lua cheia, os monstros saiam de suas tumbas para se divertirem ao som dos hits de Michael Jackson, e não havia nenhum outro lugar melhor para se divertir dessa forma do que na feira do milênio. Daí juntando uma porrada de bichos-feios, uma festinha noturna, e até a participação especial do próprio Monstro Jackson, temos um OVA nada interessante onde tudo que é de mais doido e pervertido pode acontecer.

Personagens[editar]

Como o OVA não tem nenhum dos personagens originais do games, apenas quatro indivíduos dessa joça merecem destaque; são eles:

Mamonjaa jogando Super Ñ-intendo
  • Mamonjaa – Uma mistura de ramster com Pikachu (alem de uma pequena dose de monstro da neves versão miniatura). Mamon é tipo o primeiro protagonista e também o cérebro da dupla Nuumamonjaa fazendo Nuu ter que pagar pelas presepadas que ele o mete. É muito hiperativo, mas também muito azarado, sem dizer que é a pedra no sapato de Johnny.
  • Nuu – O outro protagonista dessa coisa. É uma versão deformada do Big the Cat e mais parece o resultado de uma suruba entre um molusco com uma bolha gigante. É extremamente burro, mas incrivelmente eficaz para as tramóias de Mamonjaa. É o primeiro a conhecer Gonzales e também o responsável por seus constantes ataque de chilique.
Jonny, o mostro mais Fashion da história
  • Johnny – É o mostro-rival da dupla Nuumamonjaa. Campeão das corridas nos festivais monstruosos do milênio, esse playboyzinho metido a garanhão é uma mistura de Elvis + Diabo da Tasmânia + Moto do Motoqueiro Fantasma. Vive sendo assediado por Nuu e provocado por Mamonjaa. É o mais famoso dos bichinhos-otakus dessa joça.
Gonzales mostrando que sabe correr pra caralho.
  • Gonzales – É o robô defeituoso de Lucca, que aqui vive dando bug e cantando aquela maldita musiquinha irritante. É encontrado por Nuu que junto com Mamonjaa ficam tirando sarro da lata velha.

O OVA em si[editar]

Nuumamonjaa tirando sarro da cara de mais um babaca

O OVA conta as aventuras de dois noobs-kawaii que resolvem ir pra feira do milênio pra vender alguns trambolhos que eles não precisam mais. Cansados de verem que suas vendas estão passando por falência-fatal, Mamonjaa resolve ir ver os eventos na feira, e seguindo a velha música de aonde a vaca vai o boi vai atrás Nuu (abestalhado como sempre) resolve segui-lo. Lá na feira eles pegam briga com um mostro-fashion chamado Jonny e também ficam podre de ricos depois de ganharem num concurso de quem bebe mais suco-de-pimenta(sendo que Mamonjaa deu uma ajudazinha a Nuu usando gritinhos irritantes e um controle de Super NES). Depois disso, os dois se deparam com um robô defeituoso feito por Lucca chamado Luiz Gonzaga Gonzales que só sabia cantar, ou não;

O final (putz!)

Tirando sarro da cara do robozão, Nuumanonjaa tiram uma série de fotos muito emos para o seu Orkut, mas logo a lata velha volta a funcionar e fica puto da vida com a presepada que fizeram com ele, e com isso passa a persegui-los; depois de um tempinho ele dá outro defeito, mas graças a uma burrada de Mamonjaa, o bicho-de-alumínio dá um curto-circuito e sai correndo pela feira a fora cantando a sua maldita musiquinha em estado de quarentena, e a dupla de idiotas (que estavam em cima dele) acabam entrando nessa corrida maluca. No decorrer dessa doideira toda, os três acabam entrando de penetras na corrida da feira onde o arqui-rival de Nuumamonjaa, Jonny, estava ganhando de todos os corredores; com isso junta uma febre de vitória mais uma série de vulcu-vulcus em ritmo acelerado, onde no final todo mundo perde a corrida(isso porque ninguém cruza a linha de chegada) e no dia seguinte, quando começa a feira para os vivos, a atração robótica de Lucca está podre, fudida e acabada...

...FIM?

Análise geral[editar]

Essa OVA é tão ruim quem nem o próprio autor recusa ser reconhecido como criador dessa bosta, e por isso deixou todo crédito da produção pra Crono e seu comparsa Einstein. Quem sabe depois desses eles resolvam criar algo menos n00b... ou não;

Ver também[editar]

v d e h
Os mais belos contos do deus-otaku Akira Toriyama
v d e h
Este artigo fala sobre um anime.