Chukotka

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Chukotka, o Alasca autônomo russo.

História[editar]

A melhor imagem de Chukotka que se possa encontrar (a esquerda no mapa).

Chukotka é a região mais distante que você possa ir no mundo. Começou a ser habitada por esquimós que durante a Era Glacial descobriram a América e fundaram o que conhecemos hoje como Canadá/Estados Unidos e permearam sua cultura.

Porém quando uns ingleses se hospedaram no extremo leste da América do Norte, burgueses da maneira que eram, dizimaram o povo chukoto (os peles vermelha) e ainda compraram metade do território deles (o Alasca) por uma vaca e um jumento.

Atualmente todo petróleo está no Alasca e Chukotka amarga o esquecimento, nem em exportação de neve essa nação presta, e a Rússia está vendendo esse território, mas nem a ONU quer cuidar desse local.

Etnia[editar]

Formado por esquimós, pesquisadores azarados americanos e siberianos com frio.

A região é conhecida apenas pela sua gastronomia peculiar e única no mundo, apropriada para facilitar a moradia nesse local gelado. A população nunca deixa de beber durante o dia o famoso Chocolate Quente com vodka (Chucodka) e daí vem o nome da região.

Política[editar]

Chukotka é uma nação independente, a Russia está nem aí para o que eles fazem, e aliás preferem mais é que eles se explodam e parem de parasitar a nação, os Estados Unidos só para encher e afrontar os russos, mantêm bases de pesquisas americanas estilo Discovery Channel no território.