Chupa, Jô!

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Chupando charuto... Não teve a menor graça...

Chupa, Jô! é uma frase emo chororo que surgiu quando... O Jô Soares relembrou das sandálias da humildade oferecida por outro humorista(mais imitador, mas isso é assunto para outro artigo chato), mas dessa vez apesar de não ser o mesmo humorista, Jô Soares se recusou a dar mais atenção ao seu fã, isso foi no tempo em que o programa Pânico ainda conseguia um sucesso considerável junto à um público de idades variadas, agora sobraram apenas velhos saudosistas. A atitude do rechunchudo Eugênio Soares, acabou provocando revolta em algumas pessoas, alguns eram/são fãs do programa, outros nem eram, mas acharam a atitude do Jô ab-sur-da e aderiram ao movimento obceno. Se quiser saber mais sobre esse assunto chato continue lendo ou vá fazer algo que preste.

Sandálias da humilhação[editar]

Ao ver seu fã atrás dele em vários locais diferentes, o pobre gordinho(seu fã estava já quase igual), ele apenas sentiu evocar as memórias de quando outros humoristas do mesmo programa o seguiam oferecendo as sandálias, que segundo ele disse, numa de suas 300 entrevistas para o programa Roda Viva que ele gostava dos humoristas, principalmente do Ceará que lhe lembrava seu companheiro de cachaça Paulo Silvino, mas que não vestiria as tais sandálias, que lhe soavam sim, como sandálias da humilhação e que isso que teria contribuído para a morte de Clodovil. Eu não sei o que achar, eu pensava que aquilo fosse propaganda de sandálias, só depois que me explicaram que, era sim, para que o obrigado convidado a calçar ser mais humilde, calçando e ainda tendo o privilégio de levar, puxões, arranhões, caneladas e cuspidas do repórter Vesgo, mas essa ultima parte era um brinde não opcional.

Dessa forma ao ver o humorista(mais imitador profissional), seu fã Márvio Lúcio, conhecido como Carioca, o Jô soares sequer percebeu que ele tinha a melhor das intenções pois em sua memória, apenas vieram as cenas de lhe tacarem uma sandália de mendigo no meio da cara(sem nunca acertar, pois ele é lutador de sumô), aos berros finos e estridentes do repórter Vesgo, então nem quis saber de parar pra conversar com o seu fã e dar os parabéns pela bizarra imitação Jô suado. E puta que o pariu, imitação já deu no saco, e MUITA gente faz, apenas por isso o (mais)gorducho tem certa razão.

Resultado obceno[editar]

O resultado, após algumas tentativas, mas sem nem querer saber nem perguntar porque, o humorista do Pânico saiu choroso e cansado de mais uma recusa e, definitiva, pelo tom das frases de Jô, e desabafou, mas como isso daria um om marketing para o programa que já estava em queda livre(mas isso é assunto chato para outro artigo), assim isso foi aproveitado da melhor forma, o desabafo choroso do Carioca, passou para reclamações coletivas de toda a equipe, que passou isso ao seu público e os fãs do programa aderiram à campanha de nome obceno e feio chupa, Jô. Sempre que alguém dava apoio e razão ao programa sobre isso, vinha junto a frase sinistra.

Não foi o Pano porém, que conseguiu fazer a proeza melhor ganhar do gordinho humorista e entrevistador mas reservado, em ibope. Para mostrar como se conquista respeito de um ídolo e ao mesmo tempo o supera com classe, sem precisar usar de termos chulos e choradeiras, foi e até tu já sabe que quem eu estou falando, ele sim, o palmito, e o Jô vem tendo que chupar esse palmito faz algum tempo, já que em muitos dias tem perdido pra ele em audiência, embora a popularidade de ambos seja equivalente: As duas cópias do chato pra cassete, americaneba David Letterman, são parecidos até nas bobagens obcenas que dizem, mas no caso do Palmito é ainda pior pois seus assistentes ainda são mais boca sujas e sem vergonhas, dizendo coisas que deixam chupa Jô algo fraquinho, e ainda dizem com ase na vida do convidado ou convidada e parece proposital que ainda convidem gente bem decente, como atrizes pornô, pra falar mais besteiras ainda.


v d e h
Pânico na TV Band
Poderosocastiga.jpg