Ciclovia

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Exemplo de ciclista andando em uma ciclovia

Cquote1.png Ciclovias são lugares onde se pode andar de bicicletas Cquote2.png
Capitão Óbvio sobre ciclovias
ciclovia é uma via destinada a pessoas que andam de bicicletas, para que as mesmas não perturbem o transito local, visto que nem todos os ciclistas são rápidos suficientes para que não possam evitar um acidentes, salvo os ciclistas que pedalam por emoção. Já os que pedalam para perder peso, só servem para atrapalhar o transito, já que os mesmos pesam mais de 100kg.

História[editar]

Segundo os matemáticos, sua origem se deu por volta do século 19, na Europa, mais precisamente na frança, a terra da invenção. Trabalhadores locais como marceneiros, barbeiros, metalúrgicos, atendentes do Mc Donalds, trabalhadores da Contax, todos eles utilizavam suas humildes bicicletas, para enfrentarem uma rotina árdua de trabalho e voltavam nas bicicletas para suas vidas medíocres. Essa rotina e o aumento de bicicletas se deu por conta da Revolução Industrial.

Os patrões donos da porra toda tinham seus carros, eles estavam acostumados a ir e vim nas vias bem tranquilo, já que quase ninguém tinha condição de possuir um carro, pois eles eram tão caro, quanto um iphone hoje em dia. Em um belo dia, um desses patrões notou o aumento de gentalhas andando nas ruas, mas não de carro e sim bicicletas. Ele não gostou do que viu, e decidiu junto com outros empresários proibir a passagem de bicicletas nas vias.

Como eles eram poderosos dono da porra toda, eles conseguiram junto com o prefeito da cidade, (Junto com alguns incentivos fiscais) impedir o trânsito nas vias. Porém eles se esqueceram que essa suposta "gentalha" eram seus humildes trabalhadores. No dia seguinte ao veto, nenhuma de suas fábricas teve suas portas abertas simplesmente pelo fato de não aparecer um trabalhador sequer, já que eles não foram trabalhar em resposta ao veto. Ficou ai registrada a primeira insubordinação de empregados para com seus patrões, vulgo greve, ou manifestação isso vai depender do jornal que você assiste.

Os patrões ficaram sem saber o que fazer, sem os escravos para operar suas maquinas eles não poderiam lucrar e assim luxar com suas madames. Por conta da lei que não deixava trabalhadores locais andarem de bicicletas, foi criando um sindicato, ABS, "Andaremos de bicicletas sim"; eles exigiam que tivessem livre acesso para poderem andar de bicicletas onde quer que eles queiram ir.

Os patrões resolveram se reunir e chegar alguma conclusão, junto com a alta cupular, eles chegaram a uma solução. Criar vias destinadas somente para bicicletas. Assim eles não se misturariam com gentalhas. E eles lançaram a proposta para o sindicato, como eles não tinha muita inteligência acabaram aceitando. E assim foi criada as ciclovias.

Hoje em dia[editar]

Por falta de "pédrovias", os ciclitas tem que enfrentar malditos pedestres nas suas ciclovias

Hoje em dia é um programa chato que passa na Record

Porém, as ciclovias em si, não servem para nada, já que é comum ver pessoas que não utilizam bicicletas andando nas ciclovias, correndo e praticando alguma atividade física, isso se deu por conta do aumento da gasolina, incentivo a boa forma, campanhas publicitárias contra a Mc Donalds e cada vez mais os manequins diminuindo. As pessoas começaram as se preocupar com suas gorduras extras, consequentemente mudaram suas rotinas, fazendo atividades físicas, como: Correr pra caralho, copper para ficar com cu perfeito. E resolveram fazer isso justamente nas ciclovias, pois não existe, Pédrovias. E os ciclistas que seguem o padrão correto por estarem andando onde foram destinado a andar, ficam em um impasse, pois se o mesmo atropelar um dos transeuntes, se não conseguir pedalar o suficiente, poderá ser espancando até a morte. A famosa justiça popular. Por esse motivo as ciclovias hoje em dia, virou quase uma "pedrovia", e as autoridades não fazem nada para resolver isso.