Nessebar

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
(Redirecionado de Cidade Antiga de Nessebar)
Ir para: navegação, pesquisa
3447b7d8de8464.jpg
Митре ле, ий!
Stoichkov.gif

Este artigo foi feito na Bulgária. Ele é naturalmente sem assunto e caso você queira vandalizá-lo, Hristo Stoichkov vai chutar a sua cabeça

Este artigo é um
Patrimônio Mundial da Humanidade.

Pode ser uma ruína, uma cidade
de merda, um matagal abandonado,
mas está protegido!

World Heritage Site logo.png

Leitura recomendada apenas para
pessoas com cultura.

A UNESCO monitora este artigo.


A Cidade Antiga de Nessebar, como o nome diz é uma cidade velha, portanto lá só tem construções antigas, algo parecido com uma ruína habitada. Mas Nesse bar Nessebar não quer ter fama de lugar ultrapassado, e para isso tenta aproveitar a única coisa que não está relacionada à antiguidade localizada no perímetro urbano: A praia. Nessebar construiu centenas de hoteís e resorts para atrair turistas praieiros, além do governo incentivar vendedores ambulantes a trabalhar nas areias.

A melhor praia de Nessebar, com a melhor areia.

Como a Bulgária não tem um clima quente, óbvio que quase ninguém frequenta as praias de lá, e para não entrar em falência, precisa continuar como cidade-museu. Até agora Nessebar conseguiu o título de patrimônio mundial, e pretende daqui a alguns anos voltar a quebrar a cara investir no turismo de praia.

História[editar]

A cidade foi construída pelos trácios como lugar para passar as férias de verão, única época onde era permitido tomar banho no Mar Negro para evitar casos de hipotermia. Todos os anos, os trácios aproveitavam o verão e se dirigiam a Nessebar fazer o que 90% dos brasileiros fazem: Ficar o dia inteiro sentado na areia da praia e tomando banho na mistura de água com sal e dejetos orgânicos.

Mas os gregos tomaram Nessebar porque estavam putos com os trácios, o que impediu o aproveitamento das férias de verão dos trácios. Como os gregos dominavam locais com praias melhores, Nessebar não serviu para nada nesse período. A principal atividade econômica dos gregos da cidade eram a exploração do turismo oferecido pelas praias que atraíam os trácios, que pagavam aos gregos para passar as férias por lá tomando banho e fazendo castelos de areia.

A cidade foi dominada pelos romanos, mas ainda era rica e tinham muitos privilégios. Ninguém pôde explicaro motivo disso, já que Nessebar só servia por causa das praias, e perto de Roma existem praias mais quentes. Todos os indícios indicam que Nessebar escapou da falência sobrevivendo como cidade-museu. Desde essa época ela sobrevivia atraindo turistas que gostavam desaber como era o turismo em praias na Pré História. Nos anos seguintes, nada de interessante aconteceu.

As poucas coisas que mudavam era a nação que controlava Nessebar. Dezenas de países disputavam o território da Bulgária, e levavam debrinde Nessebar. Nessa época pela primeira vez aconteceu a construção de novas casas na cidade, mas eram cabanas de madeira, que logo desapareceram. Hoje, além do turismo de prédios antigos e o aluguel de casas de veraneio para pessoas que não tem dinheiro paraficar em praias melhores, Nessebar lucra com o dízimo recolhido em suas 300 igrejas.

Sob o domínio turco por cinco séculos seguidos e depois sob a égide da dissolvida União Soviética, apenas são actualmente reconhecidas 9 igrejas em ruínas, julgando-se que o desenvolvimento do turismo levou a que usassem as pedras das restantes para construir novos hotéis.Grande parte da muralha que envolvia a cidade foi demolida pela máfia russa que vende artigos de marca contrafeitos, só para terem vista para o mar. Recheada de bons restaurantes a imitar os que encontramos na Grécia, servem especialidades de peixe só de sacanagem, que o melhor é comer mesmo carne. Destino acessível para quem não tem dinheiro para ir ao Brasil, mas onde ninguém é roubado nem pelos comerciantes.