Cidade Ocidental

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar

Cquote1.svg Minha Cidade natal Cquote2.svg
Drácula sobre Cidade Ocidental
Cquote1.svg Malditos cães hereges ocidentais Cquote2.svg
Osama Bin Laden sobre Cidade Ocidental

Cidade Ocidental é a única cidade no mundo com o nome de "cidade". A origem do nome da cidade denota o grande analfabetismo do povo local, pois ela estaria localizada no ocidente do mundo e precisa reiterar ser uma cidade, do contrário eles não saberiam que estão numa cidade.

Considerada uma cidade onde não há lei, não há politica ou governo e não faz parte de nenhum estado ou pais, a Cidade Ocidental é o que se chama de zona livre.

A cidade também é muito conhecida no Distrito Federal e Entorno como um local a ser evitado a todo custo. Ir parar na Cidade Ocidental por engano é pior que subir uma favela do Rio de Janeiro ou caminhar no Iraque com uma camiseta dos Estados Unidos.

História[editar]

O moderno centro da cidade, e suas casas e igrejas repletas de marcas de balas.

A Cidade Ocidental é aquele sinistro povoado bizarro que pode ser avistada da BR-040, pouco depois de Valparaíso de Goiás. Para quem passa por ali de noite é possível observar os medonhos fenômenos fantasmagóricos sobrevoando a cidade, além de escutar os tiros.

Cidade Ocidental não foi fundada, ela sempre existiu. Apesar de sempre existir, nos primórdios foi uma fazenda produtora da famosa e picante "Aguardente Piroquinha", hoje sucesso nacional graças ao merchandise de Amauri Dumbo...

Quando o pequeno povoado, caracterizado por suas práticas satânicas, atinge o número de 20 fazendeiros e 30 animais sacrificados no café da manhã, Cidade Ocidental evolui para o status de Distrito de Luziânia em 1989.

No ano seguinte em 1990, Cidade Ocidental separa-se de Luziânia tornando-se um município, pois os luzianienses já estavam com problemas demais só em sua cidade, e não mereciam ter que administrar mais uma favela.

Atualmente a cidade é supervisionada pelo exército, que usa a experiência adquirida na Guerra do Haiti e Timor Leste para combater os criminosos (a população inteira) da Cidade Ocidental.

Economia[editar]

A economia da cidade é completamente baseada na renda dos assaltos, furtos e roubos que esse povo provoca em Brasília.

Com essa grana, a Cidade Ocidental torna-se um dos maiores importadores de merla e crack do Entorno do DF e maior exportador de bandidos, playssons e cocotas de todo Centro-Oeste.

Geografia[editar]

Considerada uma cidade dormitório de Brasília, é apelidada pelos cidadãos do Distrito Federal como "Cocozinho de Brasília", devido a sua posição no mapa, como se fosse um município sendo defecado pelo Distrito Federal. Teoricamente deveria predominar a vegetação do cerrado, mas já foi tudo arrasado e só sobrou estradas de terra e muito lixo.

Cultura[editar]

É muito comum encontrar adolescentes mortas na cidade, corpos decapitados, restos e traços de rituais macabros nas praças, mendigos canibais, além de que a grande maioria da cidade joga RPG diariamente. Se o ambiente não poderia ser mais sinistro, o lema da cidade é "Passa a grana ou quebro suas pernas!".

Algumas festas locais são realizadas com o intuito de fazer oferendas, dentre outras coisas mais.

Cidades Irmãs[editar]