Cidreira (Rio Grande do Sul)

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Gauchodanc.jpg Mas bah, tchê!

Este artigo buenaço e tri-legal é do mais puro humor gaudério dos pampas, vivente, então veste tua bombacha, recolhe teu pelego no galpão e toma um mate amargo com a gente, macanudo!

Chima.jpg
Cidreira e seu maior pau (no sentido bom é claro)

Cidreira é uma erva que a gente faz chá é uma cidade localizada perto do Puteiro em João Pessoa e também com algumas referências a São Paulo.

Fundação[editar]

Fundada em 1706, foi uma das primeiras cidades a serem conhecidas como medíocres pelos seus habitantes.

Cidreira basicamente vendia a planta para a coroa portuguesa fazer o chazinho deles para acalmar os nervos enquanto Napoleão invadia o país deles e os pegava de jeito (ui!). A cidade não suportou por muito tempo vender e transportar tanta cidreira e acabou não tendo mais como plantar, apenas produzindo para consumo próprio.

Economia[editar]

Como eu mesmo disse, a cidade se chama cidreira mas não vende mais cidreira.

Atualmente eles vivem daquelas feiras que vendem produtos vagabundos para argentinos e também para outros turistas estrangeiros. Mas além disso eles também tem algumas lojas dignas na cidade que movimentam o comércio local... Ou não.

A economia também teve que se adaptar ao consumidor argentino que acha que no interior do Brasil ele vai achar mais emoções e o boitatá.

Isso rendeu alguns kits fajutos contra as lendas brasileiras para enganar trouxas. Inventaram até que uma vassoura era mágica e que ela podia reduzir sacis com uma facilidade imensa (ou não)... Também que isso faz parte de 90% da economia, agora que revelei que tudo é uma mentira talvez só reste os 10% e a cidade tenha que se virar com o que produz (se é que produz algo).

Turismo[editar]

O motivo de ter uma praia já é motivo de ter turismo.

Mas a cidade tem as famosas "pedras que parecem comuns" que são pedras com poderes místicos que podem trazer cura e fama... Embora apenas trouxas caiam nessa pegadinha.

Também ela convida a algumas pessoas a passearem por praias "mágicas" que fazem você ficar invisível, só que você tem que ficar nu para funcionar e isso serve para alguns tarados que estão na região.

MAS, cuidado! Cidreira também é conhecida como a capital favelada centro dos narcóticos e assaltos na cidade são muito comuns. Produtora de lixo não-reciclável, manda todos os bandidos filhos-da-puta pra capital ou para Osório. Há muita bala perdida nessa região. Muitas vezes, a sua irmã Tramandaí, sua mãe Osório, seu avô Santo Antônio da Patrulha, sua tatatatatatatatatatatatatatataravó Viamão e até Tóquio saem feridos por estar relativamente perto. Foi lá onde o Maníaco do Parque nasceu. Inclusive, ele saiu de lá porque a violência era absurdamente grande. Um ônibus que entra em Cidreira sai todo furado.

Estádio Municipal de Cidreira