Ciméria

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Quevedo25on.gif Este artigo se trata de coisas que nón eczisten!!

Este artigo se trata de algum mito, lenda, conto, história de pescador ou desculpa esfarrapada e provavelmente contém informações sobre animais grotescos que capturam sua alma.


●Cu do Mundo
●Terra de Ninguém
●Fim de Mundo da Ciméria

Massacration.jpg Viking.jpg
Bandeira [[estandarte satânico|Brasão]]
Lema: Metal Is The Law
Hino: Metal Milkshake,do Massacration
800px-EgyptianDesert.JPG
Capital Altar do Sacrifício
Maior cidade Aracaju
Língua de sogra
Tipo de Governo Ditadura Anarquista Escravista Metaleira
macho alfa Chefe da Gangue Gorila Maguila(ou qualquer um que matar o atual chefe)
Heróis nacionais Conan,Joselito,Massacration(sim,eles são de lá!),Manowar
Independência ninguém nunca quis aquela porra
Moeda figurinhas de futebol
Religião Macumba culto a Deus Metal
População Pobre,feia e burra
Área cimerianos não sabem contar (30% de água)
Analfabetismo 1000%
PIB per Capita 3 galinhas e uma caninha 51 USD/hab.
IDH 0.muito ruim
Fuso Horário o relógio não foi inventado na Ciméria
Clima de azaração e de altas confusões
Site do Governo a internet fugiu de lá


Ciméria era um puteiro império dominado por bárbaros que saqueiam, estupram, matam, e veneram satã Deus Metal. Acredita-se que lá seja a terra natal de Conan, um jovem bárbaro que foi revelado pelo Ídolos, arranjou um contrato e se mandou, sendo um dos poucos cimerianos que fugiram do destino de trabalho forçado nas minas de mandioca.

A Ciméria, embora desconhecida para a maioria das pessoas, de fato existiu, e foi um dos maiores e mais importantes impérios que a Terra já viu. Porém até hoje a história deste povo não foi escrita até hoje nos livros de história brasileiros, em especial por parte de certas organizações conspiratórias mal-intencionadas de fazer com que o povo seja mantido ignorante acerca disso

História[editar]

Desde o início do tempos Ciméria foi um país de situação delicada. Sempre foi cheia de lava, e tanto suas terras quanto suas mulheres levam a fama de estéreis, fato que já sabem que é mentira, pois cada cidadão de sexo masculino que visita a cidade fica com pelo menos dez filhos bastardos, em que pelo menos a metade é sacrificada em nome de lúcifer Deus Metal.

Típicos guerreiros cimerianos logo após darem um tapa na macaca em nome do Deus Metal

O povinho inguinoranti é um elo perdidodo por parte de mãe dos pigmeus africanos, que foram parar lá por pura falta de noção, sem saber que era o quintal da casa de Átila o Huno. Isso só mudou no ano de 525 a.c., quando ocorreram as revoltas camponesas, apoiadas por grupos punks, que deviam dinheiro pros hunos. Em uma partida de Guitar Hero 3 não oficial, os camponeses e seus coleguinhas punks expulsaram definitivamente os hunos.

Ou seja: todo verão em Ciméria é temporada de celebrações comemorativas.

O Império[editar]

O Império da Ciméria surgiu em 604 a.c., quando Papai Urso deu um golpe de estado, se autoproclamando imperador. Desde então começou uma política de expansão conquistando o leste do Acre e depois partindo para a Alemanha, onde derrotou Adolfinho na lendária "Batalha do Chucrute". Desde esse dia emos alemães são inimigos número um do Estado.

Depois seu filho Mardakjavakjavetjiyytuvraffhjavakjavull(ou simplesmente "Júnior")conquistou a Etiópia, a República Tcheca e a Jamaica, monopolizando os mecados de leopardos, prostitutas e maconha respectivamente. As conquistas atingiram seu auge quando Conan colonizou o Maranhão, a Antártida e o Império Persa, derrotando Xerxes em uma parida de jogo da velha.Conan também conquistou todas as lavouras de cana-de-açúcar e café, monopolizando os dois produtos, e por nove séculos a Cimériafoi o único produtor de pinga e material pornográfico do mundo.

O império atingiu seu apogeu quando Gorila Maguila(nos seus anos de glória), liderando um golpe-de-estado, destituiu a dinastia dos aborígenes rastafaris, liderando uma ditadura primata. O governo Maguila também foi carcterizado por grandes avanços intelectuais, tais como a criação da pena-de-morte e da expressão "vá à merda,porra!!!", largamente utilizada nos discursos de Alborghetti[1]. Outros feitos importantes foram a invrenção do programa Encontro com Fátima Bernardes, do implante de cabelo e da Revista Playboy, que virou traço marcante da cultura cimeriana, especialmente entre os jovens guerreiros cimerianos.

Depois da suposta morte do Imperador Dr.Roberto, assumiu o seu sucessor Dom Pedro I, que não tinha a mesma firmesa para controlar um império tão grande,que se estendia de Onde o Vento Faz a Curva até Onde Judas Bateu as Botas. Devido ao fato de ele ser um líder pouco carismático, ele acabou pedindo arrego e correu de volta pra Portugal, igual ele fez com um certo país latino-americano. Isso causou uma decadência gradual do império, o que resultou na extinção da Ciméria e a realização do Rock in Rio em Lisboa.

A Queda do Império[editar]

O Império Cimeriano resistiu durante milhares de anos a invasões do MST de povos rivais que queriam foder com a Ciméria,tomar suas terras e escravizar seu povo, tais como Comunistas, Funkeiros, Pôneis Malditos e a Gangue do Palhaço. Além das revoltas camponesas, escravas e do MST, todas fracassadas, já que a maioria deles lutava com paus, pedras, chinela havaianas e pedaços de cana.

Os cimerianos possuiam as mais sofisticadas armas e armaduras, tais como espadas, escudos e o porrete de borracha, largamente uasdo no governo de Dom Pedro. Além disso os guerreiros eram treinados na técnica milenar do especial de porrada. Porém os inimigos eram muitos, e os sucessores de Pedrão também não fizeram um grande trabalho. Assim, o grande império se desfez pouco a pouco.

O declínio final foi em 666 d.c., na chamada Batalha do Apocalipse, em que as forças infernais, aliada ao bando de malokeros que queria a refinada maconha cimeriana, lutaram até o fim com os bravos metaleiros liderados por Ozzy Osbourne, o último grande guerreiro cimeriano.

O Momento Decisivo[editar]

Como ambos os lados estavam empatados e os exércitos estavam quase totalmente dizimados, o destino da Ciméria foi definido por uma partida de truco mineiro, na qual participaram Ozzy e Tony Ramos, no lado bárbaro, e o diabo e Zé Ramalho no lado dos invasores.

A jogada foi a seguinte : Zé Ramalho soltou um ás, Ozzy tava com um rei, o diabo mandou uma dama e Tony voltou com um três.

Então ele joga um seis, Zé Ramalho jogou um dois, Ozzy melou com outro dois e o demo soltou um sete de ouros. Daí ele disse a famosa frase: "Truco,Ladrão!!!!!" Ozzy pede: "Seis!".

A partida estava empatada em seis a seis, quem ganhasse a jogada seria o vecedor e ia decidir o que fazer com o que sobrou da Ciméria. O Diabo sai com um zap falso(que não vale merda nenhuma,tanto no truco mineiro quanto no paulista), Ozzy olha para ele e solta uma gargalhada triunfal e joga o espadilha. Quando a vitória parecia garantida para as forças cimerianas, Zé Ramalho joga o copas, o sete de copas que condenou toda a pobre Ciméria, já que Tony Ramos só tinha a porra dum valete.

O Império Cimeriano acabou e foi dividido em milhares de califados pagãos, sendo o principal deles a Vila do Sossego [2], fundada por Zé Ramalho onde hoje é o atual Sergipe, onde nordestinos e povos diversos podiam viver em harmonia, fazer um luau na praia e às vezes dar um tapinha ou outro na pantera.

Apesar de ter sido um dos maiores impérios da antiguidade moderna pós-renascentista, o império cimeriano foi tão medíocre e a forma como foi extinto tão ridícula que ele foi banido dos livros de história de todo o mundo e professor nenhum faz questão de dar uma aula sobre ele. Hoje a Ciméria só existe na mente de mendigos crakudos, nos mitos de aborígenes do Congo e no jogo de rpg Age of Conan, que se baseia na favela onde Conan e seus amigos viviam antes de serem revelados pelo Ídolos.

Conan, em sua apresentação no Ídolos, programa que o salvou da miséria fudida da Ciméria

Geografia[editar]

Não há mapas nem registros precisos sobre as características geográficas da Ciméria, pois os cimerianos ou eram analfabetos ou não sabiam desenhar(não que eles se importassem com isso, até porque a maioria estava ocupada defendendo a pátria, e papel era vendido a preço de ouro na época).

Mas se sabe que o território possuia muitos vulcões que cuspiam lava quatro vezes por dia [3]. Também havia várias florestas de maconha silvestre, principalmente na ilha da Jamaica. Foi comprovada a presença de quase todos os ecossistemas da Terra, devido à grande extensão do império.

O relevo é constituido principalmente por abismos, grutas e depressões, também havendo a existência de grandes valas naturais usadas pelos cimerianos para se aliviar, já que a privada ainda não havia sido inventada.

Clima[editar]

Quente pra caralho o ano inteiro independentemente da localização, pois os cabarés e fumódromos sempre acabam esquentando o lugarse é que você me entende... .

A região é frequentemente assolada por desastres naturais, como enchentes, tornados, incêndios florestais, erupções vulcânicas, tsunamis, chuva de meteoro, entre outros. Esses eventos têm sido recentemente em decorrência do aquecimento global, causado principalmente pelo desmatamento excessivo [4], pela poluição da atmosfera [5], e pela degradação do solo pelas mineradoras de mandioca [6].

Economia[editar]

A economia cimeriana era dividida em três setores:

Setor Primário[editar]

Setor de agricultura e pecuária voltada tanto para mercado interno quanto para exortação.Os principais cultivos são:

  • Plantation de cannabis, que ocupava boa parte das terras cimerianas.
  • Criação de búfalos mutantes na Ilha de Marajó,para produção de carne e transporte público.ou fins zoófilos.

Setor Secundário[editar]

Setor responsável pela produção de produtos industrializados e ultra poluidores.Principais atividades:

  • Fabricação caseira do chá de cogumelo, uma bebida muito apreciada na Ciméria tanto para fins religiosos quanto para apenas se drogar.
  • Fabricação de armaduras, escudos, varinhas mágicas, entre outros objetos metálicos.
  • Mineração de mandioca, principalmente nas províncias de Cazaquistão e Ceará.
  • Fabricação de cd's de bandas de heavy metal como Metallica, Massacration, ACDC e outras, além de instrumentos musicais para a prática do heavy metal.
  • Produção de armas, desde espadas e machadinhas a bombas de haxixe.

Setor Terciário[editar]

Setor de prestação de serviços em geral. Este setor está diretamente ligado à prática de atividades clandestinas e/ou ilegais. Entre elas destacam-se:

  • Contrabando de muamba paraguaia e boliviana para ser revendida em camelôs na capital depois.
  • Gatos de tv a cabo, telefone e energia.
  • Tráfico de drogas diversas, sendo as princiais a maconha, óxi, cocaína, cd de funk e gatinhos(para serem cheirados).
  • Prostituição, que é o ramo mais diversificado na economia cimeriana.
  • Venda de camisinhas(que acompanha a demanda por prostiuição por motivos óbvios).
  • Venda de cd's, dvd's, video games piratas e camisetas de bandas de rock ou de pessoas famosas, como Bob Marley, Che Guevara, Edir Macedo e Smeagol.

Cultura[editar]

Cquote1.png Cimerianos não têm cultura. São bárbaros aculturados e ignorantes ao extremo. Cquote2.png
Um antropólogo, depois de fazer uma vizitinha à família dele.

Religião[editar]

A Ciméria era um império com crenças diversas. Apesar de a religião oficial ser o culto ao Deus Metal, a maioria dos cimerianos tinha mais de uma religião.

Eis as principais religiões cimerianas:

Música[editar]

O grupo Massacration,muito popular na Ciméria.

Em geral cimeranos curtem ouvir um heavy metal ou similares.Black Metal,Trash Metal,Punk Rock e Viking Metal estão entre os gêneros mais apreciados por essa galera de analfabetos com fimose e herpes genital. .

Agumas minorias curtem ouvir um reagge para dar um tapa na macaca. , mas em geral são marginalizados. Emo, axé, funk, pagode e tecno-brega são músicas de merda proibidas na Ciméria, e se alguém pegar você ouvindo uma dessas músicas eles te furam os olhos, quebram os dentes, cortam teu saco e dão o que sobrar pros rottweilers. E você ainda é apedrejado.

Educação[editar]

A maioria dos cimerianos não vão ou nunca foram à escola. Alguns sequer sabem o que é escola. Mas ninguém liga. O povo só quer assistir o BBB e matar um argentino.

Aliados da Ciméria[editar]

Inimigos da Ciméria[editar]

Notas

  1. Alguns historiadores afirmam que Dalborga nada mais era que o filho bastardo do monarca com uma meretriz local, mas até hoje nada disso pôde ser confirmado.
  2. Que, aliás, inspirou aquela música de mesmo nome composta pelo cantor.
  3. Às 7 da manhã, ao meio dia, às 5 da tarde e às 9 da noite.
  4. Para dar espaço às plantações de beterraba.
  5. Por causa dos fumódromos.
  6. Na verdade isso não tem nada a ver com o aquecimento global, mas também é ruim.

Ver Também[editar]


Viking.jpg
v d e h
Os bárbaros vêm aí... Olê olê olá!