Cir-El

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Chuck Norris.jpg Este artigo é um(a) super-herói(na).

O texto a seguir é sobre alguém que voa, tem poderes, salva donzelas e prende bandidos. Se vandalizar este artigo, eles te levarão à Justiça.

Para conhecer mais desses seres incríveis, clique aqui.

Parece o Superboy de batom.

Cir-El é uma das várias identidades da Supergirl, sendo provavelmente a menos famosa delas, já que é morena e tem cabelos curtos, enquanto todas as demais possuem longas madeixas loiras e este é o estereótipo da mulher gostosa nos Estados Unidos. Mas apesar do visual tomboy, Cir-El não é feia não, pelo contrário, ela também pode render bons hentais. Sua roupa inclusive é mais sexy que a das outras, porque ela não usa minissaia, apenas um collant preto cavado.

História[editar]

Cir-El é mais uma dessas personagens vindas de um multiverso futurista para bagunçar a cronologia original dos quadrinhos oficiais. Como se já não bastasse a Poderosa... Mas tudo bem, hentai girls nunca são demais.

Em sua aparição de estreia, ela salva Metropolis de um vilão criado especialmente para ser derrotado por ela que depois nunca mais é visto novamente e Lois Lane corre para entrevistá-la e saber quem é a nova heroína. Cir-El se apresenta como a filha do Superman, o que deixa Lois puta da vida, pois acredita que está levando uns chifres do homem de aço. Vendo que fez merda, Cir-El tenta consertar a situação e chama a jornalista de mamãe, mas a mentira não cola e Lois encomenda um exame de DNA com o Programa do Ratinho para verificar se ela e Clark Kent são realmente os pais de Cir-El.

O resultado do exame complica mais ainda as coisas, pois dá negativo para a maternidade e positivo para a paternidade, comprovando que no futuro o Superman irá pular a cerca e transar com alguma outra vadia além de Lois.