Cláudia Raia

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Leaotarado.jpg ANIMAAAAAAAL!!!

Este artigo trata de algum animal, ou alguém que pareça um animal, ou alguém com nome de animal, ou alguma bosta que te faz se sentir um animal, ou ainda um ANIMAL. Licenciado pela WWF.

Luiza brunet dijon 1983.jpg

Cláudia Raia é uma ex-gostosa
Ela já inspirou muitas homenagens, mas foi o tempo quem realmente a comeu.

Cquote1.png Você quis dizer: Arraia Cquote2.png
Google sobre Cláudia Raia

Cquote1.png Olha só, essa é uma espécie inofensiva, vou pegar pra vocês verem Cquote2.png
Steve Irwin em suas ultimas palavras
Cquote1.png Já comi. Cquote2.png
Edson Celulari sobre Cláudia Raia
Cquote1.png Prefiro tubarão. A Cláudia Raia. Cquote2.png
Mais uma super-piada da Série Trocadilhos Estupidescos
Cquote1.png Eu também. Cquote2.png
Bola de Fogo sobre Cláudia Raia
Cquote1.png Mas eu já comi três vezes. Cquote2.png
Alexandre Frota sobre Cláudia Raia
Cquote1.png Na União Soviética, a Cláudia Raia é atacada por VOCÊ!!! Cquote2.png
Reversal Russa

Cláudia Raia & Edson Celulari - O Primeiro Encontro.
Cláudia Raia

Muito cuidado ao tentar enchochar uma Raia

Classificação científica
Unidade: Globalia
Reino: Animalia
Classe: Atriz
Família: Celular e Lívia Marini
Gênero: Noveleiros
Espécie: AntiAustralianus
Nomenclatura binominal
Claudya Arayadosmares

Cláudia Raia é uma traveca assassina espécie de animal marinho em forma de gente, que costuma viver nas profundezas das águas tijucanas e fluminenses. É considerada uma espécie em extinção e está atualmente sendo protegido pelo projeto Roberto Marinho. Foi capturada pescada em 1735, por seu ex-marido, Edson Celulari. Na foto ao lado, vemos o registro de toda a emoção no primeiro contato entre os pombinhos.

Na verdade Cláudia nasceu homem, mas odiava ser homem então fez cirurgia da mudança de sexo. Dá para perceber que Cláudia é um travecão porque tem voz grossa.

Cláudia Raia na Terra[editar]

Posando para a Manchete em 1987

Cláudia Raia fora das águas ainda faz bicos de atriz nas novelas da Globo, e é casada com Edson Nokia Celular, com que tem 4 filhos, Vivo, Tim, Claro e Oi.

Aos 80 anos Cláudia Raia foi a primeira espécie marinha em forma de gente e bicho a posar nua para a Playboy. Teve um recorde de venda assustador, com mais de 1 milhão de exemplares, comprados em sua maioria por pescadores, biólogos, donos de parques aquáticos e pelo seu pai. Também naquela época casou-se com Alexandre Frota, depois se ligou que naquela frota só tinha barco furado e o rombo de Alexandre já era grande (que o diga o traveco Conceição, que trabalhava na Praça 15, naqueles tempos).

Claudia Raia no seu habitat natural[editar]

O Ex-Marido de Cláudia Raia

Após terminar as novelas da Globo, Cláudia Raia passa todo seu tempo dentro d'água, sozinha, já que o seu Ex-Marido celular não pode atendê-la por correr o risco de sair fora do ar ser chutado da Globo.

Em 2006 Claudia Raia resolve se mudar para as águas australianas. Foi nesse mesmo ano que a vida aquática de Claudia Raia percorreu o mundo. O apresentador, Biólogo e meio lelé da cabeça Steve Irwin estava gravando em mais um de seus programas super-educativos, como encoxar um crocodilo & CIA, quando notou a presença de Cláudia Raia.

Cláudia Raia em uma de suas aparições na terra

Steve Irwin nao se conteve e a tentou encoxá-la, e Claudia Raia em sua defesa, acabou desferindo uma super rabada em seu peito que acabou matando o apresentador.

Desde então Cláudia Raia sofreu um processo da família do apresentador, e para pagar a multa, Claudia Raia atualmente trabalha como modelo de revistas marinhas(ver Fundação Roberto Marinho), e modelo para aquário de parque aquático.

Em 2008 aconteceu uma incrível mutação na raia (na parte traseira principalmente) isso aconteceu devido a uma injeção que a tornou uma raia genéticamente modificada, onde ocorreu um ganho de peso e um crescimento abundande nas suas partes traseiras tornando-a a primeira raia genéticamente modificada do Brasil e do Mundo.

A alteração genética também lhe rendeu enormes pernas sendo também a única raia no mundo a ter os membros. Atualmente está em período de ensaios de seu mais novo musical aquático De pernas pro Mar (que teve consultoria de Daniela Siricarelli) confirmando sua vocação para as pornogarfadas como no início da carreira quando mandava uma com seu Vô Soares.

Raia dentre inúmeras peixarias que fez em seu início profissional para aparecer faz parte do rol de Moréia Santos, Claudia Oooohana e a mãe do presidente Professorinha Lula (in memorian), todas referências para jovens piranhas aspirantes a pó e benga (com sal grosso, por favor).

Confirmando rumores, Celular, preferindo criar carpas a novas raias em seu aquário particular, passou por uma repaginada e faz o estilo Duo-duplo chip; a fase rendeu a performance à prova d'água de mulher-baleia (influência não declarada de Raia) em mais uma versão-brasileria-tosca-musical-americanóide-sem-nexo-mas-com-sexo HeisGay. Dizem que Raia vem sofrendo novas mutações genéticas; dessa vez, sua voz engrossou mais, o que fez com que seu Celular afinasse o tom - atraindo bibas do mar da Costa Rica, vizinhas de Ricky Martin, loucas por faturar algumas pérolas em cima da dupla como as predadoras de cena Marcona Caramujo e Wolf Lacraia.

Divórcio[editar]

Agora se separou do Celular, pois prefere alternar entre fixo-grosso-grande-duro e, de vez em quando, um pré-pago.

Irmã[editar]

Cláudia tem uma irmã gêmea chamada Lívia Marini, Cláudia e Lívia sempre foram confudidas conhecidas por serem os travecos da cidade desde pequenas. A única diferença entre as duas é que elas tem empregos diferentes, Cláudia é atriz e Lívia é chefe do tráfico de mulheres. As semelhanças são que Lívia e Cláudia são duas travecas de 1,98 de altura, esssas irmãs gêmeas fizeram algumas surubas violentas entre os anos de 1997 a 2015, hoje estão mais tranquilas.

Relacionados[editar]

Montfortpoulpe.jpeg Este artigo é aquático!

E é especialista em natação. Se você vandalizar, ele te joga uma tsunami, então cuidado com os tubarões e não leia sem usar uma máscara de oxigênio.