Claire Bennet

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Marvel-avengers-alliance.jpg Este artigo é um(a) super-herói(na).

O texto a seguir é sobre alguém que voa, tem poderes, salva donzelas e prende bandidos. Se vandalizar este artigo, eles te levarão à Justiça.

Para conhecer mais desses seres incríveis, clique aqui.

Clara Bonita
Hayden-panettiere.jpg
Claire Bennet te esperando
Pseudônimo(s) Hayden Panettiere
Ocupação Líder de torcida
Interesses Regeneração celular

Cquote1.png Você também foi clonada do Wolverine? Cquote2.png
X-23 sobre Claire Bennet

Claire Bennet é a protagonista feminina do seriado Heroes. É uma baita de uma gostosa e certamente já fez coçar a mão de muito punheteiro, mas ainda é apenas uma adolescente, portanto seria pedofilia bater uma para ela caso você seja maior de idade. Sim, seria, pois a atriz é adulta, então não tem problema dar uma descascada na banana.

Biografia[editar]

Claire fazendo uma demonstração de sua técnica.

Como toda protagonista que se preze, Claire tem uma vida tumultuada e cheia de tragédias que acontecem uma atrás da outra. Claro, no início da série ela não aparenta ser tão desgraçada, e tudo indica que ela é a típica patricinha popular da escola, invejada pelas meninas e cobiçada pelos meninos. Na verdade, ela realmente é assim.

Claire foi sequestrada muito jovem por Noah Bennet, um agente funerário que trabalha para uma tal de Companhia, a sociedade secreta que visa recrutar pessoas com poderes especiais para salvar o mundo, só que sem perguntar se elas concordam. Após fazer uma lobotomia na garota, Noah e sua esposa a adotam, criando-na como se fosse sua filha. Por ser uma loira burra, Claire jamais desconfiou que o casal não fosse seus pais verdadeiros, mesmo sem ter porra nenhuma a ver com eles fisicamente.

Por sua boa aparência, Claire consegue facilmente entrar para a equipe de líderes de torcida em sua escola, mas ao contrário das demais integrantes, ela tenta ser uma mina gente boa e não uma cuzona fútil e antipática. Por este comportamento dissidente, ela arruma briga com uma delas e corta a mão em uma tentativa retardada de suicídio, errando a mira dos pulsos. No hospital, é atendida pelo SUS e fazem nela um curativo vagabundo que dá mais coceira que chato nos pentelhos. Irritada com tamanho serviço porco, Claire retira o curativo por conta própria antes que pegue uma infecção e morra, embora quisesse morrer antes, mas como toda aborrecente, ela tem hormônios instáveis e muda de ideia rápido. Surpreendendo um total de zero pessoas, a ferida na mão de Claire está totalmente curada, então ela é diagnosticada com uma doença rara chamada regeneração celular espontânea. Brincadeira, não é doença, é só o superpoder medíocre dela.

Após a descoberta de seus poderes, Claire salva a vida de um homem (não me pergunte como), mas quem ganha os créditos pela boa ação é o capitão do time de futebol da escola. Indignada, ela vai tirar satisfação com o falso herói e recebe como resposta uma tentativa de estupro. A partir de então, Claire converte-se ao feminismo e resolve virar bissexual (porque lésbica seria uma decisão radical demais).

Morte[editar]

Para mostrar que é empoderada, Claire sai dando para todo mundo e acaba emprenhando. Mesmo sendo a favor do aborto, ela opta por parir, mas tem sua habilidade de regeneração anulada porque este é o poder escroto do filho dela, que se manifestou ainda em seu útero.

Como os roteiristas chegaram ao final da série sem muita criatividade, meteram logo um Deus Ex Machina na história e mataram Claire com uma parada cardíaca.

Ver também[editar]

v d e h
ARTIGO COMPLEMENTAR
v d e h
Jornal2.jpg
Não entende este artigo? Acha que é humor privado? Antes de fazer alguma besteira nesta página, leia o artigo Heroes para ter sentido e volte aqui para entender e achar engraçado (ou não).
Jornal2i.JPG