Clash Royale

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Virtualgame.jpg Clash Royale se trata de um jogo virtual (game)

Enquanto isso, a Princesa Zelda foi sequestrada pelo Ganondorf.


Shit Royale
Clash Royale logo.png

Logotipo do jogo

Informações
Desenvolvedor Supercell
Publicador Supercell
Ano 2016
Gênero Babquice no celular
Plataformas celular
Avaliação Bem merda
Idade para jogar Livre

Clash Rotale é um joguinho retardado para celular que pessoas influenciáveis adquiriram porque ele teve um comercial na televisão com Marcelo Adnerd. Foi criado por um cara que sonhava causar um incidente tão grande quanto a destruição do World Trade Center.

Jogabilidade[editar]

Trata-se da mesma coisa de sempre, um MOBA misturado com defense tower e cartinho. Entretanto, Clash Royale incute nas pessoas o espírito nazista de matar o rei (?!) e não ligar para os danos estruturais e/ou mortes de soldados durante o processo, daí o fato de o objetivo do jogo ser destruir um monte de pedras com uma mulher em cima.

Os personagens para executar essas tarefas são uma arqueira, o gigante, a mosqueteira, os bárbaros (não existem vikings no jogo porque a Supercell tinha medo deles, então foram adicionados bárbaros de elite que são uma cópia barata de dois vikings) e muitos outros personagens.

Depois de uma batalha sem sentido, o jogo vira um duelo de cartas no qual a sua funcionalidade e objetivo principal é levar as crianças e adultos que usam a carta "espíritos de fogo" a enfiar um coquetel Molotov no cu e sair explodindo tudo.