Club Atlético San Lorenzo de Almagro

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Club Atlético San Lorenzo de Almagro
Escudo do San Lorenzo.png
Brasão
Hino '
Nome Oficial Sin Aliento de Amargo
Origem Bandeira da Argentina Argentina- Buenos Aires. Flores
Apelidos
Torcedores
Torcidas
Fatos Inúteis
Mascote
Torcedor Ilustre
Estádio Posto de Gasolina
Capacidade
Sede
Presidente
Coisas do Time
Treinador
Pior Jogador Nuvola apps core.png
Melhor Jogador Crystal Clear action bookmark.svg.png
Patrocinador
Time
Material Esportivo
Liga Campeonato Argentino
Divisão Primera División
Títulos
Ranking Nacional
Uniformes



Cquote1.png Você quis dizer: San Lorenzo de All Magros Cquote2.png
Google sobre Club Atlético San Lorenzo de Almagro
Cquote1.png Experimente também: Um time grande Cquote2.png
Sugestão do Google para Club Atlético San Lorenzo de Almagro
Cquote1.png Cerro Porteño? Cquote2.png
Qualquer um sobre Escudo do San Lorenzo

Club Atlético San Lorenzo de Almagro, CASLA ou apenas San Lorenzo é um clube de futebol da Argentina, mais precisamente de Buenos Aires, no bairro de Almagro Boedo Flores. Que meigo, né? Ai... É considerado por alguns caras aí, não sei quem, como um dos cinco grandes do futebol argentino. Todos os que sacam de Futebol Argentino conhecem o Boca Juniors, o River Plate, o Racing Club e o Independiente, e entendem a causa, motivo, razão ou circunstância desses quatro serem considerados CLUBES GRANDES. Agora, o San Lorenzo... não faço ideia, tem menos Libertadores que o Estudiantes que nem foi citado ainda. E você, sabe o motivo? Bem, vamos aos fatos.

História[editar]

Esse cresceu ouvindo que o San Lorenzo era grande. Quando chegou ao clube...

Fundação[editar]

O San Lorenzo foi criado no dia 1 de abril de 1908, num bairro paupérrimo da Argentina, conhecido como Almagro, onde todas 62% da população é anoréxica de maneira compulsória. Foi fundado por uns adolescentes que ainda não conheciam o computador (nem o sexo), com a ajuda de um padre (ah, esse certamente não conhecia o sexo!) conhecido como Lorenzo Massa. Como não tinham mais o que fazer, decidiram por criar uma equipe e denominá-la como "grande". Era pra ser uma brincadeira de 1 de abril, mas foi longe demais...

As cores do San Lorenzo adotadas são o vermelho e o azul. A explicação era que o tal padre era a favor dos ideais socialistas, diferentemente dos adolescentes nerds, que só comiam no McDonald's, um total apoio aos ímpios capitalistas dos Estados Unidos. Essa informação não foi confirmada.

Os Cuervos, como são chamados, se gabam pra caramba por ter vencido em 1900 e guaraná de rolha a seleção espanhola de juniores pelo placar de 6-1 em Madri e a seleção portuguesa sem Luís Figo e Cristiano Ronaldo por 10-4, em Lisboa, que talvez sejam considerados grandes resultados para uma equipe dita "grande" do futebol argentino.

Quase que paradoxalmente, o San Lorenzo é a única equipe que tem vantagem nos confrontos conta o Boca Juniors, todavia isso acontece porque os xeneizes sempre colocavam a equipe reserva contra os cuervos, achando que ganhariam. Tolos, a partir da década de 1990 passaram a usar os titulares contra o San Lorenzo. Se mantiverem a média, já em 2013 a vantagem voltará a ser dos bosteros.

Libertadores, qualquer dia estamos aí[editar]

Cquote1.png Mãe, eu quero sair daqui! Cquote2.png

No final dos anos 50, o San Lorenzo firmou uma parceria com alguns times do Brasil, como Fluminense e Botafogo, na qual prometeram que nunca ganhariam a Copa Libertadores. Embora parecesse uma ideia sem nexo, todas as três equipes são consideradas "grandes" em seus países. Nos anos de 1960, 1973 e 1988, a equipe de Almagro quase (ou não) rompeu o pacto, quando chegou às semifinais do cobiçado torneio.

Quem mais zoa os torcedores do CASLA são obviamente os Estudiantes e os fortinhos do Vélez Sarsfield, que já ganharam 4 Libertadores, que questionam, como qualquer pessoa, a denominação de "time grande" para o San Lorenzo. Mas os torcedores cuervos, que não são bobos nem nada, têm sempre uma resposta na ponta da língua quando os rivais querem encarná-los:

Cquote1.png Éhrr, é.... Hmm, ér.. Cquote2.png
Gaguinho Walter Casagrande Torcedores do CASLA

Libertadores de 2014[editar]

No ano de 2014, muitos anos após o Centenário, o San Lorenzo finalmente desencantou, o Papa Francisco, o torcedor mais ilustre do clube, mudou de religião só por uns momentos e se tornou um pai-de-santo provisório, e com uma daquelas macumba das brabas, resolveu abençoar o clube com a unção do Espirito Santo e a maldição foi quebrada, e o clube finalmente conseguiu ganhar sua Libertadores. O torneio foi tão mole, que o San Lorenzo já de cara caiu no mesmo grupo do Botafogo, o que significa já um rival a menos pra disputar a vaga, e o outro do grupo era o tal Independiente del Valle Refeição, um time de retirantes esfomeados.

Nas oitavas-de-final enfrentou primeiro o Grêmio, que não sabia o que era vencer desde 1996, e nas quartas-de-final o Cruzeiro, que treme para qualquer time argentino. Na semi-final o adversário foi o Bolívar que é time semi-amador e perdeu logo de 5x0, e na final encarou o Nacional do Paraguai, time recordista em perder por goleada na Libertadores. Realmente, o título foi encomendado pelo Papa.

Torcida[editar]

A torcida do San Lourenço é a quinta maior da Argentina, segundo informações da Grobo argentina. São 1,2 milhões em todo o país. Na verdade, não estão em todo o país e sim na grande Buenos Aires, justamente perto da sede do clube. Se for para o sul ou oeste da Argentina, só verá camisas do River Plate e algumas poucas camisas do Boca Juniors e do Independiente. Esses clubes, inclusive, podiam dar uma aula para o San Lorenzo: Como se transformar em time grande. Bem, o San Lorenzo até poderia ter essas lições, mas só colocaria em prática no dia de seu aniversário.

Estádio[editar]

Torcida jogando papel higiênico no campo para os jogadores limparem a merda que faziam.

De nada serve a torcida se o time joga num pasto. Mais uma aula que o San Lorenzo perdeu de como ser uma equipe grande. Pois seu estádio chama-se "Estadio velho do Posto de Gasolina". Mas dá pra acreditar? Sua estreia foi contra o tampouco grande Estudiantes, no qual o San Lorenzo venceu por 2-1. O árbitro daquela partida foi Edílson Pereira de Carvalho. Em uma das muitas temporadas que passou pela segunda divisão, o San Lorenzo mendigava o estádio do River Plate para jogar, porque o Posto de Gasolina não estava à altura dos estadios da Primera B.

Rivalidades[editar]

O San Lorenzo mantém uma forte rivalidade com o Huracán. Você conhece esse time? Tá explicado. O San Lorenzo é o único grande que não tem rival grande! Dá pra ser mais inferiorizado que isso? O River tem como rival o Boca, o Racing tem o Independiente. E o San Lorenzo tem o tão temido Huracão, ah... que horrível! Tem gente que acha que Boca e River são rivais dos cuervos, batem incessantemente nessa tecla, mas esquecem que os jogos são sempre frios, tanto que o Boca colocava time reserva, como já citado anteriormente.

Títulos[editar]