Club Independiente Santa Fe

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Aviso importante: Futebolismo aqui NÃO, cazzo!
A Desciclopédia é um site de humor, logo, NINGUÉM aqui se importa pra quem você torce, seja o ABC, o CRB, o Brasiliense ou o Gama. Seja engraçado e não apenas idiota.
Club Independiente Santa Fe
Escudo do Santa Fe.png
Brasão
Hino '
Nome Oficial '
Origem Bandeira da Colômbia Colômbia - Bogotá
Apelidos
Torcedores
Torcidas
Fatos Inúteis
Mascote
Torcedor Ilustre
Estádio
Capacidade
Sede
Presidente
Coisas do Time
Treinador
Pior Jogador Nuvola apps core.png
Melhor Jogador Crystal Clear action bookmark.svg.png
Patrocinador
Time
Material Esportivo
Liga FPC - Futbol Patético Profesional Colombiano
Divisão primeira divisão
Títulos
Ranking Nacional
Uniformes



Club Independiente Santa Fe é o equivalente do Esporte Clube Bahia versão Colômbia, porque ganhou uns campeonatos colombianos da época que a TV era preto-e-branco, foi rebaixado um montão de vezes, sofre em competições internacionais, e em partidas decisivas sempre perde para os outros times colombianos.

História[editar]

Fundação[editar]

O Santa Fe fora fundado em 1941, é o time da capital Bogotá, o único lugar onde as FARC, Cartel de Medellín e Cartel de Cali não tem poder. A ideia era de criar um time independente das influências extra-campo, uma ideia que deu certo e que explica o fracasso da equipe que não tem capacidade em comprar árbitros.

Primeiro campeonato colombiano[editar]

Outra similaridade com o Bahia, foi o Santa Fe ter ganho o primeiro campeonato colombiano da história, em 1948, aproveitando-se do fato de que todos jogos foram realizados em Bogotá e todo mundo teve que pegar as estradas horríveis do interior da Colômbia para chegar lá.

Temporadas de 1950 a 2000[editar]

Por 50 anos de história ganhou meros 5 campeonatos colombianos, contentando-se o time com 10% de sucesso, pois nos demais 90% do tempo estava sempre perdendo e rebaixando, não possuindo nenhum tipo de torcida formada por marginais que ameaçam ou assassinam árbitros de futebol, assim a equipe não conseguindo o mínimo de coação necessária para ser beneficiada e ganhar alguma coisa.

Copa Conmebol de 1996[editar]

Torcida do Santa Fe e a faixa do lema do time "Presos em uma ilusão de que um dia ganharemos algo". A melhor explicação do nome "Santa " da equipe.

O Santa Fe apareceu na Conmebol de 1996, conhecida como "Série B da Libertadores", enfrentando portando times de Série B dos outros países sul-americanos, começando por eliminar o Deportivo Táchira da Venezuela e depois o Bragantino do Brasil (isso mesmo, o Bragantino estava jogando essa bosta, um time da Série B Paulista).

Na semi-final eliminou nos pênaltis o Vasco da Gama, outro time de Série B brasileira.

Já na final enfrentou o Lanús, time da Série B argentina. Como existe uma lei na Colômbia que proíbe times colombianos ganharem títulos internacionais antes de times de Medellín ou Cali, o Santa Fe teve que infelizmente entregar o título da Conmebol de 1996 para os argentinos.

Copa Merconorte de 1999[editar]

Em 1999 o Santa Fe fez uma campanha memorável na Série C da Libertadores (conhecida como "Copa Merconorte"). Nesse torneio formado pelas piores equipes da América do Sul, o Santa Fe enfrentou o Caracas nas semi-finais. A FIFA divulgou uma nota de que qualquer torneio em que um time da Venezuela chegue nas semi-finais não deve ser levado a sério.

Na final perdeu para o América de Cali.

Libertadores de 2013[editar]

Foi disputar a primeira Libertadores de sua história no ano de 2013 (alguns arqueólogos defendem que o Santa Fe disputou algumas outras Libertadores antes de 2013, mas registros sobre tal façanha são escassos e duvidosos). Na Libertadores de 2013 deu sorte de cair no grupo mais fácil de todos tempos da Libertadores, cujo melhor time era o Real Garcilaso, um time do nível do Bragantino.

Sentindo um falso conforto de estar disputando um torneio secundário sem importância, o Santa Fe passou em primeiro no grupo, e nas oitavas-de-final eliminou o Grêmio. Nas quartas-de-final encarou o Real Garcilaso novamente que obviamente foi eliminado.

O Santa Fe teve toda chance do mundo de se consagrar em 2013, mas não ganhou a Libertadores onde o Atlético Mineiro foi campeão, mesmo tendo só adversários fracos e sem tradição pela frente... o Santa Fe sequer chegou na final, ficando pelo caminho nas semi-finais para o Olimpia, um time falsificado do Paraguai.

Títulos[editar]

  • Terminar em primeiro do grupo de uma Libertadores 1 vez (2013)
  • Vice-Coopa Conmebol 1 vez (1996)
  • Vice-Copa Merconorte 1 vez (1999)