Club Libertad

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Club Libertad
Escudo do Libertad.png
Brasão
Hino '
Nome Oficial Club Restrcción
Origem Bandeira do Paraguai Paraguai- Assunção
Apelidos
Torcedores
Torcidas
Fatos Inúteis
Mascote
Torcedor Ilustre
Estádio Dr. Nicolás Leoz
Capacidade
Sede
Presidente
Coisas do Time
Treinador
Pior Jogador Nuvola apps core.png
Melhor Jogador Crystal Clear action bookmark.svg.png
Patrocinador
Time
Material Esportivo
Liga Campeonato Paraguaio
Divisão Primera División
Títulos
Ranking Nacional 637°
Uniformes


Cquote1.png Você quis dizer: LDU 2.0 Cquote2.png
Google sobre Club Libertad
Cquote1.png E aqui, nosso saudoso tri-campeão da América do Sul!! Cquote2.png
Mauro Beting sobre Olímpia Club Libertad
Cquote1.png Depois da classificação heroica, ninguém nos pega! QUEM É LIBERTAD? Cquote2.png
Tricolor carioca sobre Libertad
Cquote1.png Club Libertad, prazer. Cquote2.png
Libertad, se apresentando ao Flu num belo cotejo em Assunción

O Club Social Libertad, Igualdad y Fraternidad é um clube iluminista situado na cidade de Assunção, no Paraguai. Criado em 1905, não era muito tradicional, mas no século XXI está botando pra quebrar.

História[editar]

Os Gumas ou Gumarelos, como são chamados (têm esse apelido por serem fãs do zagueiro Gum), surgiram no ano de 1905, após chegarem de uma viagem de Buenos Aires num navio chamado Libertad, que em espanhol significa "Liberdade". Eram três navios: além desse havia o Igualdad e o Fraternidad (nem sei se a tradução está correta, só estou retirando o "e" final), que deram origem a nada, pois foram sequestrados por piratas brasileiros. Um rapaz, chamado Juan Escalada quis monopolizar a parada toda e criou o time. Como não era burro nem nada, transformou-se no presidente ditador daquela joça, fazendo com que ninguém tivesse a liberdade de votar em um.

Seu primeiro jogo foi contra o time que seria o arqui-rival até hoje, o Club Olimpia (rival que poderia ser escolhido a dedo, já que em 1905 não havia história suficiente para que houvesse rivalidade). Reza a lenda que o fornecedor de material esportivo do Libertad nessa partida foi Donna Vovó.

Hinchas e estádio[editar]

Nicolás Leoz, feliz com a situação do Libertad

Como já citado, os torcedores são chamados de Gumarellos, ou também de Repolleros, porque peidam muito no estádio, causando uma forte tonteira nos jogadores adversários, que sentem muita dificuldade de jogar no estádio do Libertad, o estádio Dr. Nicolás Leoz, em homenagem a Nicolás Leoz (não, porra, homenagem ao Lula!), presidente da Conmebol, que tenta roubar vários títulos para o Libertad, mas sem sucesso. E ainda vem ganhando várias investigações nas costas, pobre Leoz... Voltando ao assunto, quando o Club Libertad tem jogos muito importantes, como decisões pela Libertadores, eles usam um estádio um pouco maior, o Pegadores del Saco. A torcida dos paraguaios são irritantes, por causa das malditas charangas, que tocam durante todo o jogo, sendo que até os jogadores paraguaios ficam surdos. São como vuvuzelas falsas.

Títulos e campanhas[editar]

Bem, deixe-me encher linguiça... o Club Libertad ganhou vários Campeonatos Brasileiros do Paraguai, sendo no total 23. Ou seja, falta apenas um para que... não aconteça nada. De relevante, ganhou também um torneio chamado 12 de dezembro, já que no Paraguai tudo tem que levar nome de datas.

Jogador do Libertad (óbvio que eu não sei quem é) comemorando gol contra o Flu. Repare na touca de natação de Fred: já estava pronto para surfar!

Ah, e tem também algumas boas participações na Libertadores e na Su Lamericana, entre elas, na Libertadores 2011, na qual eliminou o Fluminense FC, que vinha de uma classificação histórica, metendo 4 nos Argentinos Juniors na Argentina e tudo... O Libertad perdeu o primeiro jogo no Engenhão por 3 a 1; então os tricolores brasileiros acharam que já estavam classificados, que a maré estava boa, afinal até o Conca havia feito um gol de falta! Mas não esperavam encontrar um caldeirão paraguaio no segundo jogo, que apoiou o Libertad, que ganhou de três a zero, eliminando o Fluminense na noite que viria a ser chamada de Quarta-feira negra do futebol brasileiro. Pena que nas quartas-de-final tenham sido eliminados escrotamente pelo forte Vélez Sarsfield, tomando duas saraivadas: 3 a 0 e 4 a 2.

Na Copa Sul-Americana de 2011, enfrentou o poderoso tricampeão das Américas, o São Paulo, que na época contava com a volta de Luís Fabiano, nas suas primeiras partidas após a volta ao tricolor do Morumbiba. Na primeira partida, no Morumbi, com gol do Fabuloso, SPFC 1 a 0. Esse fora o 1º gol dele na volta ao tricolololo. Era um cenário perfeito pro St Pauli, mas o Libertad, estragador de festas, tratou de vencer por 2 a 0 na volta, com direito a pênalti escroto de LF9, o vilão do confronto, e uma rara falha de Rogério Ceni, que dessa vez não se ajoelhou. O aniquilador de tricolor voltou!