Club Unión Española

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Club Unión Española
Escudo do Unión Española.png
Brasão
Hino '
Nome Oficial Unión Masturbación con los Pechos S.A.D.P.Y.L.C.D.T.P.M.
Origem Bandeira do Chile Chile- Santiago
Apelidos
Torcedores
Torcidas
Fatos Inúteis
Mascote
Torcedor Ilustre
Estádio
Capacidade
Sede
Presidente
Coisas do Time
Treinador
Pior Jogador Nuvola apps core.png
Melhor Jogador Crystal Clear action bookmark.svg.png
Patrocinador
Time
Material Esportivo
Liga Campeonato Chileno
Divisão Primera Divison
Títulos
Ranking Nacional
Uniformes



Club Unión Española (transliterado como União Acerola) é um time secundário do Chile que não possui muita significância ou relevância e que tem como principal função fazer número no campeonato chileno.

História[editar]

Fundação[editar]

Alguns acham que é um clube fundado por imigrantes espanhóis, mas isso não faria o menor sentido, pois o Chile foi colonizado pela Espanha e não existe como um espanhol emigrar pro Chile se todos chilenos já são descendentes de espanhóis mesmo... o clube foi fundado apenas por um grupo de chilenos que odeiam o próprio país e pagam pau para coisas advindas da Europa.

Tudo começou no ano de 1818 quando o general separatista O'Higgins (time rival) venceu a derradeira Batalha de Maipú e instaurou a independência do Chile. Os espanhóis capturados como clemência puderam formar um time e participar de um jogo de futebol para decidirem sua sorte (se perdessem o jogo, seriam enforcados), e assim surgia o primeiro plantel do Unión Española, que perdeu e todos seus jogadores foram executados.

A partir de então, para homenagear estes bravos guerreiros que morreram pelo time, o Unión Española só aceitaria em seu plantel de jogadores apenas aqueles que estivesse mortos, mas como trazer cadáveres para campo seria contra as leis vigentes, a saída foi utilizar jogadores vivos mas que se fingem de morto em campo.

Libertadores de 1975[editar]

Depois de vários anos totalmente irrelevantes para o clube no profissionalismo, União Acerola venceu o campeonato chileno de 1973 aproveitando-se do caos e da confusão após o golpe militar, quando ninguém estava se importando com futebol além deles (que eram espanhóis e estavam nem aí pra política chilena). Então, graças a trapaça e desonestidade de Guaton Santibanez, a equipe se classificou para a Copa Libertadores de 1975, onde chegou à final (!), vencendo apenas times horríveis da Bolívia e do Peru, para que no momento em que enfrentasse um time mais ou menos na final, seria derrotado pelo Independiente.

Libertadores de 1994[editar]

Depois da grande conquista histórica de 1973, os padeiros (únicos torcedores desse time) comemoraram estes louros até 1994, quando novamente o time do Unión teve um desempenho bastante decente para uma equipe pequena que acredita ser grande, alcançando as quartas de final da Libertadores de 1994, mais uma vez, chegando longe assim só porque enfrentou times que ninguém conhecia e o Cruzeiro numa oitavas-de-final, sendo eliminado posteriormente para o primeiro time bom que enfrentou, o São Paulo.

Série B do Chile[editar]

Até 1997, o Unión Española era juntamente com Colo-Colo, as duas únicas equipes que detinham a honra de nunca terem descido à Segunda Divisão. Naquele ano, apenas por curiosidade, o Unión decidiu quebrar essa marca só para dar uma variada mesmo, e foi assim que eles terminaram em penúltimo na tabela e foram para a "B" do ano seguinte. O tempo passou e não conseguiu convencer a ANFP de que era tudo uma brincadeira e que queria voltar para a Primeira.

Após alguns anos preso na segunda divisão chilena, de 1998 a 2000, o momento era de tal desespero que eles chegaram a contratar como treinador Juvenal Olmos (um técnico extremamente odiado no Chile, mais ou menos como o Celso Roth é para o futebol brasileiro), porém inexplicavelmente o Unión ganhou a Série B e promoção nesse ano. Dizem que foi porque os outros clubes se sentiram ofendidos e resignados.

Copa Sul-Americana de 2009[editar]

Depois de ter ganho um campeonato chileno em 2005 por pura pena dos outros times, comemorou ter eliminado o Vélez Springfield na Sul-Americana de 2009, mas ficou nisso mesmo, claro que foi eliminado posteriormente.

Libertadores de 2014[editar]

A fase é tão ruim, que o time do Unión comemora vencer o Botafogo, que em 2014 perdeu pra todo mundo.

Na Libertadores de 2014 conseguiu realizar feitos que nenhum outro time chileno ousou conquistar, como perder em casa de 5x4 para o Independiente del Valle, mas comemorar eliminar o Botafogo em pleno Maracanã, um feito que só foi comemorado porque no Chile eles nem sabem o que é Botafogo, e que só por ser do Brasil acham que são algum time bom e que merece festa em ser vencido.

Torcida[editar]

Os fãs leais da União espanhol (La Feria Rosa) é feita por residentes espanhóis no Chile que não seguem nem a Madrid ou Barca, ou pelo Valencia, etc. (isto é, cerca de 2 pessoas e cão)

Títulos[editar]

  • Campeonato Chileno da 2ª Divisão: 1999
  • Eliminado times brasileiros de competições: 2 vezes (Cruzeiro em 1994; Botafogo em 2014)
  • Eliminado times argentinos em competições: 1 vez (Vélez em 2009)