Clube Atlético Juventus

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Aviso importante: Clubismo aqui NÃO, cazzo!
A Desciclopédia é um site de humor, logo, NINGUÉM aqui se importa pra quem você torce, seja o Vila Nova, o Criciúma ou o Paulínia . Seja engraçado e não apenas idiota.


Clube Atlético Juventus
Escudo do Juventus-SP.png
Brasão
Hino O Importante é competir
Nome Oficial Clube Juventus
Origem link={{{3}}} São Paulo- São Paulo
Apelidos
Torcedores
Torcidas
Fatos Inúteis
Mascote
Torcedor Ilustre
Estádio
Capacidade
Sede Mooca
Presidente
Coisas do Time
Treinador
Pior Jogador Nuvola apps core.png
Melhor Jogador Crystal Clear action bookmark.svg.png
Patrocinador
Time
Material Esportivo
Liga Campeonato Paulista
Divisão Série T1000
Títulos
Ranking Nacional
Uniformes



Cquote1.png Porca miséria!!! Se vandalizares esta porra denovo, mando mios colegas acabarem com a sua raça Cquote2.png
Chefão da Cosa Nostra sobre mandar o Chuck Norris te pegar se você vandalizar esta porra

Clube Atlético Juventus, mais conhecido como Muleque Travesso é um timeco da máfia italiana da Mooca. Já foi um time razoavelmente bom, que as vezes com custo vencia o São Paulo Futebol Clube, Curintias e Palmeiras em alguns jogos, mas foi inúmeras vezes rebaixado e se fudeu agora está numa Divisão Desconhecida do campeonato mooquense, de onde não há volta mais. Seu maior rival é o Nacional, que foi criado justamente para esse propósito.

Alguns bebuns do Bar localizado na esquina da Rua Javari, costumam dizer piadas sobre o Moleque Piranha Travesso, como por exemplo que esse "grande time" já chegou a golear o São Paulo em pleno Morumbi em 1986, ou ganhar do Fluminense em Osasco (WTF?) em 1998, ganhar o Mundial Interclubes em 2006 (aposta agressiva em jogo do Juventus: todas as cartas viradas para o São Paulo que daria a faixa de campeão ao Juventus se ganhasse) resultado: 1 x 0 Juventus em pleno Morumbiba, ou foi campeão da Série B em pleno Parque São Jorge, o "estádio" do Curintias. Ou ainda mais um título que ganhou quando nem sequer estava em campo e a final era Palestra Itália e Corinthians. Ganhar da Seleção do Japão em 1974? Entre outas piadas que rendem boas risadas.

História[editar]

Fundação[editar]

Juventus é um time fundado em 1924 por imigrantes italianos que fugiram da treta foda que estava acontecendo na Europa, e ao chegarem em São Paulos e depararam com times extremamente lamentáveis, e não simpatizando com nenhum deles resolveram fundar sua própria equipe, o glorioso Juventius! Clovis Bornay devido ao alto conhecimento estilista, foi convidado e foi o responsável por sugerir a cor grená do uniforme, pois todas outras cores já eram de algum outro time.

Famoso gol de 1959[editar]

Pelé marcando o 51º gol de sua carreira no jogo contra o Juventus de 1959. No estádio não havia escudo do Santos para ser posto do placar, por isso o escudo do São Paulo foi utilizado no lugar.

Pór vários anos o Juventus só foi apenas um time peladeiro qualquer da periferia, mas virou notícia no ano de 1959 após um jogo contra o Santos, onde obviamente perdeu por 4x2 ocorreu algo épico! Foi no estádio do Juventus na Rua Javali Javari, que um tal gari preto de nome Pelé que entrou em campo pra completar o time, ainda desconhecido e portanto sem sofrer forte marcação, fez seu gol mais bonito da carreira que não foi registrado por câmeras, o que é bem suspeito, mas tudo bem. Dizem que ele saiu da zaga driblando todos jogadores do Juventus como se fossem cones, deu três chapéus consecutivos, dois dribles da vaca, cinco dribles por debaixo das pernas, driblou o goleiro sete vezes consecutivas alternando chapéu, caneta, drible da vaca, elástico e mais três chapéus, para então concluir ao gol com uma bicicleta de letra enquanto soltava um shoriuken invertido e procurava uma moeda no chão. Mesmo perdendo, o Juventus se tornaria famoso, o que sempre foi.

Campeonato Paulista (1975 a 1993)[editar]

Na década de 70 o Juventus se reuniu com o pessoal do Rio Branco Esporte Clube e propôs um desafio para eles: Ver qual time persistia mais anos na Sérei A1 do campeonato paulista sem ser campeão e sem rebaixar. O vencedor da aposta ganharia o Troféu Figurante do Paulistão do Século. O Juventus, com 38 campeonatos paulistas consecutivas sem ganhar nenhum, e sem classificar para fases seguintes em 90% deles, faturou o troféu, pois o Rio Branco rebaixou em 1991. O Juventus exausto de tanto só participar rebaixa em 1993.

Série A4 de 1994[editar]

Numa participação relâmpago na Série A2 de 1994, volta à elite conquistando o vice-campeonato da competição. Por ser um time de elite, o Juventus recusaria ter troféu de Série A2, por isso perdeu na última rodada e deixou o Associação Esportiva Araçatuba levar o título. O segundo lugar já valia o acesso de volta à A1.

Bi-rebaixamento de 1998[editar]

O Juventus entra em falência e declínio total, primeiro rebaixa no Campeonato Paulista melancolicamente na lanterna com 20 derrotas em 20 jogos, e depois, após 30 anos disputando a Série B sem nunca ganhá-la, só foi inventar a Série C que o time do Juventus foi lá e rebaixou. Detalhe que foi o único time que perdeu para o FluminenC, que rebaixou junto com o Juventus.

Bi-rebaixamento de 2008 e 2009[editar]

Cada vez mais no esquecimento, o Juventus a exemplo do America do Rio entrou em decadência absoluta. Em 2008 rebaixou no Paulistão para a Série A2, e não teve tempo nem de respirar e já foi logo rebaixando para a Série A3, um ambiente onde as notícias não chegam, até sumir do futebol e nunca mais ser avistado.

Torcida[editar]

O Juventino em sua maioria é o italiano descendente ou natural que por morar na zona lost se recusa a torcer para o Curintias em sua maioria vão para o estádio de chinelo, já que vivem a meio metro do estádio.

O torcedor símbolo é o Guarda Juju, aquele da Praça é Nossa.

Títulos[editar]

  • 1 Campeonato Brasileiro 1983
  • 2 Bi-rebaixamento de Série A1 do Paulista e Série B do Brasileiro de 1998 e da Série A1 e da Série A2 do Paulista de 2008 e 2009