Clube da Criança

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Esta página se adequa à Nova Política de Conteúdo Sexual.
Conteúdo impróprio para menores de 18 anos! Tirem as crianças da sala! Este artigo tem conteúdo impróprio para menores!
Este artigo pode conter pornografia pesada ou leve. De preferência, leia-o de olhos fechados...

Se ele estiver cometendo uma infração à Política de Conteúdo Sexual, por favor, reporte à moderação.
Rede Manchete.jpg

Clube da Criança é da falida Manchete!!!

E tal como ela, foi pro buraco!

Clique aqui pra ver quem também foi junto com ela.

Capeta-2.jpg

Clube da Criança fez pacto com o CAPETA!
Então é melhor nem se meter com esse artigo, senão o capeta vai atrás de VOCÊ!!!

Clube da Criança era um programa da falida Rede Manchete, que começou em 6 de junho de 1983 até 1998. Esse programa tinha como objetivo máximo dominar a mente de todas as crianças do Brasil e obviamente dar muito Ibope pra Manchete. Houveram três fases diferentes no programa, e veremos elas todas agora, embora isso não tenha nenhuma utilidade.

Como começou?[editar]

A grande Rainha dos Baixinhos surgiu aqui.

A Manchete criou um novo método de programas de criança. Originalmente, praticamente todos os programas infantis eram só desenhos, ou uma babaca apresentando (a exceção foi o Globinho, apresentado por Willian Bonner quando criança). A Manchete investiu em um sex appeal para atrair as crianças, só que de maneira disfarçada. Primeiramente chamou o Carequinha, aquele palhaço que tua avó viu quando era criança, e o tal sex appeal, a Xuxa, que era já uma atriz mundialmente reconhecida por sua atuação em "Amor Estranho Amor".

Vendo que a estratégia funcionara, eles tiraram o Carequinha de circulação e deixaram só a Xuxa, que criou um universo paralelo monstruoso para as crianças, com diversos seres como duendes, paquitas e etc.

Um dia, a Rede Globo decidiu então alugar os serviços dela, só que por tempo indefinido. Com isso, a Xuxa foi fazer o Xou da Xuxa (o início do Emocore no Brasil) e a Manchete teve que usar (e abusar) de uma nova escrava.

Angélica[editar]

A hora e a vez de ir de táxi.

Vindo num belo táxi, uma loirinha de 13 anos aparecia do nada nos estúdios da Manchete: Angélica. A menina se tornou mania, pois foi com ela que começou a segunda fase do Clube da Criança: a fase "anime/tokusatsu". A invasão made in Japan veio, criando assim a febre dos otakus em todo Brasil. Todo mundo via tudo que era coisa do Japão. Enfim, culminou no maior sucesso (já sem Angélica ou Milla Christie, mas com uma tal de Pat Beijo, que sumiu misteriosamente): Cavaleiros do Zodíaco.

O maior sucesso de todos.

Últimos dias[editar]

Na última fase do programa, surgiu uma espécie de Maísa antiga, Debby Lagranha. Na sua fase, só passavam desenhos dos anos 80, como Bacamarte e Chumbinho e Coelho Ricochete, que eram ruins de doer e ninguém gostava de assistir. Com isso, a Manchete começou a falir, juntamente com Brida e o (011) 1406. Assim, o programa acabou e a Debby ficou débil, pois ninguém mais lembra dela, vindo a apresentar programas na Boas Novas, uma rede católica que nem os católicos vêm.

Desenhos que ninguém viu lá[editar]

Tokusatsus que passaram por lá[editar]

O que cada apresentador faz hoje?[editar]

Cronologia do Clube da Criança[editar]


Assista também[editar]


Placa80.svg

Este artigo discute coisas intrínsecas aos Anos 80's!
Com certeza, ele já vivia nos tempos do acidente em Chernobyl.


A90.jpg

Este artigo discute coisas intrínsecas aos Anos 90's!
Se você não teve infância naquela época, com certeza você está no Facebook ou no Whatsapp neste instante.