Clube do Emo

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Aviso importante: Clubismo aqui NÃO, cazzo!
A Desciclopédia é um site de humor, logo, NINGUÉM aqui se importa pra quem você torce, seja o Flamengo, o Vasco, o Botafogo ou o Fluminense. Seja engraçado e não apenas idiota.


Clube do Remo
Escudo do Remo.png
Brasão
Hino A canoa virou
Nome Oficial Clube do Emo
Origem link={{{3}}} Pará- Belém
Apelidos Leoa
Torcedores Sofredores
Torcidas Emos
Fatos Inúteis
Mascote Leão
Torcedor Ilustre Leão Lobo
Estádio Brahmão
Capacidade 146 Pessoas
Sede Rua 3
Presidente Zé Canoa
Coisas do Time
Treinador Muda toda hora
Pior Jogador Nuvola apps core.png 22 deles
Melhor Jogador Crystal Clear action bookmark.svg.png MWAHAHAHAHAHA!
Patrocinador Armazém Paraíba
Time
Material Esportivo Regata
Liga Indefinido
Divisão Quarta (que vergonha!)
Títulos Campeonato do bairro em 1940
Ranking Nacional PQP°
Uniformes Bear lost.jpg
Nemoleaoaguenta.jpg



Cquote1.png Você quis dizer: Clube do Emo Cquote2.png
Google sobre Clube do Remo
Cquote1.png Você está demitido do Brasilerão. Cquote2.png
Roberto Jutus sobre Remo
Cquote1.png Nosso esporte não usa. Cquote2.png
Torben Grael sobre Remo
Cquote1.png ÉÉÉÉÉÉÉÉÉÉÉÉÉ... do Paysandu! Cquote2.png
Locutor sobre o Remo
Cquote1.png Não foi desta vez! Cquote2.png
Torcedor do Remo sobre mais uma derrota pro Paysandu na final do Parazão
Cquote1.png Eu já sabia! Cquote2.png
Torcedor do Paysandu sobre o mesmo jogo
Cquote1.png Miaaaaauuu... Cquote2.png
Leão sobre Remo
Cquote1.png Eu sou o da cuia. O do remo é ele! Cquote2.png
Caboclo canoeiro sobre Remo
Cquote1.png O Remo é um bom aluno: em 2007 passou da 2ª pra 3ª e em 2008, da 3ª pra 4ª, já estando na metade do Ensino Fundamental Cquote2.png
Professor Pasquale sobre Remo
Cquote1.png Essa merda não dá audiência! Cquote2.png
Galvão Bueno sobre um jogo do Remo contra um time grande
Cquote1.png Doutor, isso é uma bichooooona!!! Cquote2.png
Severino sobre torcedor do Remo
Cquote1.png Oba! Contra o Remo! Cquote2.png
Um time grande de São Paulo sobre o sorteio das chaves da copa do Brasil
Cquote1.png Não dá. Desisti! Cquote2.png
Joseph Climber sobre tentar torcer pelo Remo
Cquote1.png Nunca vi! Cquote2.png
Ray Charles sobre Remo
Cquote1.png Nunca vi também! Cquote2.png
Stevie Wonder sobre Remo
Cquote1.png Nem eu! Cquote2.png
quem acompanha a série A desde 1995 (basicamente, quem tem até 23 anos de idade) sobre Remo
Cquote1.png ¡Yo también no! Cquote2.png
quem acompanha a Copa Libertadores da América sobre Remo
Cquote1.png Pai, o que é a série A? Cquote2.png
Garoto de 12 anos torcedor do Remo
Cquote1.png MWAHAHAHAHAHA! Cquote2.png
Bira do Jô Soares ao saber do melhor resultado na história do Remo
Cquote1.png Pode considerar isso como título? Cquote2.png
Fiscal de votação eleitoral sobre título do Remo da terceira divisão
Cquote1.png Soltem a feraaaa! uui! Cquote2.png
Remistas sobre suposto símbolo do Remo
Cquote1.png Cai cai cai cai cai cai cai pra cá! Hei! Hei! Cquote2.png
Ivete Sangalo sobre Remo
Cquote1.png Por que Leões Azuis não existem na realidade? Porque matei todos, com meu dedo mindinho da mão esquerda. Odeio tudo que me lembre viadagem Cquote2.png
Chuck Norris sobre mascote do time
Cquote1.png Na União Soviética, o Remo derrota VOCÊ! Cquote2.png
Reversal Russa sobre Remo
Cquote1.png Vagabundos!!!!!!!! Vagabundos!!!!!!!Vagabundos!!!!!! Cquote2.png
Kassab sobre jogadores do Remo
Cquote1.png Fui despejado ontem! Cquote2.png
jogador do Remo que atrasou o aluguel porque não recebe á 8 meses
Cquote1.png Desse jeito vamos pra terceirona de novo! Cquote2.png
Landu sobre a estrutura do time azulino
Cquote1.png Eu me sinto envergonhada quando falam que eles falam que representam o Pará! Cquote2.png
Joelma sobre o dito cujo
Cquote1.png Já comi! Cquote2.png
Robgol sobre o time azulino
Cquote1.png Vocês não merecem nenhum centavo! Cquote2.png
Raimundo Ribeiro sobre os salários atrasados dos jogadores
Cquote1.png Nunca levei tantos gols na vida Cquote2.png
Danrlei sobre Remo, que em apenas 9 partidas levou 21 gols na série B de 2007

Clube do Remo, ou também Cu do Emo é um time de travinha, bolinha de gude, regatas, peteca de Belém do Pará, com um suposto departamento de futebol, mas que ninguém viu até agora. Chegou ao auge em 2009 quando tornou-se um time fora de série, pois não esteve em série nenhuma.

História

Fundação

O time futebolístico do Remo foi criado em 1913, e nunca serviu para a alguma coisa desde aquela época. O lema do clube, "filho da glória e do triunfo", é só fachada, pois o clube já tem nome de perdedor, aquele irmão que Rômulo, fundador de Roma, o matou. O rapidamente entrou na área de vendas de produtos de higiene da casa: as camisas do time, que naturalmente encalham nas vendas, eram repassadas para serem reutilizadas como pano de chão, papel higiênico e flanela.

Anos gloriosos

O Remo possui uma quantidade enorme de títulos estaduais graças a época em que disputava o campeonato paraense sozinho e assim pode se tornar 20 vezes campeão estadual consecutivamente, mas depois surgiu o Tuna Luso e o Remo perdeu essa hegemonia. E depois com o surgimento do Paysandu profissional, aí nem vice o Remo conseguiu ser mais.

Campeonato Paraense de 1945

No campeonato paraense de ano de 1945 o Remo já demonstrou toda sua capacidade em decepcionar a torcida ao protagonizar a derrota 7 x 0 para o suposto rival Paysandu, embora só os remistas achem isso. O time do Remo ficou tão envergonhado que ficou sem aparecer no cenário nacional por praticamente 50 anos.

Década de 90

Ao comprar a Federação Paraense e seus juízes, o Remo conseguiu na década de 90 um domínio no estado do Pará, fazendo com que os jogadores do Paysandu fossem expulsos aos montes, gols com impedimento validados e todo demais tipo de mutretagens que garantiram as meia-dúzias dos títulos estaduais desta época.

Anos 2000

A ruindade do Remo só ficou comprovada mesmo a partir dos anos 2000, quando uma forte epidemia ocorreu entre os remistas, a denominada Gripe Azulina, uma rara doença que deixou todos remistas de cama até 2010, cujos principais sintomas foram tristeza e muito choro.

Pelo menos 4 jogadores identificados com o Remo neste início deste século não aguentaram ficar na merda, e, preferindo mais conforto, passaram a defender o Paysandu: Vélber, Balão, Gian, Rodrigo e Fábio Oliveira. Na década de 90, Giovanni, Agnaldo, Rogério Belém e Edil já tinham feito o mesmo. O mais recente caso foi o de Rogério Corrêa, que implorou pra ser contratado pelo Paysandu após o Remo não conseguir vaga para a Série D.

Foi nesta época que o mascote do clube (o Leão Azul) já vestiu a camisa do rival Paysandu. Foi na série B do brasileiro de 2001, conquistado pelo Papão). Tal acontecimento foi noticiado nacionalmente pelos grandes teleprogramas esportivos. O cara que vestiu o Leão com a camisa do Papão, o atacante Albertinho, causou indignação em torcedores típicos do Remo, como bandidos do Comando Vermelho paraense, que chegaram a soltar ameaças de morte ao jogador. Outro grupo social bastante associado ao Remo é o do emos e fãs de Rebelde.

Série B de 2004

Após muitos anos consecutivos na Série B, só não disputando coisa pior porque nem existia divisão ainda mais inferior, na temporada de 2004 o treinador do Remo deu em entrevista um mantra que seria repetido por quase todos outros seus sucessores, ele disse que "com sua equipe só um milagre para salvar a equipe da terceirona".

Série C de 2005 o Primeiro Centenário

Enquanto que o Paysandu em menos de 90 anos conquistou dois títulos brasileiros da série B, o Remo demorou exatamente 100 anos para conquistar um mísero campeonato brasileiro. E na falta de capacidade de conquistar coisa melhor, pediu que a CBF criasse a Série C, o qual fez toda questão de ir disputar graças à melindrosa campanha de 2004 que rebaixou o clube para a então última divisão. O Remo passou praticamente todo o ano do seu centenário na Terceirona a qual sobressaiui-se sobre potência como Ipatinga e Novo Hamburgo. Nem a Tuna demorou tanto tempo: aos 80 anos venceu uma série C e dez anos depois, uma série B (porra! até a Tuna tem série B!).

O clube naquele ano festivo abriu um projeto para receber arruaceiros que foram sentenciados a penas alternativas. O mais conhecido foi Landu, no futebol ficou famoso mais pelas suspensões, cartões vermelhos e cagadas que não arruma do que propriamente por gols. Sorte dele que o Presídio São José não existe mais: era pra lá que o clube mandava os casos irrecuperáveis (todos!).

Série B de 2007

Ao voltar para a Série B, só não disputando coisa pior porque nem existia divisão ainda mais inferior, na temporada de 2007 o treinador do Remo deu em entrevista um mantra que seria repetido por quase todos outros seus sucessores, ele disse que "com sua equipe só um milagre para salvar a equipe da terceirona"

¹Notou que foi a mesma coisa de 2004?

Temporada 2009

Jogador do Remo bebendo Gatorade de Açaí para tentar ter energias para passar o segundo semestre inteiro de 2009 só treinando.

O auge do Clube do Remo foi o ano de 2009, quando se tornou um time sem divisão. O Clube do Remo fica de fora da final do Parazão quando perdeu para a fortíssima equipe da São Raimundo, o treinador do Remo disse que não caindo pra segundona do estadual naquela edição já estavam no lucro. O feito rendeu ao Remo merecidas folgas do futebol, passando 10 meses sem disputar mais nenhum torneio, nem mesmo a Série Z do Brasileirão.

Série D de 2010

Tornou-se um time viajado ao tornar-se o único time do Pará a conhecer as quatro divisões do Campeonato Brasileiro. Isso se deu em 2010, e só conseguiu porque, no estadual de 2010 (em que não venceu nenhum turno pra variar), os três primeiros colocados já estavam garantidos na Série C, deixando livre a única vaga para a D para o Remo.

Na Série D o Remo obviamente fracassou. Embora tenha passado da primeira fase de grupos em primeiro lugar, vale lembrar que nesta fase o torneio é regional e o Remo venceu times do Amazonas, de Roraima, do Acre e desses estados onde nem existe futebol. Quando enfrentou na fase seguinte um time que pelo menos era profissional, mesmo que tivesse nome de marca de linguiça, o Vila Aurora, empatou duas vezes e foi eliminado nos pênaltis.

Temporada de 2013, o Segundo Centenário

Torcida do Remo protesta em 2013 pela má campanha do time. "Não é só pelos 20 centavos" dizem eles em relação ao preço do ingresso "é pelo time ficar sem divisão mais uma vez". Repare no detalhe de que para ser torcedor do Remo em 2013, só sendo uma múmia mesmo.

Devido ao mico pagado no Centenário de 2005, a diretoria do Remo alegou que o verdadeiro Centenário era o de 2013, pois o futebol remista surgiu só em 1913, pois em 1905 eles só praticavam bolinha de gude. A segunda tentativa de fazer bonito foi ainda mais vexatória. Após perder a final do segundo turno para o Paragominas (isso mesmo, o time tinha esse nome, era um time de caipiras), a diretoria do Remo chegou ao cúmulo de viajarem para o longínquo Porto Velho tentar comprar a vaga na Série D do modesto Gênus, uma vez que os times paraenses não estavam mais tão falidos a ponto de vender a vaga para ele. O Gênus no caso recusou a propina de 1000 cruzeiros e mais 3 sanduíches de presunto e 5 copos de suco de laranja oferecida pelo Remo que só tinha grana para isso, e assim o time paraense permaneceu mais um ano sem divisão.

Temporada 2014

Não satisfeito com os empates nos amistosos com os times dos bairros dos inteiores de Belém, o Clube do Remo dessa vez, para mais uma tristeza de sua infeliz torcida, empatou com um time de índio chamado de Gavião Kyikatejê. O presidente do Remo disse em entrevistas que resolvera o problemas dos jogadores que estão com salários atrasados demitindos-os.

Estádio

Torcedor do Remo acompanhando uma chance perdida de gol.

O Remo teoricamente joga no Baienão, embora a sua ausência de estrutura o faça ir sempre alugar o Mangueirão. O estádio é o mais inadimplente consumidor da Rede Celpa que corta o fornecimento de energia do Baienão mês-sim mês-não. O gerente da companhia de energia diz que apenas tomando medidas radicais eles podem receber alguma coisa (se receber). Os jogos do Remo foram todos transferidos para o horário da manhã, porque de tarde está chovendo e fica escuro.

O Remo zela para que seu estádio mantenha o honroso título de Pinicão. Segundo relatos da equipe do Coritiba quando vieram disputar uma partida no referido estádio, o local estava cheio de fezes humanas, cheirando mal e com aspecto inabitável.

Uniforme

O uniforme oficial do Clube do Remo é da cor azul-marinho, cor de machucado.

Hino oficial

atletas filhos da puta somos nós
Que damos o Cú até morrer.
Sempre damos o rabo bem nas lutas
O Pavilhão não soubemos defender
Enquanto o time em campo
Dando a bunda
Como a sonhar
Já que tem gay é do nosso Lado
E nós viadletas...
temos vigor...
Na nossa turma So tem viadooo ...
E nós atletas...
Temos vigor...
Na nossa turma so tem sofredor...
Não damos a maior felicidade
Pros nossos torcedores
E damos a vergonha à cidade
Porque o nosso time meteu a bunda na pica sem igual
Em cada jogo sempre é uma Desgraça
Não ganhmaos uma so nosso rival...
E como somos do clube do remo
E nós já Sofremos de 7x0 do maior rival...

Títulos

  • A eliminação do Paysandu na Libertadores de 2003 perante o Boca Juniors.
  • O rebaixamento do Paysandu para a série C, em 2006.
  • O rebaixamento do Paysandu para a série B, em 2005.
  • A perda de 8 pontos do Paysandu para o STJD, em 2003.
  • Título do baile de rainha do carnaval de 2005.
  • Título brasileiro da Série C em 2005.
  • A derrota do Paysandu de 9 a 0 para o Paulista de Jundiai
  • A eliminação do paysandu na 3°divisão para o Salgueiro(não!não é a escola de samba) em 2010 na curuzu
  • Passar 100 anos pra ganhar UMA SÉRIE C.