Reino da Cocada Preta

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
(Redirecionado de Cocada Preta)
Ir para: navegação, pesquisa
Reino da Cocada Preta
Cocada.gif
Brasão Nacional
Hino Nacional: Overdose de Cocada, por Bezerra da Silva
No Wikipedia.png
QUEBROU A CARA! Os espertalhões da Wikipédia NÃO têm um artigo sobre: Reino da Cocada Preta.

Cquote1.png É no Acre?? Cquote2.png
Manolo sobre Reino da Cocada Preta

Cquote1.png Na União Soviética e no Maracanã em 1987, o Cocada acabou com VOCÊ!! Cquote2.png
Reversal Russa sobre Final do Campeonato Carioca de 1987

Cquote1.png Aqui é onda a Globo fez o acordo para o avião da Gol cair Cquote2.png
Advogado da Gol sobre Reino da Cocada Preta

População autóctone da América do Sul. Em cinza claro, o Reino da Cocada Preta em sua extensão máxima. Em cinza escuro, o Reino da Cocada Preta em sua extensão atual.

O Reino da Cocada Preta compreendia uma vasta região da América do Sul. Apesar de pobres, feios, burros, ignorantes, mal-educados e fans de restart, os ridículos e patéticos habitantes da Cocada Preta se acham os mais fodões do mundo, o que, obviamente, é motivo de piada no resto do mundo.

As mulheres dos cocadas pretas sao brancas, com suas xerec4s medindo entorno de 10 a 20 metros. a cultura dos cocadas pretas basea-se em: cultivar macaxeira, peniscolho, varginulhas. Os paises aliados á o reino da cocada preta sao: tribo-jacintodores, daoanus, gozonascoxa, paulatenjando.

[editar] História

Em 1500 Pedro Álvarez Cabral e Pero Vaz de Caminha saíram a procura de um lugar mítico conhecido como Terra da Cocada Preta. Dizia a lenda que era um lugar paradisíaco, que, além da fartura em ouro, prata, diamante, marfim e cocada, tinha bundas fartas em abundância. Após meses de viagem em alto-mar eles finalmente aportaram na Terra da Cocada Preta em 21 de Abril. Caminha ficou tão entusiasmado com a hospitalidade e promiscuidade das mulheres nativas que escreveu para a Coroa Portuguesa: "Nesta terra, se pagando, todo mundo dá". Cabral reivindicou a região em nome da Coroa Portuguesa, como era conhecida a cafetina do Bordel Portugal.

Ela então entregou à Companhia das Índias, Mulatas e Negras Ocidentais o monopólio sobre o tráfico de piranhas da Colônia da Cocada Preta para o Bordel Portugal. Foi assim que teve início o tráfico de escravas sexuais da África para a América e desta para a Europa. As embarcações que faziam o trajeto ficaram conhecidas como navios negreiros, devido à abundância de melanina entre as escravas, especialmente entre aquelas com as maiores bundas. Durante as Guerras Napoleônicas, o General Bonaparte proibiu a Coroa Portuguesa de atender em seu bordel clientes da Inglaterra.

A cafetina desobedeceu a ordem, o que lhe valeu o apelido de Maria, a Louca. Bonaparte ordenou então o fechamento do Bordel Portugal, obrigando a Coroa Portuguesa a fugir para a antiga colônia, que passou a chamar-se Reino da Cocada Preta. Com o fim da guerra a Coroa Portuguesa retornou a seu Bordel na Europa. Com a partida da Coroa Portuguesa, todo mundo tava se achando o Rei da Cocada Preta. Pra dar um fim a toda essa bagunça, o neto da cafetina proclamou em 7 de Setembro de 1822, às margens de um posto Ypiranga, a independência da Cocada Preta e declarou-se seu Imperador.

O Império da Cocada Preta teve fim em 15 de Novembro de 1889, com a deposição do bisneto da cafetina e a fundação da República da Cocada Preta. Desde então muita gente chinfrim vem reivindicando o posto de Rei da Cocada Preta. ACM, por exemplo, foi rei de facto por muitas décadas até ser deposto em 2006. Sarney, por outro lado, ainda hoje manda e desmanda em boa parte da Cocada Preta, embora seu fim possa estar próximo. Candidatos a Rei da Cocada Preta é o que não falta.

[editar] Reis e Rainhas da Cocada Preta

A Cocada Preta é uma monarquia absolutista bem peculiar. Vários reis reinam ao mesmo tempo - cada um, claro, dizendo que é muito mais importante que o outro chegando a quantidade de reis ser maior que a da população, . Toda essa briga entre os multi-reis garante a diversão da população, graças aos programas de fofoca da RedeTV e da Bandeirantes. Por algum motivo, é muito fácil se tornar o rei da Cocada Preta, basta fazer algo excepcional como editar um artigo na Wikipédia, subir de level no Tibia ou qualquer jogo idiota, tirar mais um caroço no seio de uma senhora, (em nome de Jesus!), conseguir limpar a bunda sozinho, etc. Tanto é que provalvelmente você já ouviu algum comentário sobre a monarquia da Cocada Preta, como "Fulano é o Rei da Cocada Preta".

Coca da preta

Entre os atuais Reis e Rainhas da Cocada Preta, destacam-se:

[editar] Boataria

  • Dizem que a Cocada Preta é, na verdade, uma colônia da Wikipédia ou da Rede Globo. Se é verdade ou não, tudo será esclarecido no próximo programa do Amaury Jr.
  • Dizem também que a expressão "Rei ou rainha da cocada preta" tenha surgido por causa desse país, o que confirma citação acima, pois quem tem esse apelido é a pessoa que se sente superior aos outros, e na verdade, é a mais banal que existe
  • Dizem que,se você olhar num espelho e disser 23 vezes "Eu sou o rei da Cocada Preta",uma coroa (muié véia) vai atropelar sua mãe e trancá-la no fogão,antes de ter uma noite selvagem de sexo com seu cachorro. Portanto,se você realmente fizer isso depois de ler essa bosta,você é um tremendo dum babaca.
Ferramentas pessoais
Ver e modificar namespaces

Variantes
Visualizações
Ações
Navegação
Colaboração
Votações
(F)Utilidades
Novidades
Redes sociais
Correlatos
Ferramentas