Cocatrice

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Night creature.JPG Cocatrice surgiu das trevas!!

E adora assustar criancinhas!

Puro osso.gif
Ingredientes.jpg Este artigo é da mãe Terra!

Cuidado com terremotos e vulcões em erupção. Em caso de dúvidas, assista Volcano ou jogue Quake.

Cquote1.png Você quis dizer: Galo demônio Cquote2.png
Google sobre Cocatrice

Cquote1.png Não trate como Grifo quem te trata como Cocatrice. Cquote2.png
Frase motivacional sobre Cocatrice
Cquote1.png FILHO DA PUTA! Cquote2.png
Noob sobre Cocatrice de Dragon's Dogma

Cocatrice ou cocatriz é o nome dado a uma das criaturas mais ridículas da mitologia medieval. Um cocatrice nada mais é do que um grifo que não deu certo (e vamos e viemos, passou bem longe). Essa aberração da natureza é caracterizada pelo corpo de um réptil bípede, cauda de serpente e cabeça de galo. Isso mesmo, caro leitor, uma verdadeira tosquice. A parte bípede de seu corpo mais parece o recorte porco de um dragão. Entretanto, em algumas versões, para que essa criatura deixasse de ser assim tão ridícula, ela é descrita como uma espécie de grifo ou dragão com cabeça de galo. Ainda assim, a versão mais famosa dela é esse Frankenstein bestial descrito inicialmente. Cocatrices podem facilmente ser encontrados enfeitando a porta de entrada de castelos europeus, já que aquele povo adorava usar monstruosidades aberrantes para ornamentar brasões e escudos.

Poderes[editar]

Cocatrice vomitando após ver uma foto de si mesmo.

Apesar de ridícula, nem tudo é desgraça nessa criatura: a característica mais peculiar (e talvez a única minimamente interessante) do cocatrice é a sua capacidade de petrificar suas vítimas, motivo pelo qual em geral é associada ao elemento terra na cultura popular. Na verdade, a figura do cocatrice teve sua origem como uma das formas alternativas pelas quais era retratado o basilisco, o que explica o motivo de ambos terem essa habilidade. Ou seja: a principal habilidade do cocatrice nada mais é do que um plágio descarado da habilidade do basilisco. O ponto positivo é que se não fosse por isso, com certeza esse bicho seria ainda mais escroto e retardado do que já é.

Como toda criatura que se preze (ou quase isso), naturalmente o cocatrice também tem suas fraquezas. Reza a lenda que se você colocar um espelho na frente dessa criatura, ela pela primeira vez na vida verá seu reflexo. Assim que se der conta do quão deplorável é sua imagem, ela entrará em depressão profunda, e o cocatrice chorará tanto que literalmente morrerá de tristeza.

Dizem também que fuinhas são as únicas criaturas capazes de olhar nos olhos de um cocatrice e saírem vivas para contar história. Não se sabe ao certo a razão disso, mas possivelmente deve ser porque o cocatrice fica morrendo de medo dela quando a avista e se esquece de usar sua habilidade, tendo em vista que fuinhas adoram uma bela penosa na janta. Fora o fato de que fuinhas não temem cocatrices, afinal de contas, na visão delas os cocatrices são um belo e gigantesco aperitivo (mesmo sendo incapazes de tirar um único pedaço da fera com seus dentinhos nanicos).

Algumas lendas ainda mais absurdas afirmam que o cocatrice é muito mais fácil de matar do que se imagina: assim que um galo legítimo começa a cantar lá pelas 5:00 da manhã, o cocatrice lembra de si mesmo e acaba morrendo imediatamente de desgosto. Entretanto, é óbvio que isso não passa de uma invenção que criaram para enganar os noobs da Idade Média. Se você quer estar precavido para uma viagem em algum mundo de fantasia, aconselha-se que esqueça os galos e leve uma fuinha, um espelho, um cajado mágico ou uma boa e velha espingarda. A menos que você não queira voltar vivo, é claro.

História[editar]


v d e h
O Fisiólogo diz que Cocatrice ecziste, e também: