Coleco Telstar

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa


Placa70.png

Este artigo discute coisas intrínsecas aos Anos 70's!
Se você pertenceu àquela época, vê SE TENTA fazer alguma coisa útil, seu velho!

Cquote1.png Você quis dizer: Console do Pong Cquote2.png
Google sobre Coleco Telstar

Cquote1.png Eu jogo com... o próprio console? Cadê os controles dessa porra? Cquote2.png
Você sobre primeiro contato com esse cocô
Cquote1.png É igual jogar com um Atari Lynx tamanho família... Cquote2.png
Eu sobre isso

A imagem de um pedaço de cocô.

Caso você esteja procurando alguma outra merda relacionada à Telstar, só clicar na porra ao lado

Coleco Telstar é um dos consoles mais feiosos de todo o universo. Na verdade, é um dos primeirões, ao lado do Odyssey, do Genius e da bola de gude (???), lançado entre 1976 até 1978, em quatorze versões diferentes. Basicamente não era um console muito original, já que não tinha nenhum cartucho (nenhum mesmo) e basicamente era só mais um dos mais de oito mil consoles de diversas outras empresas além da Coleco lançados com a alcunha de "Pong Consoles" pelo facto um tanto quanto óbvio de ter como jogo básico em sua memória o Pong (óbvio). Houve outras versões dele, alguns até com mais jogos e até com cartuchos (ou coisas similares a um cartucho).

Como funcionava[editar]

Os Telstars, tal como diversos consoles na época, utilizavam uma técnica conhecida como AY-3-8500, ou vulgarmente chamado pelos nerds mais velhos de "Chip da Bola do Quico e Paleta Ambulante". Esse chip era o melhor do que se existia na época, e quem xinga isso merece engolir um console da Tiger Electronics guela abaixo e saber o que de facto é uma tecnologia de quinta.

Se bem que... não deixa de ser uma tecnologia vagabunda a dos Telstars...


Modelos[editar]

O mais bizarro de todos, a nave-espacial da Coleco, Telstar Arcade.
  • Telstar Original: O da foto principal do artigo, vinha com 3 variantes de Pong (hóquei, tênis e handebol). Os seletores ficavam grudados na porra do videogame, o que obrigava você a ficar com esse troço no colo ou deitado feito biruta.
  • Telstar Clássico: O mesmo do de cima, só que com um revestimento de madeira de luxo (tão de luxo que os cupins fazem a festa).
  • Telstar Deluxe: O mesmo que os dois de cima, só que com um pedestal pra apoiar essa porra em cima.
  • Telstar Ranger: O mais exagerado talvez, 4 jogos de Pong (os três já citados e uma porra de um esporte chamado Jai alai) e mais dois jogos de tiro (ao alvo e à distância). Vinha com uma famosa arma de luz que mais parecia um revólver de verdade, vôoooooooote!
  • Telstar Alpha: O mesmo que o último sem os jogos de tiro e sem a arma, consequentemente (duuuuuh).
  • Telstar Colormatic: O mesmo que o último, só que coloridinho, se bem que colorir a diarreia que eram os jogos da época não ajudava em porra nenhuma.
  • Telstar Regent: O mesmo que o último (sério?), só que mais pobre, tendo ficado preto-e-branco mesmo, tadinho...
  • Telstar Sportsman: Exatamente igual ao de cima (mais um?), mas vinha com a arma de luz para... para quê mesmo?
  • Telstar Combat!: Enfim um filho da puta desses realmente diferente, não é exatamente um Pong Console, pois ao invés de jogos do Pong, vinha com quatro versões do jogo Tank que... bem, não vem ao caso agora. Ainda vinha com QUATRO, isso mesmo, QUATRO CONTROLES! Realmente foi o melhor de todos dessa lista purulenta.
  • Telstar Colortron: Quatro jogos de Pong, colorido e com um áudio mais... melhor dizendo... menos chato.
  • Coleco Telstar Marksman: Com um nomão desses, já dá pra ver que foi importante o garoto. De facto ele foi o mais encorpado da turma, embora fosse só o Telstar Ranger mais bonitinho (ou menos feio). Na Wikipédia americana ele ganhou até artigo separado (vide aqui), mas como nós tamos pouco nos fodendo pra isso, vai ficar só nesse artigo e esteja feliz que ainda foi citado, dr. Marksman.
  • Telstar Galaxy: Uma versão um pouco mais evoluída, tinha até controles separados (quem diria!).
  • Telstar Gemini: Outro ser bizarro dessa turma, ao invés de jogos de Pong tinha cinco versões de jogos de pinball. Acho pessoalmente que é porque a Coleco já tava se enchendo de tanto fazer consoles só de joguinhos com uma bola sendo jogada de um canto pro outro por duas paletas.
  • Telstar Arcade: Quase um monstro de outro planeta, é um ser de três lados (como um triângulo. Ops, É um triângulo, desculpem-me!), o único dos catorze citados com um cartucho (se bem que tá mais pra uma porra triangular enfiada no meio do console), em cada lado tem um formato diferente: um é com as porras que se joga Pong, o segundo tem um revólver enfiado nele pra jogar um joguinho de tiro e o terceiro e último é um cockpit com volante e tudo pra jogar um jogo de corrida (mais um alien no meio dos jogos de Pong). Esse console é tão peculiar que acredita-se que foi criado por alienígenas e não humanos.

Foi tanto do console de Pong que, mesmo tendo vendido até legalzinho (um milhão de unidades vendidas tá bom pra você?), mas desses um milhão, mais de 900 mil foi só dos dois primeiros, teve uns que vendeu uns 2 ou 3 talvez, com isso por pouco a Coleco não foi pro beleléu.

Ver também[editar]