Colorcore

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Teletubbies-tinky-winky.jpg Este artigo pode te levar para o lado rosa da Força!

E adora Brokeback Mountain.

Não o leia, exceto se você for macho, mulher ou está pintando as unhas de glitter.


Colorcore, também chamado o "o grande mal do fim dos anos 2000" é um gênero musical. Possuindo influências emo, feliz, eletrônica e gay, hoje em dia é a maior fonte de alienação de jovens homossexuais, virgens e otários. Grandes nomes do colorcore nacional são Restart, Cine e Hevo 84. Internacionalmente, Justin Bieber.

Início e influências[editar]

Cine, as rainhas do Colorcore.

Tudo começou com o estouro de 2004-2007 do emocore (Fresno, Nx Zero, Simple Plan), que começou a falir pois todos estavam vendo que era uma jogada de marketing falha e repetitiva. Os fãs retardados que prometeram amor eterno ao emocore hoje em dia nem lembram mais dele. Então a mídia e os empresários que precisavam de $$ resolveram renovar o estilo, misturar novas influências e trazer uma merda nova para o cenário musical. O colorcore nada mais é que uma mistura de música eletrônica, pop, emocore, tristeza, felicidade e viadagem.

Comportamento Colorcore[editar]

O comportamento colorcore se baseia em fingir estar triste ou deprimido com um relacionamento adolescente quando na verdade se é uma pessoa feliz que recebe tudo na mão por papai e mamãe. É visível também a falta de inteligência de seus fãs e a ausência de capacidade argumentativa. Outros fatores decisivos para ser Colorcore:

  • Fazer uso de ortografia incorreta;
  • Ter caráter excessivamente imaturo mesmo tendo de 12-19 anos;
  • Gostar do canal da Disney ou assistir Hannah Montana e curtir Jonas Brothers.

Artefatos contra o Colorcore[editar]

É difícil converter a mente de uma pessoa tão alienada como um fã de colorcore, mas até hoje as medidas mais eficientes foram:

  • Encaminhar seu fã para psicoterapia;
  • Mandar ele ouvir rap, hard rock, indie, pop, metalcore ou qualquer outro gênero que possa ter um pouco mais de conteúdo;
  • Ensinar seus sobrinhos, priminhos, irmãozinhos e filhos a discernir música de gente e colorcore.