Conceição da Aparecida

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Conceição da Aparecida é uma cidade que possui um nome obviamente de cunho religioso. Alguns dizem que é porque Nossa Senhora Aparecida teria aparecido na região, buscando uma pizza que teria encomendado de uma pizzaria de São Paulo. Quando soube que estava na cidade errada (e ninguém precisou dizer isso para ela, já que era um cenário desolado aquele) ela teria entrado e um "portal de luz" e se dirigido para São Paulo.

Os ufólogos caipiras da região acham que o portal de luz era um disco voador.

Cidade[editar]

Tenho certeza que você notou primeiro na igreja com camuflagem de céu azul, não?

Como já dito, é baseada na aparição de Nossa Senhora que queria pegar uma pizza, mas errou o lugar. O impacto sobre a aparição dela foi tamanho que o fazendeiro que lá residia ficou chocado:fundou uma cidade com o nome de "Conceição da Aparecida". Segundo a nomenclatura, o nome da cidade teria "Aparecida" por causa da santa, mas "Conceição" nunca foi identificado qual o motivo de estar ali. Deve ser apenas um prefixo neutro, do tipo que quer deixar o nome da cidade mais caipira e também para as buscas do Google não indicarem outra cidade e todo aquele blá blá blá.

Não demorou muito para uma caipirada chegar na cidade e começar a fazer aquela joça crescer. Em pouco tempo, a cidade teria virado no que é hoje. Porém, não há um crescimento significativo há pelo menos 200 anos após sua fundação. Outro fato é que a cidade está na lista de cidades mineiras que nunca terão um shopping.

O índice de migração da cidade tende a aumentar ano que vem... E depois do ano que vem... E assim por diante até que em 2020 o índice dobre de vez.

Geografia[editar]

A cidade teria um "clima agradável", embora no verão a temperatura varie de "era glacial" para "calor do quinto dos infernos". A cidade teria ventos que também teriam variações que estabelecem tênues relações com o calor.

Como toda cidade mineira que se preza Conceição da Aparecida só tem ladeira, o que explica a gostosura das nativas.

A cidade quando se emancipou foi apelidada "carinhosamente" de barro preto, em outras palavras, esse apelido teria surgido porque a cidade é praticamente isso: o resultado da feijoada de ontem. Na verdade, existe uma lenda por trás desse apelido escroto.

Lenda[editar]

Uma das lendas conta que um padre de um município que prestava mais do que Conceição da Aparecida estava indo fazer uma missa. Como só existia cavalo na época e não tinha Twitter para ele dizer que estava indo celebrar a missa, o jeito era ser pontual e ter paciência com o maldito relevo acidentado de Conceição da Aparecida.

Dessa maneira, em um trecho o cavalo tropeçou em algo que parecia ser barro preto. O padre então teria dito:

Cquote1.png Eta, barro preto! Cquote2.png
Padre

E aí teria pegado o apelido. A verdade é que o cavalo tropeçou em merda e aquilo não era barro preto, logo a cidade tem que ser chamada de merda, e não de barro preto.

Cquote1.png Hã? Cquote2.png
Habitante sobre o verdadeiro apelido de Conceição da Aparecida