Conceição do Araguaia

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Cquote1.png Você quis dizer: Com-6-são do Araguaia Cquote2.png
Google sobre Conceição do Araguaia
Cquote1.png Experimente também: Conceição do Arafjouston Cquote2.png
Sugestão do Google para Conceição do Araguaia
Cquote1.png Rã!? Cquote2.png
Não é um anfíbio. É um nativo demostrando sinal de espanto
Cquote1.png Eu tenho medo Cquote2.png
Regina Duarte sobre Conceição do Araguaia
Cquote1.png Hein, Zé?... ... ... Cquote2.png
Não é um nativo lhe chamando a atenção para falar alguma coisa. Ele está apenas tentando dizer "E aí, Zé!"
Cquote1.png É uma cilada Bino Cquote2.png
Pedro sobre chegar até Conceição
Cquote1.png Deiaté Ukuassá Cquote2.png
Expressão indígena para um costume feio dos conceiçoânus
Cquote1.png É boca sujammm! Sem vergonhammmm! Cquote2.png
Sílvio Santos sobre a expressão indígena acima de Com-6-são do Araguaia
Cquote1.png Peixe Hipoglós Cquote2.png
Expressão usada nos restaurantes locais para se referir ao "pacu assado"

Conçeição do Araguaia ou Com-6-são do Araguaia, ou ainda Conceição do Arafjouston é um município do Tocantins que por sorte foi construído do lado de lá do rio Araguaia, sendo portanto parte integrante do estado do Carajás, embora goste de fazer goianices e sonha um dia fazer parte do estado de Goiás, mesmo que a maioria de seus habitantes sejam advindos do Maranhão. É um dos município mais antigos dessas bandas, mesmo assim é um dos mais fudidos famigerados municípios do Brasil (maldita herança paraense!).

Conhecida também por ser um grande barracão de aviamento, suas atividades econômicas principais são o turismo séquiçual feito por profissionais do séquiço e transporte de passageiros em super lanchas potentes chamadas de po-po-pôs.

História[editar]

Há mais de cem anos atrás Conceição do Araguaia era povoada por índios que comiam tracajás, caçavam, pescavam e trepavam nadavam dentro no rio, até que um dia um dos filhos de Rasputin, Padre Frei Gil Rasputin de Vila Nova atracou na localidade, e ao ver a sacanagem rolando solta resolveu ficar naquele lugar na esperança de achar um indiozinho para a prática da pederastia trazer bons costumes àquele bando de índios depravadamente nus. Trouxe consigo muitos baianos que povoaram a cidade e desde então Conceição do Araguaia tornou-se povoada formado pela mistura de índios e baianos preguiçosos que comem tracajás, pescam, trepam nadam, e as vezes dormem (os baianos) dentro do rio, se afogando imediatamente depois.

Geografia[editar]

Conceição do Araguaia é a sede da Microrregião de Conceição do Araguaia (grandes merdas) e sede do município (grandes merdas de novo), que tem tem os seguintes bairros:

Possui uma área estimada de: 1167,4 km² com toda a convexão dos buracos incluídos no cálculo.

O principal rio local é o Rio Araguaia que é um dos mais famosos e caudalosos rios do interior brasileiro, famoso na história por afogar milhares de bandeirantes escravagistas paulistas.

Clima[editar]

O clima de Conceição do Araguaia é o equatorial úmido sub-infernal de altitude, com chuvas e alagamentos no inverno e sol pra dedéu no verão, sendo a maior sauna a céu aberto do mundo nesta época.

  • Média anual: 250°C
  • Mês mais quente: janeiro (583°C)
  • Mês mais frio: julho (39,8°C)
  • Máxima absoluta: 430,5°C
  • Mínima absoluta:3,8°C a cada 10.000 anos (ou seja, nem o Raul Seixas pegou essa temperatura).
  • Densidade Pluviométrica: suficiente para alagar algumas ruas e molhar a roupa da semana inteira que sua mãe botou para secar.

Bairros[editar]

  • Emerêncio - Esse nem merece descrição.
  • Centro - Pequeno povoado formado por sapateiros, com uma população meiga e sensível, amistosa e receptiva com relação a pessoas do mesmo sexo sexo oposto.
  • São Luiz I e II - Com suas cinco casas, 19 butecos, 109876 templos evangélicos, 3 casas de tolerância, 3.338 guias turísticos vindos da Paraíba e adjacências, 7 mulheres, sendo 4 maiores de 65 e duas menores de 9 anos.

Economia[editar]

Por ser um município colonizado por baianos, é difícil encontrar um conceiçoano que aprecie o labor. Não obstante, o trabalho mais corriqueiro no município consiste na árdua tarefa de caçar tracajá, ou ficar deitado numa rede na beira da "praia" (que é a margem do rio). Ao perquisar sobre Conceição do Araguaia, a única coisa que se vê são pessoas desocupadas nas "praias" do local.

Existem também várias empresas, como o Curtume e a Leite-podre, das quais deixam a cidade com seu cheiro característico de peido.

População[editar]

A população total deste município é de 50.000 pessoas, 124.596 cachorros, 113.345 gatos, 34.948 botos-cor-de-rosa, 24.460 galináceas e 3.579.000.450.000 mosquitos da dengue.

Transportes[editar]

No passado, e até hoje em dia, o búfalo é o transporte mais visto CUceição do Araguaia, no entanto entre os mais jovens, graças aos consórcios com parcelas que duram de três a quatro gerações a cidade se modernizou, onde se tornou comum algumas pessoas terem mobiletes e bicicletas (estilo gay cujo não existe banco e somente um cano).

Comunicações[editar]

É difícil imaginar uma coisa mais lenta que o Rubinho Barrichello, mas existe e se chama "internet de Conceição do Araguaia", e o preço é de cair o cu da bunda e é garantia de dor de cabeça para quem usa, ou seja, quase ninguém. A população está conectada recentemente a rede mundial de computadores, descobrindo principalmente o Orkut, demorando de 5 a 10 horas para carregar a pagina inicial deste, o que para eles é muitíssimo rápido (convenhamos que é melhor mandar uma carta do que um E-mail). Por isso que existe tanta gente desocupada na praia.

Cultura[editar]

A capital estadual de Conceição do Araguaia não é Belém, nem Palmas e nem Marabá, a verdadeira capital cultural desta cidade é Goiânia. Como Goiânia é uma cidade muito avançada para os padrões regionais (imagina como são as outras), as bagaçeiras de todo lado querem morar nesta. Na cidade hábitos goianos são valorizados e comuns, como o de escutar música ruim e o de ceder suas mulheres aos turistas (corneagem).

Idioma[editar]

A cidade de Conceição do Araguaia possui seu próprio idioma, uma mistura de portunhol com nordestinês e um pouco de sotaque caipira (derivado das origens não existentes do estado de Goiás). Na mais pura realidade ninguém aguenta escutar o povo dizendo: "Do Espoca" (que significa "Menina(o) fácil que todo mundo come"; ou "Come Onça" (que significa "Alguém querer que você beba algo na maioria das vezes alcoólico").

Lazer[editar]

Um local que os conceiçoenses adoram ir é na boate da cidade, essa budega infesta de pobre, onde a catinga de suor e peido predomina no ambiente, é frequentada por garotinhos com suas mobylettes que chamam de POP 100 (exibindo seus bracinhos de grilo cultivados com Toddynho) e por mini-parideiras que gostam do cheiro de gasolina. As atrações são as piores possíveis, como EX-BBB's que só apertam play e se dizem DJs, e as duplinhas sertanejas que tocam por um pedaço de pão.

Turismo[editar]

Carros na areia tocando música péssima, lixo na areia, quiosques e cadeiras na água cheia de farofeiros deixando comida cair na água, gente mal educada falando alto como se estivesse na cozinha da própria casa, gente feia, caramujos. Enfim, dizem que as praias de Conceição do Araguaia são imperdíveis!

O setor econômico mais promissor da cidade é o turismo. Ele é alimentado pela fome dos turistas estrangeiros que ainda se arriscam em ir em Conceição do Araguaia atrás de sacanagem fácil. É uma orgia sem fim: os hotéis são boates, as farmácias só vendem viagra e os bares oferecem Boa noite Cinderela no cardápio.

Por ser uma cidade onde ocorre muita putaria, diz a lenda que se amarrar um guizo em cada viado da cidade ninguém conseguirá dormir por causa do barulho.

Não existe qualquer atividade interessante nessa cidade, só visitando ela pessoas que desejam se afastar da civilização e ficarem apreciando a natureza fazendo porra nenhuma e bebendo cerveja quente nos acampamentos improvisados propícios para serem assaltados por qualquer malandro.

Não há cidade que tenha tanta "Profissional do Séquiço" e "pirigueti" como em Conceição do Araguaia, basta o cara estar cheirando a gasolina que enche de mulher perto dele, por isso que em Conceição só tem carniça e refugo.

Todo ano tocam as bandas mais escrotas no veraneio da cidade, e por ser parte da Calypsolândia a coisa que mais toca na praia são as músicas do Calypso e qualquer tecnobrega infeliz, e com esse tipo de som escroto de pano de fundo ocorre o concurso Garota Veraneio, em que todas as putas da cidade sobem ao palco e desfilam de biquíni exibindo seus lindos corpinhos com varizes, pernas cabeludas e com vazamento na xana.

Ainda existem duas praias que são banhadas pelo mesmo caldo sujo do Rio Araguaia, e a diversão predileta dos conceiçoânus e dos turistas é molhar a bunda e banhar-se nas praias barrentas do rio Araguaia. As praias de Conceição do Araguaia também são conhecidas como motel d’água, pois como toda cidade de beira de rio, as pessoas pra economizar no motel e camisinha, vão para algum lugar menos movimentado da praia e dançam o creu embaixo d’água, tal como na novela Pantanal.

  • Praia das Gaivotas - Deveria ser conhecida como praia dos caramujos por possuir uma fauna abundante do molusco, ou até mesmo praia dos porcos, pois é bastante corriqueiro ver absorventes, merda e qualquer lixo flutuando. Existe até um helicóptero que foi derrubado pelos índios que jaz no rio.
  • Caldeirão - Local onde ocorrem furtos, roubos e homicídios, é muito comum na época em que não tem veraneio ver cadáveres de pessoas esfaqueadas boiando no rio juntos com os peixes que aquele povo come.