Conceição do Rio Verde

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Gnome-searchtool blue.png Conceição do Rio Verde é uma pequena cidade desconhecida.
Você pode estar perdendo seu tempo à-toa ao ler sobre essa joça.
Apenas 2 partidos políticos atuam aqui.

Sciences de la terre.svg.png
Observe a linda "coisa" que é Conceição do Rio Verde.

Gn.gif Nenhum resultado encontrado para "Conceição do Rio Verde"
Google sobre Conceição do Rio Verde

Cquote1.png É um lugarzinho com metidinhos à burguês, onde a cultura é de Eduardo Costa pra baixo! Cquote2.png
Clodovil e a cultura sobre Conceição do Rio Verde
Cquote1.png Limpamos toda a casa. Cquote2.png
Doutor Bactéria sobre Conceição do Rio Verde
Cquote1.png Qual é, qual foi? Por que que tu tá nessa. Cquote2.png
Tiririca sobre você vir para o Natal no fim do ano em Conceição.
Cquote1.png Lá é o único lugar que ninguém bebe no Brasil. Cquote2.png
João Canabrava sobre Conceição do Rio Verde

Conceição do Rio Verde quase do tamanho de Tangamandápio Nova Iorque é uma cidade mineira, mais conhecida como piriguetródomo. O fim do mundo com o maior número de piriguetes por centímetros quadrados.

Tabela de conteúdo

[editar] População

Ao contrário do que você está pensando, Conceição do Rio Verde fica na parte mais fodida rica de Minas Gerais e não nos matagais do Amazonas, Acre ou outra terra de índios como imaginamos.

Criada por um sem o que fazer, a cidade na verdade só tem mato, os índios não estão inclusos. E isso induz os maradores daqui a acharem que são civilizados. Bom, o certo é que não foi obra de Deus "memo"!!!.

Ela fica bem ali, logo depois do fim do mundo. Se você não conhece Conceição do Rio Verde, venha logo pois a cidade pode acabar a qualquer momento, pois as urnas foram abertas. Uma pessoa normal não consegue definir qual é o centro da cidade e qual é o fim dela, isso por que a placa de saída é a mesma de entrada (só prá você que não tá fugindo da blitz por que ainda não pagou o IPVA do seu caial véi automóvel em 2013.)

Os Correios precisam contratar um guia para encontrar essa vila. Talvez fizeram isso para enganar os maus espíritos.Uma entrada de cidade que se assemelhe com a cara de seus moradores, fica mais protegida de maus-olhados e quebranto.

O povo conceiçoense se destaca de outros povos por serem Extremamente Feios, um povinho tipicamente esquisito e tipicamente perdido nesse mundo de meu Deus. Sua população é composta por agiotas, (congonheiros, cacimbeiros e sitiantes do Bom Jardim),fazendeiros falidos, trambiqueiros que vivem de barganhar porcarias, mães solteiras à procura de maridos e (que se fingem de boas moça)e tem vergonha de dizer que é dessa cidade, coroas metidas à jovens, um seleto grupo de viados, piranhas e músicos flidos. Mocinhas bem vestidas e endividadas, que nem sabem usar um cartão de crédito.

Afora o bando de gente À-toa nas congadas e praça do Pau-Mole...Oiando todo mundo que passa prá ter o que fofocar as linguarudas quando estiverem varrendo a sujeira para o lado da vizinha de baixo...Haja assunto...

Sua população ativa e inteligente somam exatos 78 habitantes, contando os cães adestrados e os três cavalos que a gente costuma encontrar por ai pastando em uma das praças da cidade. Por essas bandas ainda é possível encontrar grandes cabeças e gênios sem par, garotas que estão com a primeira menstruação adiada para daqui à 5 anos, pensando que é gente só por que estuda no Colégio empurra burro, Dom Othon fundado no tempo que minha vozinha andava de biscreta. Há também um crescente número de jovens "emos embaitolados", uma "VERDADEIRA PESTE" nesta roça. Em cada esquina tem um. Implorando a atenção dos pais (quem vai dar atenção à essa criatura?)¬¬¬-____ Crrrrremdospádi. É também grande o índice de adolescentes com mais de 30 anos por metro quadrado, soltando pipas com suas bermudas coloridas, e falando palavras em alto grau de finécia com outros baitolinhas menores... Desgraça pouca é bobagem!!! Parece mesmo é o resumo do "Apocalipse". Diz a lenda, que o aniversário de todos os maradores coincidem com a data em que eles nasceram.E mesmo os que não estudaram sabem que a quarta-feira vem antes da quinta. O povo daqui se faz de santo, mas a grande maioria toma mesmo é banho pelado. Seus visitantes em fins de ano, cagados, nascidos aqui mesmo, vem de fora falando uma mistura paulistês-fresco-mineirês (aquela coisa, tipo: urra meu; mano; tá ligado; tô vazando; véi; morô; tio, mina ). Já os daqui, falam o dialeto caipira puro (por exemplo: miverdi; coisa; trem; fii [filho]; num alembro, ocê). 99,5% dos que ainda ficaram acreditam seriamente que todos os paulistas são ricos. E por ai vai... Já chamaram Vó Candinha, fazendeiro Naturalista, empresário fugido, de Itanhandu, pastor de igreja, petebistas, peemedebistas, o raio que os parta; de tudo já foi tentado pra vê se livra Conceição dessa praga dos 5,00 reais e até hoje nada. Entra ano, sai ano...e a mais de quinze anos a medida de café vira e meche, volta nos 5 reais. Mal dá prá gastar numa das 123.365.255 lojinhas de 1,99 que têm por aqui.

Os principais eventos da cidade são:o faz filho pra dar golpe (Carnaval), os shows de graça (baixa a favelada toda Chácara das Rosas e Exposição ) , rodinha dos pés da cana do bar do Pachola e do Zezé, conhecidos como Big Brother e Casa do Artistas. E não são poucas as festas promovidas para aumentar a população para o censo do IBGE.

Ninguém sabe como se chega lá, vão indo. Na hora que veem a placa Conceição do Rio Verde dizem: "Aleluia, essa porra num chegava nunca uai."

É uma cidade com um alto indíce de homens chifrudos! Na panha do café, é que se nota tal coisa. Nem na estrada velha do Saibinho e de todo o calipal se faz mais amor que nas ladeiras dos cafezais...Enquanto os _arados_ estão se ralando de trabalhar, duas tarefas, 14 medidas, as suas bondosas mulheres vão dar para os desocupados, que alias são muitos graças a Dilma e o Bolsa Familia,que lhes pagam seus Cds de Funk educativo, as pinga amareladas no Bar do Bode, cueca nova pra se aparecer no Nova Era sabádo à noite, e à tarde no mais novo curral centro de diversão da cidade, o Racanto do Marreco_Haja penas por lá... aftt.

[editar] E a economia?

Conceição do rio verde mostrando o Rio Verde cheio de cocô límpido de lá.

Nunca teve uma economia desenvolvida, uma boa maneira de ser dar bem economicamente, para as mocinhas de bem, daqui é dando mesmo pra um otário de fora que pensa estar pagando pau com mina de familia e um carro alugado do ano mas nós, os guerreiros já sabemos que as tais thuthucas têm mais kilometragem que as artistas das Brasileirinhas. Quem sabe o bobão ainda te leva pra morar em outra cidade. Ou então vc trabalha nas fabricas a troco de cesta básica e presentinhos ou fica sujeito aos comerciantes que funcionam de domingo à domingo. Mas tá mudando a coisa , tem empresário novo fugido de Itanhandu trabalhando prá merecer seu voto, quando a ficha suja dele se limpar...

[editar] Cultura

Hotel só o Central mesmo, ou melhor Novo Hotel Central se é que aquilo é um hotel!? Desde 2005, Conceição do Rio Verde se autodenominou A Princesinha do Sul de Minas (coisa de viado),não sei de onde tiraram essa idéia, mas partindo das forças que comandam a cidade podemos esperar tudo e mais alguma coisa. Sem falar os jovens que pagam de boy escravos dos lojistas, financiam um carro, só pra se exibir pra patricinhas putas de esquina,praça aqui se você tem carro você come casa mas se não tiver, as vadias mulheres nem te olha.

Atualmente também a população (que diminui) é composta por gente que se acha, temos gente que acha que é médico, que acha que é fotógrafo, que acha que manda na Igreja, que acha que é professor , que acha que é secretário da prefeitura e pra finalizar fazendeiro falido que acha que é político.

ah dinheiro aqui só tem na época da coleita, onde os escravagistas fazendeiros contratam os escravos famosos bóias frias, pra colher os alimentos na roça, nessa época a economia da cidade melhora, os escravos bóias frias compram comida pro resto do ano, e financiam roupas pro seus filhos.

[editar] Atualmente

Depois da moda dos estrogonofes e o injustiçado Prefeito Bambi começa novamente a série antiga de novelas do novo Herdeiro do Ribeirão Prefeito do Povo que mesmo subindo embriagado médio no palanque se postou politicamente correto e enrolou convenceu o povo que os tempos de Fazendeiros no poder, agora são outros. Quem balançou a bandeirinha de outubro pra se garantir no emprego como os indicados cargos de confiança (os que não são muito chegados a trabalhar) vão continuar. Acabou a bagunça no seveiro Recinto...E para 2013, o novo prefeito (sob o efeito do alcool e do feriado de São Longuinho) prometeu melhorar as áreas da finanças dos médicos saúde. Por incrível que pareça, é um dos lugares onde, se até o padre não estiver do gosto do povo (povo não! De alguns!), eles o chutam pra fora!

[editar] Ver também

Ferramentas pessoais
Ver e modificar namespaces

Variantes
Visualizações
Ações
Navegação
Colaboração
Votações
(F)Utilidades
Novidades
Redes sociais
Correlatos
Ferramentas