Conceição dos Ouros

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Mapaminas.gif Minas Gerais... quem te viu, não te esquece jamais...

Uai, sô! Este artigo foi inscrito pur um minerim! Se ele inda num tá completo é por causo de que o disgramado deve tá comeno um pão de quêjo, um paster de milho ou a vaca atolada da tua mãe purque minêro come quéto!

Serjão entrevista.jpg Enxada-2.pngEsti artigu é caipira, sô!!Enxada-1.png

Este tar di artigu pareci caipira, foi escritu purum caipira, ô ele é de fato
CAIPIIIIRRA!!!

Num istraga eli naum, si não nóis crava a inxada pra riba docê!

Mosca provando o caldinho de mandioca na festa do polvilho!
Mandiocus Erectus conhecida como mandioca macho, planta típica da região

Gn.gif Nenhum resultado encontrado para "O que fazer em Conceição dos Ouros"
Google sobre Conceição dos Ouros

Cquote1.png Já comi! Cquote2.png
Você sobre sobre pão de queijo.
Cquote1.png Eu também!! Cquote2.png
Alexandre Frota sobre sobre a Tua Mãe
Cquote1.png É verdade! Cquote2.png
Professora de Ciências sobre sobre o que foi falado acima
Cquote1.png Oia o tufo! Cquote2.png
Salameiro sobre sobre Ouros
Cquote1.png Somos BI com orgulho! Cquote2.png
Ourense sobre Campeonato de Futsal
Cquote1.png Pra ir pra terra prometida tem que atravessar aquela cidadezinha cheia de paralelepípedos e quebra molas na subida. Cquote2.png
Moisés sobre Condução dos pousoalegrenses para a terra prometida Ubatuba
Cquote1.png Tem mandioca pra tudo quanto é tipo de rabo. Cquote2.png
Clodovil sobre Ouros
Cquote1.png Fica pra lá moço Cquote2.png
Cachoeirense sobre Ouros
Cquote1.png Jà passou moço, nu viu não?! Cquote2.png
Paraisópolitano sobre Ouros
Cquote1.png A vida não é mamão com açúcar! Cquote2.png
Medalhista Ourense sobre Vida
Cquote1.png To saudando a mandioca!! Cquote2.png
Presidente Dilma sobre Mandioca
Cquote1.png Minha mandioca é grauda e dura Cquote2.png
Produtor rural sobre Sua mandioca
Cquote1.png Borat achar que mandioca faz fazer tesão! Cquote2.png
Borat apreciando a especiaria ourense
Cquote1.png Fica na puta que ti pariu! Cquote2.png
Dercy Gonçalves sobre Ouros
Cquote1.png Depois que eu passar lá vai se chamar apenas Conceição! Cquote2.png
Aécio Neves sobre Conceição dos Ouros

Conceição dos Ouros é uma minúscula cidade localizada nos sertões de Minas Gerais, que só é maior que Cachoeira de Minas.

História[editar]

Tudo começou quando Jair Mutambo Kabololô Meteguelê, um afro descendente vindo da capitania hereditária de Men de Sá, resolveu introduzir sua mandioca braba nas nativas da região, quero dizer, nas áreas nativas da região. Sua mandioca colossal fez sucesso imediato e logo apareceu um beato que não perdeu tempo e fundou a cidade, dando lhe o nome de Nossa Senhora da Conceição da Mandioca Dourada Grande, nome que não deu certo pois seria maior que a cidade (cidade?). Com o tempo a mandioca foi amolecendo, e a soluçao foi fabricar gesso, muito gesso. Com o gesso a mandioca, embora hoje seja pequena, continua dura. Existe uma outra história, mas essa se perdeu no tempo como a própria cidade.

População, política e outras coisas[editar]

"Essi é o meu pintu grandão, si ocêis quisé eu inté mostru a mandiocona tamém uai!"

O povo de Ouros se acha (principalmente em cima do cachoeirenses) só porque lá tem show de artistas famosos (NX-Zero e Frénu, que tocam pra um bando de Emo Caipira todo ano, na festa do polvilho. Mas pra se achar em cima do povinho de Paraisópolis e de Cachoeira. Não precisava de tudo isso, pois nessas cidades não tem nada mesmo. A única coisa que eles fazem é ir pra Ouros fazer algo interessante.

O povinho desse lugarzinho tipicamente mineiro, tipicamente caipira, tipicamente esquisito e tipicamente perdido nesse mundo de meu Deus (MG), tem o estranho hábito de se chamarem todos por dois nomes, por exemplo: João da Maria, Nérzinho do Juquinha, Madalena do Zé, Zé do João e por aí vai, isso é tipicamente estranho.

Tudo em Ouros fica na praça, ou quase isso, se você for na casa de alguém, certamente eles vão ti informar que ficar numa rua de algum lado da praça ou uns trinta e tantos quilômetros dela. Já se chegou ao absurdo de se dizer que a própria cidade fica perto da dita praça.

A política é regida por dois partidos "As Capivaras" e "Os Salameiros". O presidente das Capivaras é "Patrícia Pilar" e dos Salameiros "O Nhonho". Mas vem aí o PGM (Partido do Gesso Mole) e o PMG (Partido da Mandioca Graúda).

A cidade mesmo sendo minúscula possui dentro de seu território lugares como: Coreia, Uruguai, Paraguai, Japão e Cachoeira de Minas. E pode acreditar: tem coisa que você só vê por lá. Certa vez, três homens e um adolescente de 17 anos assaltaram um posto de combustíveis na cidade. De acordo com a Polícia Militar, os assaltantes renderam o frentista quando ele fechava o posto. Após o amarrar, os ladrões fugiram com o dinheiro do caixa, cerca de R$2,00.

Geografia[editar]

A cidade fica localizada numa rampa longa de inclinação 40º32'46". Consta no Google Earth, algo que ainda Santa Rita do Sapucaí não conseguiu. No entanto não consta em nenhum livro didático de Geografia. A cidade é uma verdadeira barreira, felizmente transponível, para os Pousoalegrenses chegarem a Ubatuba. A cidade é conhecida por Conceição dos Duros, as pessoas nascidas no Zoro são conhecidas por "Muquiranas", vizinhas dos Cabeças de Vento de "Parisópis".

Turismo[editar]

A moderníssima ponte na entrada da cidade é o maior e único ponto de lazer para a população local.

Milhares de turistas endinheirados vindos de Cachoeira e de Paraíso visitam a famosa ponte localizada numa das entradas da cidade diariamente. Ela foi construída na época de Tibério o Grande e seus cálculos foram feitos por Menelau de Alexandria. Há relatos sobre a mesma no antigo testamento. Até hoje não foi comprovada como a ponte aguenta tanta coisa em cima, o Hitler veio aqui somente para descobrir como a ponte aguenta, e comprovou que ela aguenta tanto, porque no meio do concreto utilizado para fazer a ponte turística, foi usada polvilho e gesso, a ponte do zoros, foi feita para passar 40 toneladas e hoje passa nela mais de 200 toneladas, graças o polvilho e gesso... Se você quer uma ponte resistente, não venha aqui, passe voando ou pela passarela porque a ponte não aguenta pessoas e compre 1 grama de polvilho e 1 grama de gesso duro ou mole.

Colônias[editar]

O Império Ourense, sustentado pela Mandioca, se estende por Paraisópolis, Gonçalves e Cachoeira de Minas, onde se localiza a sede do Governo. O perímetro Urbano é formado pelos seguintes bairros: Benegá, Pra lá da Ponte, Varge, Xácra, Vila do Sapo, Rassominas, Praça, Quilombo dos Palmares, Santa Helena (ou os inúmeros nomes que esse bairro é chamado). As ruas mais famosas e movimentadas são: a Rua do Hospital, a Rua do Parquinho (ou rua de terra que fica no centro da cidade), a do ginásio, a da coreia, a da Igreja da xácra, a que vai pro quilombo, a rua da rassominas, a rua do asilo, a rua que vai pro santo Cruzeiro, a avenida que sobe e a avenida que desce. Os principais "bairros rurais" são: Cachoeira de Minas, Zoro Véio, Treis Cruis, Barro Branco, Barro Preto, Fazendinha (ou pra lá da Xácra), Campo do Meio (ou arto do campo), Broxado, Leitinho, Seu Zário, Casarão da Chapada, Lagoa, Enxerga Bem (ou Boa Vista), Kascata sem água.

Economia[editar]

O progresso chegou na cidade, tá certo que primeiro foi na forma de alguns quebra molas, depois pensaram até em colocar um semáforo naquela ponte estreita da entrada. Os primeiros multiplicaram.... já o semáforo, tem gente na cidade que nem sabe o que é. Todo mundo fala que fabrica gesso e vende, mas no fundo no fundo, sempre tem uma mandioquinha por trás. Serviço não falta, há várias fábricas de costura, umas mil fábricas de placas de gesso, várias fábricas de polvilho e etc, mas salário alto... daí é muito difícil. Qualquer coisa você pode também descarregar sacos de gesso, e ganhar uns 100 reais por dia. Um ponto forte também são os 550 bares espalhados pela cidade, pra quem curte aquela manguaça.