Cone Sul

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Argentina.jpg ¡¡NO DJORES POR MI, DESCICLOPÉDIA!!

La hinchada del Boca Xuniors há assegurado que esto artículo és un lerrítimo arrentino porteño, y por eso, és lo más merrór de la Desciclopédia, así como Maradona és merrór que Pelé.


Cisplatinabrasão.gif

¡¡¡Orientales, La Patria o la tumba!!!
Este artigo é uruguaio. Ele curte un Chimarrón e nao é argentino. Os latifúndios deste artigo pertencem a Leonel Brizola!!!


Cone.

Cquote1.png Você quis dizer: Sul da América do Sul Cquote2.png
Google sobre Cone Sul
Cquote1.png Experimente também: Quadrilátero mineiro Cquote2.png
Sugestão do Google para Cone Sul
Cquote1.png Vamos muchachos! Cquote2.png
Uruguaio sobre Cone Sul.
Cquote1.png Es nuestra! Cquote2.png
Argentino sobre Cone Sul.
Cquote1.png Não tenho nada com isso, tchê. Cquote2.png
Gaúcho sobre a forma espacial.
Cquote1.png Adoro coisas cônicas! Cquote2.png
Sua mãe sobre Cone sul.

Cone Sul é a parte do extremo sul da América, é um local gelado, no qual ou existem só montanhas com lhamas em abundância ou é repleto de argentinos que só servem para encher o saco, isso quando no local não ocorre ambas as catástrofes, por isso é uma das regiões mais perigosas de todo o mundo.

Wikisplode.gif
A nossa sátira autorizada, a Wikipédia, tem um artigo sobre: Cone Sul.

Habitantes[editar]

Típico pessoal do Cone Sul.

O Cone Sul é a parte mais inóspita da América depois do Haiti, sendo reduto das mais detestáveis criaturas, ou seja, argentinos, gaúchos e paraguaios, todos com manias odiáveis e trejeitos extremamente suspeitos, o que faz com que ninguém imigre para lá, o que vem a facilitar suas aulas de Geografia sobre fluxos imigratórios.

Economia e Política[editar]

No Cone Sul existe altas doses de populismo, o que torna o local propício a golpes militares constantes e a ditaduras que chantageiam o povo e que acaba, criando clãs políticos piores que os Sarney, a política de todos os países da região segue conturbada, coisa que a população já acha normal, eles apenas sentem saudade das "Evitas".

Bandeira de país da região.

A economia é, muitas vezes, baseada na pecuária, ou na exportação de merda de morcego para fazer adubo, todas as indústrias da região acabam sendo multinacionais de tendência imperialista, só que agem de forma menos voraz do que em outros locais mais selvagens do mundo.

Fisicamente[editar]

Placa da região.

A região é um verdadeiro sobe e desce, tem um monte de montanhas, todas pontudas e cuja única função é fazer uns Zés Manés quererem escalá-las para pagar de fodões para o povo besta e paga-pau de suas respectivas terras natais.

A vegetação da região é constituída, no geral por plantas autótrofa fotossintetizantes, realmente, espécies de ser vivo incomum em outras partes do globo terrestre, já na hidrografia, quase 100% dos rios que correm na região são constituído por grandes quantidades de água.

Países da região[editar]

Churrasco, a base da dieta deles.
  • Argentina, terra de Maradona e de tantos outros seres chatos.
  • Chile, o país oficial da lhamas, é basicamente uma cordilheira de montanhas.
  • Uruguai, o país sumariamente ignorado da América do Sul, principalmente depois que a seleção nacional passou a ser um lixo.
  • Paraguai, o local de onde vem a cocaína e as quinquilharias que você compra na 25 de Março.
  • Estados Unidos do Sul, dispensa comentários.

Ver também[editar]