Conjunto Arqueológico de Mérida

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Este artigo é um
Patrimônio Mundial da Humanidade.

Pode ser uma ruína, uma cidade
de merda, um matagal abandonado,
mas está protegido!

World Heritage Site logo.png

Leitura recomendada apenas para
pessoas com cultura.

A UNESCO monitora este artigo.


Cquote1.png Você quis dizer: Conjunto Arqueológico de Merda Cquote2.png
Google sobre Conjunto Arqueológico de Mérida

O Conjunto Arqueológico de Mérida (do latim: merda) é um monte de ruínas e resíduos de ruínas localizado em Merda Mérida, Espanha. Apesar de ser a capital de um estado espanhol, ela mais parece uma cidadezinha abandonada entre o nada e lugar algum.

História[editar]

Os prédios de Mérida são conhecidos por sua modernidade.

A cidade foi construída na Idade Velha pelos romanos, que dominavam a região. Ela foi feita apenas para proteger uma ponte que passava num riozinho por lá. Essa ponte era muito visava por vândalos, que gostavam de pichá-la e depredá-la.

Provavelmente eles queriam descontar a raiva do dia-a-dia na ponte. Fizeram umas barracas do lado da ponte e contrataram um grupo de malucos voluntários para afugentar os vândalos. Com o tempo, o governo roamno na Espanha percebeu que não adiantava nada ter uma ponte atravessando um rio se não existe civilização do outro lado.

Por ser o único local do estado habitado por humanos, o conjunto de barracas foi transformado na capital de Portugal. Isso aconteceu porque na época os portugueses habitavam as terras em volta de Mérida, o que explica o motivo da região ter uma ponte que ligava o nada a lugar algum. Na hora de decidir o nome da nova capital, um cara falou "e que merda". A censura modificou a palavra, que virou "Mérida".

As cidades romanas na época estavam em decadência com os ataques bárbaros, e como Mérida ficava bem distante dos terrenos habitados pelos bárbaros, ela sobreviveu aos ataques e se tornou uma das cidades menos desimportantes mais importantes do Império Romano, mesmo ela sendo uma merda. Os bárbaros dominaram a Espanha e assumiram o controle de Mérida, mas eles não tinham dinheiro para fazer novas construções na cidade. Por isso que ela mantém até hoje as ruínas construções romanas.

Como os bárbaros são bárbaros, eles fizeram uma festa em Mérida e estragaram todos os prédios da cidade. Assim, Mérida ficou uma merda mistura de prédios velhos com ruínas. O tempo passou e Mérida se separou de Portugal (já que os moradores quiseram se afastar dos portugueses), virou uma cidade espanhola e continuou na Mérida como sempre. A maior e única conquista de Mérida foi ter o nome plagiado por outras cidades na América.