Construcionismo

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Cquote1.png Busquem conhecimento Cquote2.png
ET Bilu sobre construcionismo

Construcionismo é uma escola filosófica completamente inútil e desnecessária que fica debatendo coisas tipo: "como sabemos que uma rosa é vermelha?" ou "como sabemos que sabemos que uma rosa é vermelha?" ou "como poderíamos saber que sabemos que a sabedoria do saber que a rosa é vermelha?"... deu para entender do que se trata essa filosofia: NADA!!

Por se tratar de como é formado o conhecimento, o construcionismo é dividido em várias áreas, a mais conhecida e estudada é a habilidade de uma pessoa em construir Lego sendo esta uma vertente da epistemologia, um verdadeiro beco sem saída metafórico que leva ninguém a lugar algum.

Quando surgiu essa esquizofrenia, foi no início do século XX como resposta ao avanço dos conhecimentos em matemática, os nerds das ciências sociais queriam bolar algo mais escroto que matemática, e então surgiu as teorias de construcionismo.

Educação[editar]

Alguns construcionistas exercendo uma construtibidade.

Como ter o conhecimento de que se tem conhecimento inteligente com sabedoria e conhecimento de informações e dados conhecidos? É com essa indagação que surge o estudo do construcionismo para a pedagogia. Não entendeu? Quer dizer que lhe falta conhecimento.

Para essa corrente de pensamento, os seres humanos nascem burros, crescem burros, vivem buros e morrem burros. Essa ignorância toda é apenas amenizada a medida que os seres humanos vão conhecendo os recursos da trapaça, da ambição e da enganação.

A inteligência e o conhecimento se desenvolvem através do relacionamento com o meio. É só através da convivência que haverá alguém para ser enganado. É só através da interação com a sociedade que haverá algum dinheiro público para ser embolsado desonestamente, ou seja, os trouxas que ficam numa vida miserável fazendo caridades vão morrer do mesmo jeito que aquele ateu sociopata.

Nesta concepção, o conhecimento não se traduz em atingir a verdade absoluta, uma vez que essa verdade é inatingível pela ignorância inerente ao humano, e a verdade está na mentira bem contada, em representar o real como adaptação do que se queira que os outros acreditem ser.

Filosofia[editar]

De um ponto de vista filosófico do construcionismo, o conhecimento é uma construção que um dia termina (Mal de Alzheimer) e então rui para sempre (morte).

Informática[editar]

O construcionismo para a informática computacional.

Para os nerds, como Seymour Papert, o construcionismo é a habilidade não apenas de ter conhecimento em HTML e programação, mas a implementação desse conhecimento na criação de sites para que os não-nerds possam usufruir da Internet.

E assim surgiu o SimCity.

Cristianismo[editar]

Para o cristianismo, o construcionismo é Deus chegar e construir um universo inteiro só para habitá-lo num pequeno planetinha com entidades denominadas Sims (conhecidos também como humanos), e então torturá-los fazendo de suas vidas um Inferno.

Socioconstrutivismo[editar]

teoria pseudo-científica criada por acadêmicos ripongas de esquerda. Segundo as revistas especializadas em fofoca acadêmica, teria sido inventada durante um caso de amor entre Jean Piaget e o comunista Lev Vygotsky.