Superclássico das Américas

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
(Redirecionado de Copa Roca)
Ir para: navegação, pesquisa
A maior rivalidade futebolística de todos os tempos da última semana
Seria isso o cálice da usado por Jesus na santa ceia? Não! É a taça da Copa Roca!
É emocionante ver como essas duas nações se amam e se confraternizam

Cquote1.png Você quis dizer: Brasil vs Argentina Cquote2.png
Google sobre Superclássico das Américas

Cquote1.png Você quis dizer: Copa Roça Cquote2.png
Google sobre Superclássico das Américas

Cquote1.png Eu juro que um dia ainda ganharemos essa taça sem roubarmos. Cquote2.png
Argentino sobre Copa Roca

Cquote1.png Duvido Cquote2.png
Brasileiro sobre argentino ganhar a Copa Roca

Cquote1.png Ganhar é bom, mas ganhar da Argentina é muito melhor! Cquote2.png
Galvão Bueno sobre esua tradicional frase clichê nos jogos contra a Argentina

Logotipo da Copa Roca, tão sem graça quanto a própria competição

Copa Roca, Copa Dr. Nicolas Leoz (em 2011) e mais recentemente Superclássico das Américas (nome dado pela Globo) foi (ou é) uma competição futebolística pré-histórica mais sem graça de todos os tempos,que está sendo disputada até hoje, feita para aumentar a rivalidade e a pancadaria entre brasileiros e argentinos filhas de uma puta. A taça era oferecida pelo presidente argentino General Julio Roca, mas ele se matou logo depois da primeira edição da copa que levava seu sobrenome, após ver o Brasil derrotar a Argentina em plena Buenos Aires e levar a primeira taça Roca. A partir daí a taça passou a ser oferecida por Don Maradona e passou a se chamar Copa Coca. A taça Roca não tinha data definida para acontecer, simplesmente ocorria quando a AFA e a CBF estavam afim e sem nenhum compromisso importante agendado. Simplesmente só pra terem o gostinho de ver duas nações que se odeiam dando a vida pra ganhar um jogo de futebol.

Em 2011 essa desgraça voltou, tal como o Rock in Rio, diretamente do fundo do inferno baú, os jogos são ida-e-volta (isso se tiver dinheiro pra passagem, se não vai ser só ida mesmo) e só poderão jogar a competição futebolistas que atuem no Brasil ou no vizinho, o que diminui a qualidade tática do jogo em 101%, já que a maioria dos jogadores que preste das duas seleções jogam na Europa. Em 2011 a competição homenageia o Dr. Nicolas Leoz e se chama Copa Dr. Nicolas Leoz, mas a Globo chama de Superclássico das Américas.

Em 12 edições da Copa o Brasil ganhou 9, Argentina já se mostrava uma grande freguesa, e só levantou 4 taças. Um título da Copa Roca não significa muita coisa, parece mais que você ganhou um jogo amistoso contra uma seleção que veste branco e azul e a taça aparenta ser feita de plástico que se assemelha a uma premiação de campeonato de pelada.

General Julio Roca. Militar, presidente, desocupado e futebolista que gosta de ver nações brigarem

História[editar]

Historicamente, Allejo foi o maior artilheiro de todas as copas roca. Sempre deu belas goleadas pra cima da Argentina

Cquote1.png Eu não entendo porque a final era sempre Brasil e Argentina. E as outras seleções? Cquote2.png
Guri Retardado sobre a história da Copa Roca

Cquote1.png Tavam preocupadas mais com a sua mãe do que com a Copa Roca Cquote2.png
Troll (internet) sobre guri re tardado acima

Cquote1.png Ah tá... O QUE MINHA MÃE TEM A VER COM ESSA HISTÓRIA? Cquote2.png
Guri Retardado sobre o comentário do troll acima

Se você é mais novo que a avó da Dercy Gonçalves vai ser difícil se lembrar e entender o que é a lendária Copa Roca, a primeira edição ocorreu em 1900 e guaraná com rolha mas como não há registro sobre essa edição consideramos que a primeira ocorreu em 1914 e foi até 1976. A competição provavelmente voltará, em 2011, com um nome menos ridículo do que Rocca mas com o mesmo intuito das edições anteriores. Essa competição marcou a carreira de Pelé, pois foi nela que ele jogou o primeiro jogo com a camisa da seleção brasileira em 1957.

Títulos[editar]

Um raro registro da vitória da Argentina sobre o Brasil (ah, vá!) em 1940

Edições[editar]

Bandeira do Brasil 1914[editar]

Escalação do Brasil na Copa Roca de 1914.

Cquote1.png LOL, ganhamos! Cquote2.png
Brasileiro sobre Copa Roca de 1914

Cquote1.png Ah, mas não vem com essa não, naquele tempo nem se sabia jogar futebol direito, nem uma bola decente havia nauquele tempo Cquote2.png
Argentino chorão comemorando o título de vice

Primeira Copa Roca que se tem notícia, Brasil venceu em solo argentino por 1 a 0, gol feito por algum dinossauro (modo de dizer, gíria pra jogador "antigo"). Após ver sua querida Argentina perder para o Brasil na taça que levava o seu nome Julio Roca resolveu se matar. Pelo menos assim ele evitou de ver os outros oito vexames que sua querida Argentina deu diante do Brasil na mesma competição. Alguns jornais da época disseram que o único gol do Brasil no jogo foi marcado por Pardilla, outros disseram que foi o Allejo que fez o gol. Foda-se, não interessa quem marcou o maldito gol o importante foi que ganhamos os hermanos em território deles e poderemos sacanear eles eternamente.

República das bananas - 1º título

Bandeira do Brasil 1922[editar]

Cquote1.png MWAHAHAHAHAHA! Ganhamos de novo! Cquote2.png
Brasileiro sobre Copa Roca de 1922

Cquote1.png Um dia a gente vence Cquote2.png
Argentino sobre Copa Roca de 1922

Quando se achava que não haveria outra edição da Copa Roca resolveram reviver a competição, mesmo com o presidete morto. Desta vez a competição aconteceu em São Paulo e o Brasil acabou vencendo mais uma. Argentinos OWNED!!. A partir desse ano a Argentina jurou que nunca mais perderia uma partida para o Brasil, nem que pra isso eles tivessem que subornar o árbitro dos jogos.

República das bananas - 2º título

Flag of Argentina.svg 1923[editar]

Cquote1.png Ganhamos? Sério? Eu sempre soube que milagres existiam!!! Cquote2.png
Argentino sobre Copa Roca de 1923

Cquote1.png Ah, foda-se! Nós já temos duas! Cquote2.png
Brasileiro sobre Copa Roca de 1923

No ano seguinte a CBF e a AFA resolveram realizar outra edição da Copa Roca, dessa vez em Buenos Aires. Os brasileiros foram muito confiantes para a competição e acabaram perdendo para os hermanos que fizeram dois gols ilegais que o árbitro validou a troco de míseros trocados dado pelos argentinos. Assim a Argentina venceu sua primeira Copa Roca e já ficou achando que era melhor do que o Brasil, pela sua já conhecida marra.

Marrentina - e último título

Flag of Argentina.svg 1939/1940[editar]

Cquote1.png He-he, ganhamos de novo! Cquote2.png
Argentino sobre Copa Roca de 1939/1940

Cquote1.png Isso já está começando a ficar chato... Cquote2.png
Brasileiro sobre Copa Roca de 1939/1940

Depois de muito tempo sem realizar a Copa, AFA e CBF resolveram revive-la, dessa vez com quatro partidas sendo disputadas. O primeiro jogo ocorreu em uma favela do Rio de Janeiro e a Argentina acabou por aplicar uma bela goleada no Brasil pois estavam mais acostumados com o tipo de gramado. No segundo jogo o Brasil já estava mais acostumado com o tipo de campo e jogou melhor e venceu os marrentinos por 3 a 2. Outro jogo pela 4ª edição da Copa Roca só aconteceria no ano seguinte (1940) em São Paulo, em um campo bem melhor do que o dos primeiros jogos, no terceiro jogo o Brasil empatou em 2 a 2 e no último perdeu por 3 a 0. No placar acumulado acabou que a Argentina venceu por 12 a 6 e assim conquistou o segundo título, com uma ajudinha da arbitragem.

Marrentina - 2º título

Flag of Argentina.svg 1940[editar]

Cquote1.png Ganhamos, e temos mais títulos que vocês! Cquote2.png
Argentino sobre Copa Roca de 1940

Cquote1.png Isso não vai ficar assim! Cquote2.png
Brasileiro sobre Copa Roca de 1940

Em 1940 a Argentina ganhou de novo, dessa vez ganharam dentro de casa em Buenos Aires eles golearam o Brasil no primeiro jogo, perderam o segundo e ganharam o último. Graças a três roubalheiras títulos consecutivos a Argentina passou a ter mais títulos que o Brasil e daí por diante passaram a ser marrentos do jeito que nós conhecemos, se achando melhor do que os outros em tudo.

Cquote1.png Nós não somos marrentos, nós só somos melhores. Seus ruins! Cquote2.png
Argentino sobre texto acima

Marrentina - 3º título

Bandeira do Brasil 1945[editar]

Cquote1.png Haha, finalmente voltamos a vencer depois de séculos!! Cquote2.png
Brasileiro sobre Copa Roca de 1945

Cquote1.png Ainda somos melhores, não é uma derrota que irá nos abater Cquote2.png
Argentino esperançoso sobre Copa Roca de 1945

Depois de 23 anos o Brasil voltou a conquistar a Copa Roca, a Argentina chegou a achar que ia ganhar o título de novo quando venceu o Brasil por 4 a 3 em São Paulo, mas o Rio de Janeiro deu mais sorte e o Brasil acabou goleando o timeco da Argentina por 6 a 2. Pra variar os argentinos não aguentaram perder, bateram boca, espernearam e exigiram mais um jogo, o que não adiantou nada já que o Brasil fez questão de ganhar dos hermanos de novo, a situação só ficou mais humilhante para eles.

República das Bananas - 3º título

Bandeira do Brasil 1957[editar]

Cquote1.png Ganhamo na minha estréia, inteindÊ? Cquote2.png
Pelé sobre sua estréia na seleção brasileira

Cquote1.png Esse negrito deu sorte dessa vez, dá pra ver que ele não é de nada... até o Maradona é melhor que ele! Cquote2.png
Argentino sobre Pelé na Copa Roca de 1957

Foi nessa mediocre competição que o Rei estreou com a camisa amarelinha, ele não fez nada demais no jogo mais depois se revelaria o melhor jogador do mundo ao lado de Allejo, o alejado. Ah sim! O Brasil ganhou da Argentina mais uma vez e voltou a ser o maior vencedor de Copas Rocas. Eles até que chegaram a vencer o primeiro jogo mais no segundo foram desossados por Pelé, o eterno.

República das Bananas - 4º título

Bandeira do Brasil 1960[editar]

Cquote1.png Opa, nem na Argentina vocês vencem, três títulos seguidos já é sacanagem Cquote2.png
Brasileiro sobre Copa Roca de 1960

Cquote1.png ... Cquote2.png
Doutor Roberto Argentino sem palavras ao ver a Copa Roca de 1960

Sem dúvida essa foi a Copa Roca mais difícil de todas, a Argentina ganhou o primeiro jogo por 4 a 2 e achou que o título ja estava ganho com a vantagem de dois gols, por isso no segundo jogo eles escalaram os reservas dos reservas pra jogar contra o Brasil no segundo jogo. O time do Brasil não era lá grandes coisa, mas abriu facilmente uma vantagem de quatro gols de diferença. Vendo mais um título escorrendo pelos dedos o técnico da Argentina resolveu botar os titulares do primeiro jogo pra entrar em campo pra ver se resolvia alguma coisa mas eles só aguentaram fazer um gol apenas, precisavam de mais dois até então. Não conseguiram, o juiz apitou e o Brasil comemorou mais um título.

República das Bananas - 5º título

Bandeira do Brasil 1963[editar]

Cquote1.png É HEEXA! É HEEXA! É HEEXA! É HEEXA! É HEEXA! É HEEXA! É HEEXA!! Cquote2.png
Galvão Bueno sobre Brasil na Copa Roca de 1963

Cquote1.png Não gosto mais de Futebol, vou assistir jogos de Basquete a apartir de hoje Cquote2.png
Argentino sobre Copa Roca de 1963

Três anos depois da Copa Roca na Argentina ela retorna ao Brasil, como já se havia convencionado um jogo seria no Rio de Janeiro e o outro em São Paulo. No jogo em São Paulo a Argentina venceu por 3 a 2, no jogo do Rio de Janeiro os malandros cariocas acabaram por sequestrar o ônibus da delegação Argentina. Por seus jogadores terem misteriosamente sumido, a Argentina teve que jogar com jogadores amadores que acabaram apanhando do Brasil por 5 a 2. Brasil conquistou pela sexta vez a Copa Roca, podemos não ser Hexa campeão do mundo mas fomos Hexa da Copa Roca em 1963. Detalhe, no ano anterior a este a Brasil havia sido campeão do mundo pela segunda vez.

República das Bananas - 6º título

Flag of Argentina.svg Bandeira do Brasil 1971[editar]

Cquote1.png Aiii, que preguiça de cobrar pênaltis... Cquote2.png
Brasileiro baiano sobre Copa Roca de 1971

Cquote1.png Vamos compartilhar o título então! Cquote2.png
Argentino safado se aproveitando da baianidade brasileira

Essa foi, sem dúvida, a Copa Roca mais sem graça já disputada em toda a história. Isso porque Brasil e Argentina empataram as duas partidas disputadas em Buenos Aires que mais parecia a Bahia, com medo de perder pela quinta vez consecutiva a Argentina propôs compartilhar o título, como o Brasil já estava cansado e queria ir embora daquele país de marrentos aceitou o acordo

República das Bananas - 7º título

Marrentina - 4º título

Bandeira do Brasil 1976[editar]

Finalmente o Conselho Brasileiro de Fonoaudiologia e a Associação Fiscalizadora da Argentina descobriram o incrível sistema de ida-e-volta e resolveram implantar na tal Copa Roca. Sendo assim um jogo seria na Argentina e o outro no Brasil, o primeiro o Brasil ganhou em plena Argentina. No segundo o Brasil ganhou de novo e levantou a taça pela octagésimamilhonésimamilésimaoitava vez.

República das Bananas - 8º título

Bandeira do Brasil 2005 (Copa das Confederações)[editar]

Crystal Clear app xmag.pngVer artigo principal: Copa das Confederações de 2005

Cquote1.png Ah, não vale! Isso não foi Copa Roca! Cquote2.png
Argentino chorão sobre Copa Roca das Confederações 2005

Cquote1.png Foda-se, foi mais um título em cima de vocês, então vamos contabilizar!! MWAHAHAHAHAHA! Cquote2.png
Brasileiro bandido sobre Copa Roca das Confederações 2005

Essa Copa Roca foi a única que não teve o jogo realizado no Brasil ou na Argentina, e sim na Alemanha. Isso aí não foi Copa Roca, na verdade essa competição já estava morta a alguns mols de anos e já tinha sido esquecida por todos. Acontece que como o jogo da final foi entre Brasil e Argentina e os brasileiros ganharam eles acabam contando esse título como mais uma copa roca.

Relatório do jogo

A seleção brasileira e seu quadrado mágico vinham embalado na competição, ganhando tudo, até a chegada da final com a Argentina. Aí toda a nação ficou desconfiada do time e de seu técnico Carlos Alberto Parreira, mas graças a Adriano, Kaká e Robinho a seleção levantou o caneco. Ainda bem que não tinha França na copa das confederações...

República das Bananas - 9º título

Bandeira do Brasil 2007 (Copa América)[editar]

Cquote1.png Ah, vocês estão roubando mais uma vez. Isso também não foi Copa Roca! Cquote2.png
Argentino chorão sobre Copa Roca América de 2007

Cquote1.png Eu lá tenho culpa se vocês perdem pra gente em diversas finais de diversas competições? Cquote2.png
Brasileiro sobre Copa Roca América de 2007

Mais uma competição que não foi Copa Roca. Uma conquista do técnico Dunga em cima da Argentina, depois de parreira em 2005. Com saudes de perder mais uma a Argentina resolve encontrar o Brasil na final da Copa América de 2007 e dessa vez ser derrotado por mais um técnico burro que sempre é eliminado nas quartas-de-final da Copa.

Relatório do jogo

Felizmente nessa época não contavamos com o talento e habilidade de Felipe Melo, mas a Argentina já tinha um Felipe Melo falsificado naquela época, que acabou fazendo gol... contra, claro! Com mais um de Júlio Baptista e Fabuloso o Brasil conquistou pela 10ª vez a Copa Roca.

República das Bananas - 10º título

Bandeira do Brasil 2011[editar]

Cquote1.png Mesmo com a seleção uma merda, nós ganhamos denovo! 11 títulos contra 4 já é demais, né? Cquote2.png
Brasileiro Feliz com o primeiro título da era Merdaano Menezes mesmo sendo uma merda sobre Copa América de 2011

Cquote1.png Vamos, um dia, ganhar mais que vocês! Cquote2.png
Argentino que não admite a realidade sobre Copa América de 2011


Nesse ano, a Globo, a CBF e a AFA resolveram reeditar a competição depois de anos dela esquecida no fundo do baú. A iniciativa veio após a crise das seleções Argentina e Brasileira, depois do fracasso na Copa América em que o Uruguai foi campeão. Brasileiros e argentinos, que não passaram sequer das quartas-de-final da competição, resolveram voltar a ressuscitar a bosta sem graça da Copa Roca, para assim afogarem as mágoas de seus fiascos juntos. Assim, as duas seleções deram um jeito de pelo menos uma delas levarem um título.

O Brasil levou o título por ser melhor menos pior que a Argentina, que estava sem o craque Messi já que só valia jogadores que atuassem no país ah, também! Um argentino qualquer vai para a Europa por uns trocados.

República das Bananas - 11º título

Bandeira do Brasil 2012[editar]

Esse Ano, a Copa Roca Voltou. E já teve o primeiro jogo, o Brasil Ganhou de virada da Argentina, o Florinthiano Corinthiano Martinez (Substituindo Messi, Por que só valia jogadores que atuassem no País, como dito antes) Abriu o Placar, Paulinho empatou e no último Minuto Neymar fez de Pênalti (Literalmente, nem teve tempo pra outra saída).

Porém a Segunda Partida foi interrompida por falta de luz, já que o Andrés Sanchez roubou as luzes do estádio para ajudar na construção do Itaquerão. A nova segunda partida, depois de um jogo de dar sono, a Argentina cava um pênalti aos 80 minutos, um tal de Scocô faz, Fred faz pro Brasil, mas o Scocô faz de novo e o jogo vai pra decisão de pênalti, o Florinthiano Corinthiano Martinez e o Crugayrense Montillo perdem o pênalti. E o Brasil levou a taça.

República das Bananas - 12º título

Ver também[editar]