Coqueiro Baixo

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Gauchodanc.jpg Mas bah, tchê!

Este artigo buenaço e tri-legal é do mais puro humor gaudério dos pampas, vivente, então veste tua bombacha, recolhe teu pelego no galpão e toma um mate amargo com a gente, macanudo!

Chima.jpg
A festa do colono em Coqueiro Baixo e toda a população da cidade assistindo a missa.
O orgulho de coqueiro baixo.

Coqueiro Baixo é uma das cidades mais pequenas dos vales, pra não dizer a menor. Coqueiro Baixo é, para todos, uma cidade com mar e pequena mas se visto o lugar onde ela está não faz o mínimo de sentido: Por que um coqueiro em uma região tão fria? Seja como for, o maior ponto turístico da cidade é o seu artigo na Wikipédia que é um dos maiores de todas as cidades do vale e fica puxando o saco dela.

Resumo[editar]

Todos estão pouco se fodendo para a história do coqueiro baixo, vamos logo para o principal: Por que o artigo da cidade é tão grande se ela tem somente mil e quinhentos habitantes? A economia devia ser ótima então! Seja como for é uma daquelas cidades que se orgulha por ser um Canadá da vida.

Cquote1.png Temos bandeira legal, hino legal, prefeitura legal e limpinha, ruas legais, asfaltadas e limpinhas, temos casas limpinhas, temos a festa do colono limpinha (ela reúne toda a cidade praticamente), temos até 5 escolas no nosso território, contando com as que já fecharam por vandalismo ou viraram casa de Mendigo mas ninguém liga para nós mesmo assim Cquote2.png
Prefeito de Coqueiro Baixo

A cidade possui a maioria das empresas no setor primário e terciário. Seria mais ou menos plantação de Milho (que é a única coisa que cresce na cidade, sim a economia não cresce) e para o terciário seria o INABÁLAVEL E INVENCÍVEL! PODEROSO! FORTE! VALENTE E TRADICIONALISTA Comércio de Coqueiro Baixo.

Cquote1.png Peraí? Mas que porra? Cquote2.png
Você, caso não seja coqueirense

Com uma força comercial tão forte quanto Otacílio Costa em Santa Catarina, a cidade mantém a tradição de ser o lugar onde mais empresas morrem. E então se atribuiu o ditado: "Empresa em Coqueiro Baixo é que nem Lombriga. Se sai da merda morre". Então só a população pra ver futuro lá.

Outro lado da cidade é bom ver são os poderes públicos, tem a´te uma brigada militar, um postinho no alto do morro com 3 soldados olhando a cidade e a mata, e a prefeitura. A parte mais "bonita" da cidade.

Agora vamos para a festa do colono, cuja é rezada faz 20 anos pelo mesmo padre e reúne toda a população da cidade, exceto o Cléberson que ele é Judeu e só vai lá após a missa. VItóriua mesmo foi a cidade ter conseguido pelo menos uma capela.

Educação[editar]

A cidade possui 4 escolas, sendo que 3 faliram e serviram de lar pra mendigos. A educação é algo que o município e o prefeito se preocupam muito preocupante mas não há quase necessidade de ter escolas lá já que a maioria das pessoas, na primeira oportunidade, já até saíram de lá.

Ver também[editar]