Estados Unidos da Coreia

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
DESCICLOPEDIA MANSE!!
Flag korea dog.jpg Este artigo é sul-coreano! Ele é nerd, odeia comunistas, come bulgogi e kimchi, luta Taekwondo, anda de Hyundai e briga com os japoneses por causa de duas ilhas. O autor pode ser um viciado em Starcraft ou uma fã doida de K-Pop.

Park Geun-Hye, Yi Sun Shin e Kim Kaphwan estão de olho.

●영광대한민주온라인게임공화국
零狂大恨民主遠距離遊興孔化國
Ou 대한 민국 大韓民國
●Magnificent Democratic Online Gaming Republic of South Corea
●República Taekwondoísta do Capital Sul-Coreano

Bandeira da Coreia do Sul.png Brasao da Coreia.png
Bandeira Brasão
Lema: Nuclear launch detected!
Hino: Gangnam Style
Location Korea.png
Capital Cu
Maior cidade Aiur
Língua coreano
Tipo de Governo Gamocracia Taekwondoísta
Presidente PSY
Heróis nacionais Zeratul, Kim Kaphwan, Baek Doo-san
Independência da Coreia do Norte
Moeda Zenys,Minerais e gás vespeno
Religião Starcraft
População 1.000.000 no Ragnarok
Área Uma pontinha ao sul (bob esponja% de água)
Analfabetismo 0%
PIB per Capita Muita grana USD/hab.
IDH 0.9999
Fuso Horário O sol nasce lá
Clima Frio. O jeito é ficar no computador
Site do Governo Procurar Lan-House no seu catálogo telefônico


A Coreia do Sul é um país desimportantemente rico e sua capital é Seu Cu. A Coreia do Sul é um país cheio de coreanos com nomes divertidos como por exemplo: Kim Lee Won, Won Lee Kim, e Kim Won Lee.

Eles não se confundem, pois conseguem distinguir os diferentes semblantes entre os milhões de coreanos, tão diferentes entre si.

História[editar]

Coreia[editar]

A Coreia do Sul antes era chamado apenas de "Coreia". Era um país sem importância, de várias dinastias com menos importância ainda, portanto, sem história para contar. Sofreu algumas invasões por parte do Japão e de seus vizinhos do norte, mas grandes homens como Kim Kaphwan conseguiram salvaguardar as fronteiras do país.

Separação[editar]

Exército sul-coreano treinando cambalhotas para conseguirem escapar dos Double Lariats soltados pelos norte-coreanos.

Num belo dia, em maio de 1948, os coreanos do sul descobriram que o motivo de seu atraso estava nos coreanos do norte, e por isso os sul-coreanos venderam suas almas para o diabo, fundaram a Coreia do Sul e alcançaram o milagre econômico do enriquecimento com a única condição de produzir filmes pornôs sem aqueles quadriculados dos filmes de putaria japoneses.

Fatos recentes[editar]

Recentemente, já que não tem história para contar, está fabricando a própria história e está se dizendo que é o primeiro país a surgir na terra, ancestral de todas as culturas e inventor de tudo quanto que é coisa.

Economia[editar]

Há uns 30 anos, era um país pobre e miserável, pior do que o Brasil. Mas eles realizaram reformas educacionais, atraíram capital japonês, usaram poção mágica e hoje em dia é um país desenvolvido, fabricando carros, televisões, navios, computadores e o mais importante de todos, os jogos de RPG online. Eles odeiam os japoneses, que odeiam os coreanos, que por sua vez são odiados pelos chineses, que também são odiados pelos japoneses que por sua vez são odiados pelo resto do mundo.

A Coreia do Sul já foi o maior mercado de putas do leste asiático, sendo que a principal fonte de renda do país era exportação de putas para Japão, China, Rússia e Estados Unidos. A Coreia equivalia ao mercado de putas da Holanda. Porém, com a riqueza, o fluxo da prostituição mudou, e agora putas de todos os cantos do mundo querem ir para a Coreia do Sul ganhar uma nota preta pra satisfazer os executivos taradamente endinheirados.

Os sul-coreanos são famosos também por serem um dos povos mais desocupados do mundo, prova disso é que este país é o berço das Lan Houses e dos inúmeros MMORPGS famosos que rolam mundo afora como Ragnarok, MU, Gunbound, Lineage II, Maple entre outros, que fazem sucesso também entre os desocupados de países como o Brasil, EUA, Europa, etc.

Política[editar]

O sistema político sul-coreano é o único do mundo baseado em força física do Tae-kwon-Do e corrupção ao mesmo tempo. Como em todos os outros sistemas democráticos no mundo, as leis são encaminhadas para o parlamento. Mas a grande diferença está que lá dentro, ao invés de votação, o negócio é resolvido no tatâme.

Subdivisões[editar]


População[editar]

Opinião de um coreano sobre o Brasil.

Seu povo é reconhecido entre os asiáticos pelo estranho paladar (entenda carne de au-au refogada no pimentão, acompanhado de vários insetos apetitosos e outras comidas extremamente apimentadas como salada de pimenta cru com repolho), pela genética (cara de bolacha no lugar da bochecha), pelo ego exagerado (tanto é que eles parecem argentinos, nesse ponto).

Cultura[editar]

Foram as coreanas que levaram para o leste asiático a moda das negogo micha muito presente na música pop ocidental.

Constantemente vão a cozinha e ao encontra-la suja, falam "쓰발", que pode ser reconfigurando em uma lingua normal como "shibal", que é seu unico palavão utilizado para todas as ocasiões e motivos, sobre tudo como antes dito, em relação a cozinha suja. A cultura é uma bem aviadada cuja coisas que vemos como aviadadas, são comumente observadas por lá, como casais usando roupas combinadas, e os "homens" andando de batom e maquiagem pela rua . Podemos observar esta cultura pelo wow fantastic baby pop

Culinária[editar]

Autêntico hot dog coreano.

Na Coréia do Sul se come cachorros, pimenta crua com repolho, yakiniku e arroz com cigarras e café advindo de fezes do animal consumido, crocantes ao molho pardo.

Esportes[editar]

Os principais esportes do país são o Tae Kwon Do, o Hapkido, Ragnarok e torneios de League of Legends e StarCraft (óbvio).

Futebol[editar]

Sua seleção de futebol conseguiu resultados excelentes nas últimas duas copas do mundo, graças à arbitragens suspeitas, principalmente na Copa de 2002, a qual foi realizada junto com o Japão.

O uniforme é vermelho, branco e azul, sendo que a partir de 2002 que o vermelho é desbotado e se parece com rosa.

A Coreia do Sul quer se juntar à Coreia do Norte, como principal condição que os norte-coreanos pobres emigrem para a Palestina e fiquem por lá.

Ver Também[editar]

Mirror2.jpg Conheça também a versão oposta de Coreia do Sul no Mundo do Contra:

Espelhonomdc.jpg
Mirror2.jpg Conheça também a versão oposta de Coreia do Sul no Mundo do Contra:

Espelhonomdc.jpg
Flag-map Coreia do Sul.png
Coreia do Sul
HistóriaPolíticaSubdivisões
GeografiaEconomia
CulturaTurismo
Jackiechan.jpg
Ásia
v d e h

Países: Afeganistão | Arábia Saudita | Armênia | Azerbaijão | Bahrein | Bangladesh | Brunei | Butão | Camboja | Cazaquistão | China | Chipre | Coreia do Norte | Coreia do Sul | Egito | Emirados Árabes | Filipinas | Geórgia | Iêmen | Índia | Indonésia | Irã | Iraque | Israel | Japão | Jordânia | Kuwait | Laos | Líbano | Malásia | Maldivas | Mongólia | Myanmar | Nepal | Omã | Paquistão | Qatar | Quirguistão | Rússia | Singapura | Síria | Sri Lanka | Tadjiquistão | Tailândia | Timor-Leste | Turcomenistão | Turquia | Uzbequistão | Vietnã

Territórios: Abecásia | Caracalpaquistão | Caxemira | Chipre do Norte | Coreia | Curdistão | Estado Islâmico do Iraque e do Levante | Goa | Hong Kong | Macau | Manchúria | Nagorno-Karabakh | Ossétia do Sul | Palestina (Cisjordânia e Faixa de Gaza) | Taiwan | Território Britânico do Oceano Índico | Tibete

Flag of OCDE.jpg
Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico
v d e h

Países membros: Alemanha | Austrália | Áustria | Bélgica | Canadá | Chile | Coreia do Sul | Dinamarca | Eslováquia | Espanha | Estados Unidos | Finlândia | França | Grécia | Hungria | Irlanda | Islândia | Itália | Japão | Luxemburgo | México | Noruega | Nova Zelândia | Países Baixos | Polônia | Portugal | Reino Unido | República Tcheca | Suécia | Suíça | Turquia