Coxinha

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Cquote1.pngVocê quis dizer: Patrimônio gastronômico do Brasil ???Cquote2.png
Google sobre coxinha

Cquote1.png É 1 real e não faz mal. Cquote2.png
Vendedor de Coxinha sobre Coxinha
Cquote1.png Já comi e aprovo! Cquote2.png
Você, mostrando que é uma pessoa requintada e com um finíssimo paladar inútil e quer come qualquer merda.
Cquote1.png Eles precisam saber-saber que ao até a coxinha-inha pode ter uma valor nu-nu-nu-nu-triiiv adequado! Cquote2.png
Ruth Lemos sobre Coxinha
Cquote1.png Os homens vivem dando isso em mim quando ando de ônibus. Cquote2.png
Carla Perez sobre Coxinha
Cquote1.png É UMA CILADA, BINO!!! Cquote2.png
Pedro do Carga Pesada sobre Coxinha de Rodoviária
Cquote1.png Jesus me chama!!! Cquote2.png
Você quando come coxinha de rodoviária
Cquote1.png NiIiiiIiiiIIII, NI! Nininini... Nyiiiy, nInInIII... Cquote2.png
Cavaleiros que dizem Ni sobre Coxinha.

Típica reação de uma pessoa ao comer A coxinha

A coxinha, incluindo sua variante de rodoviária, é uma das provas de que a culinária brasileira é maravilhosa um nojo. Consiste em uma massa em forma de gota d'água com recheio de sobras de galinha do almoço. Às vezes tem um catarro dentro, mas todos dizem que é catupiry.

"É uma autarquia!"
Coxinha sobre coxinha

Tabela de conteúdo

[editar] História

A coxinha foi inventada no ano de 1964 por cozinheiros da Globo, com o apoio da Ditadura Militar para ser uma poderosa arma de controle da massa, entretendo o povo com um salgadinho vagabundo e o mantendo todo fudido e ignorante.Seu cheiro fedido é capaz de matar um exéricto inteiro sem calça! Mesmo depois da Ditadura, a coxinha ainda consegue manter o povão entretido, junto com o Brigue Bródi Brasil e o Orcúti.A coxinha tambem foi feita por restos mortais de Michael Jacsson

[editar] A fama da coxinha

Apesar de ser feita de uma forma muito simplória (e na maioria das vezes, nojenta), a

Anatomia interna de uma coxinha.
coxinha atrai uma legião de pessoas mongolóides que a consomem loucamente (as vezes até no meio da rua, sem se preocupando com a reputação) pensando que é um verdadeiro manjar dos deuses, (isso porque não tem dinheiro nem para comprar uma comida decente) por vários motivos, como:
  • Preço: É muito pequeno. Do tamanho do seu pau. E isso atrai os pobres como ato de mijo e tampa de vaso ou o dedinho do pé e a ponta de móveis.
  • Localização: Você pode encontrar uma loja de coxinhas (também conhecidas como lanchonetes) em qualquer lugar: Na esquina, no meio da calçada, do lado da tua casa, perto da Igreja Universal, na casa do caralho... Dizem que podem ser encontradas até no Acre (apesar do fato de que é apenas um boato).
  • Ignorância : Por que uma pessoa iria querer comer essa merda? Talvez por que os coxinhófilos (nome dado aos consumidores de coxinha) não conheçam outra comida (A Rede Globo não ensinou para a massa que existem outras comidas).

[editar] Música da coxinha

essa é a dança do bambu lascado, você chegou e o bambu lascou.

[editar] Receita de coxinha

Se você ainda quer fazer coxinhas na sua casa, mesmo sabendo que isso é uma merda, pegue essa receita:você e que e uma merda seu bosta zoador

[editar] Ingredientes

[editar] Modo de preparo

  • Corte as sobras do almoço em pedaços, jogue o tempero da tua mãe e taca no fogo até dourar.
  • Depois, cozinhe com bastante porra para sobrar 2 copos de sangue .
  • Destraçalhe os restos da galinha e deixe já preparado para enfiar um monte de merda na massa.
  • Peneire a cocaína e reserve pra depois.
  • Misture o sangue com o leitinho e ponha embaixo da bunda da tua mãe ou da tua vó gorda para esquentar.

Quando a tua vó ou mãe estiver gostando de sentar na galinha, tire bem rápido antes que ela não queira mais largar e despeje toda a cocaína de uma só vez (para não foder com tudo).

  • Use uma colher de pau o meu pau.
  • Misture bem, deixe cozinhar (chame o papai ou a mamãe pra te ajudar, porque tu jeito que tu é tapado é capaz de tu se queimar!) e, quando estiver com cheiro de queimado, ponha a massa num balde para esfriar.
  • Distribua a massa toda em bolinhas pentágonos do mesmo tamanho.
  • Depois, pegue cada uma, achate na tua bunda (massa não fina) e coloque o dedo no cu o recheio.
  • Banhe as coxinhas no leite da teta da tua mãe e depois em farinha de rosca da tua rosca.
  • Agora congela ou frita, fela da puta!!!

[editar] Pessoas que comem coxinha

[editar] Ver também


Ferramentas pessoais
Ver e modificar namespaces

Variantes
Visualizações
Ações
Navegação
Colaboração
Votações
(F)Utilidades
Novidades
Redes sociais
Correlatos
Ferramentas