Cratera de Vredefort

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Este artigo é um
Patrimônio Mundial da Humanidade.

Pode ser uma ruína, uma cidade
de merda, um matagal abandonado,
mas está protegido!

World Heritage Site logo.png

Leitura recomendada apenas para
pessoas com cultura.

A UNESCO monitora este artigo.


Bear janta.jpg Este artigo é aprovado por Bear Grylls

E é salgado, borrachento e muito nojento!

Clique aqui para ver mais aprovações dele.

Nudflameprincess.png Este artigo é queeeente!

Se quiser editar este artigo, entre numa geladeira, ligue o ar condicionado no máximo e beba uma coca-cola gelada. E não lute contra Sailor Mars!


A Cratera de Vredefort é o maior buraco já encontrado na face da Terra localizado na fazenda de Vredefort (a maior do mundo também).

Descoberta[editar]

Formação da Cratera de Vredefort.

A cratera foi descoberta por escoteiros drogados da Namíbia que se perderam durante meses nas selvas africanas. Foram acabando parar no topo de um monte, quando puderam vislumbrar um buraco putaqueparivelmente imenso. Depois que espalharam a descoberta, a UNESCO decretou a proibição de erodir aquele espaço imenso para a extração de Diamantes.

A cratera fica localizada na África do Sul. A destruição que o impacto meteoróide causou trouxe inúmeros prejuízos financeiros para o continente africano que sofre com a extrema pobreza até hoje.

Essa cratera sinistra serve para lembrar os homens que ele podem ser varridos do mapa a qualquer minuto sem chance de defesa.

Impacto[editar]

A história do impacto começa quando alguns extraterrestres estavam fazendo escavações em Callisto, Júpiter e sem querer destruíram o satélite pelo uso indevido de Xenotium. Parte dos destroços precipitaram no planeta Terra e extinguíram quase totalmente a vida naquele planeta.

Os extraterrestres causaram um profundíssimo impacto ambiental, pois depois desse incidente uma raça de macacos traiçoeiros e mesquinhos viu na merda que estava rolando a chance de conquistar o planeta e ferrar (ainda mais) com ele. Os ETs respondem por impacto ambiental e uso indevido de explosivos controlados na suprema corte de Coruscant.