Criptônio

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Chaleira fervendo.jpg Ó O GÁS!!!

Este artigo é gasoso! Ele pode se tratar de algo relacionado a fumaça ou vapor. Antes de ler, use uma máscara protetora, e se você vandalizar, lhe mandaremos para Auschwitz!

O criptônio é um dos gases nobres mais badalados da tabela periódica. Por esse motivo, tem uma incrível capacidade de derrubar super-heróis.

História[editar]

Um dos vários usos do criptônio (pelo que se vê, nem todos eles resultam em super-heróis).

O criptônio (ou crípton para os gajos lusitanos) foi descoberto em 1898 pelo Lex Luthor em um lindo dia de sol, quando ele observava a beleza do ar. Essa útil descoberta lhe rendeu o Prêmio Nobel de Química de 1901, que o fez se achar superior pelo menos até a chegada da Grande Depressão, fazendo-o falir e entregar seus poderes criptônicos para o Batman, que desde então os administra de melhor forma.

Características[editar]

O criptônio é um gás nobre, incolor, insípido, inodoro e de muito pouca reatividade, o seu mineral é a criptonita (Kr2). Ainda não se sabe porque esse gás é tão nobre. Com os gases nobres, ele também é cheio de cores espalhafatosas, variando entre as linhas verde e vermelha-alaranjada, mas isso existe mesmo?

É um resultado da fissão nuclear do urânio (gás nobre derivado de actinídeo? Fail!). Além disso, também é derivado do flúor, ou seja, querendo ou não você esfrega criptônio nos seus dentes diariamente. E caso seja misturado com a água, fica aprisionado na rede de moléculas da água e nem pagando resgate ele sai.

Aplicações[editar]

O maior orgulho do criptônio é que um dia ele foi usado como referência na medição do metro. Esse uso foi interrompido porque o povo nunca acertava a medida, era assim que o Carl Lewis ganhava suas corridas no atletismo.

Outra aplicação diferente e totalmente inédita desse gás é em forma de luzinha: lâmpadas fluorescentes, lâmpadas de aeroporto, lâmpadas incandescente e lanterninha de celular. Também é usado na fabricação de chicletes de sabores estranhos como pizza e hambúrguer do McDonald's. É muito bom para a saúde.

Contudo o uso mais comum do criptônio é também o mais famoso entre os nerds geeks e fãs de quadrinhos: desse gás é feita a kryptonita, a tal pedra que enfraquece o Superman, o Bizarro e também aquele seu cunhado folgado que vive te pedindo dinheiro emprestado.

Ver também[editar]