Cris Nicolotti

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Bambu.png Cris Nicolotti é boca suja!

Sem vergonhamm! SEM VERGONHAMM!!

Bambusilvio.JPG
60px-Bouncywikilogo.gif
Para os neo-ateus que preferem acreditar em mentiras, os supostos experts da Wikipédia têm um artigo sobre: Cris Nicolotti.

Cquote1.png No Brasil, eu como a tua bunda e foda-se o cu Cquote2.png
Humilhação Brasileira sobre Cu
Cquote1.png Gênia! Cquote2.png
John Lennon sobre Cris Nicolotti
Cquote1.png Na União Soviética, o cu toma em VOCÊ!! Cquote2.png
Reversal Russa sobre Cu
Cquote1.png Vai tomar no cu Cquote2.png
Vizinho da Cris Nicolotti sobre Cris Nicolotti
Cquote1.png Vai você! Cquote2.png
Você sobre Cris Nicolotti
Cquote1.png A gente tem que ter glamour até para morrer Cquote2.png
Cris Nicolotti sobre Morte
Cquote1.png Eu sou você amanhã! Cquote2.png
Cris Nicolotti sobre Menina do Bambu
Cquote1.png Grandes Musicas Cquote2.png
Tonico e Tinoco sobre Sobre Cris Nicolotti
Cquote1.png Vai toma no cu!!! Cquote2.png
Qualquer um xingando cantando
Cquote1.png Eu falei que isso ia dar merda, e deu. Cquote2.png
Cris Nicolotti em mais um grande sucesso.
Cris Nicolotti, além de desocupada, é uma atriz semi-anônima, que saiu do seu semi-anonimato com uma canção ruim e sem graça belíssima e ímpar, chamada Vai tomar no cu.

A vida como camelô high-tech[editar]

Cris começou sua carreira vendendo pente di prástico na esquina da Av. Ipiranga com a Av. São João. Ali ela conheceu seu mentor espiritual e guia, Caetano Veloso, que por ser cego, não conseguia atravessar naquela esquina. Cris perguntou para Caetano:

- Vai pente, moço?

E ele:

- Vai tomar no cu!

Ela ficou tão feliz de ouvir seu ídolo e símbolo (bi)sexual, que chorou por três dias e três noites, e na quarta noite menstruou. Seu marido semi-comovido ao ver como alguém pode se afetar por tão pouco, reagiu:

- Vai tomar no cu!

E assim seus vizinhos, todos em harmonia começaram a gritar aquela frase que agora Cris Nicolotti considerava divina! (A razão para os vizinhos começarem a gritar é ainda desconhecida, mas especialistas acham que é por causa de inspiração, ou vontade de dormir.

De início ela ficou um pouco intrigada, mas após alguns experimentos, com legumes, frutas da estação e dorgas, ela realmente viu que Caetano e seu esposo estavam certos: era hora de ir tomar no cu! Mas antes ela resolveu fazer um estágio no Shop-Tur.

A criação da música[editar]

A parte mais difícil foi a letra, de início ela pensou em algo mais erudito como:

Ide! Perpetrai vosso ânus!

O tom, porém, lhe pareceu épico demais, como uma ópera de Wagner. Tentando ser mais popular, recorreu a algo mais coloquial e infantil:

Vai catar coquinho!
DramaticQuestionMark.png
Você sabia que...
  • ...antes de fazer sucesso com VTNC Cris Nicolotti cantava na Igreja Católica Apostólica Romana junto com Edson Cordeiro?

Mas agora, embora singelo, o verso perdera toda sua força dramática, que só as palavras exatas lhe dariam. Perdida, resolveu consultar o I Ching, que lhe deu o ideograma 99:

Vai tomar no cu!

Então ela compreendeu que essa máxima representava o ápice da filosofia ocidental e oriental juntas, e fazendo bico de cu com a boca, cantou:

Vai tomar no cuuuuuuuuuu

Como tudo o que sai do coração é fadado ao sucesso, essa música que saiu do cu pode ser bem uma exceção.

O sucesso inusitado[editar]

Cris após dar um tapa na pantera.

Determinação, disciplina, garra, dedicação e trabalho. Nada disso adiantou no caso de Cris. Não teve reconhecimento, nem fama, nem aplausos. Malemá tinha uma graninha no fim do mês pra pagar as contas. O que resolveu mesmo a vida da moça foi o cu, o velho cu miserável; no mais das vezes, cagado. Mais ainda, um cu bem cantado em voz alta e cadeia internetal. Ela e todos os praticantes devotos de sexo anal na Terra devem muito ao cu, assim como Titia Rowling deve sua inesperada riqueza ao pobre Voldemort (que na verdade é a Rowling disfarçada).

Bastou bancar a idiota soltar a voz para cantar VTNC, que a fama veio...

Sua vida atual[editar]

Com tanto cu na boca todo dia, Cris precisou consultar um dentista especializado em proctologia, que lhe encaminhou a uma fonoaudióloga ventríloqua, acostumada a fazer os sons saírem pelos lugares mais estranhos. Inclusive, o cu. Aterrorizada diante da perspectiva de cus falantes que pudessem vir a dominar o mundo, Cris se afastou deles e do cu em geral, principalmente o próprio. Para ajudar em tal afastamento, Cris agora é mãe de bêbada numa novela, onde ela aparece tanto que ninguém sabe o nome de sua personsagem.

Vai toma no cu com gente de classe alta[editar]