Crise nos Infinitos Jerusaléms

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Os deuses da Terra na luta contra o Ateísmo.

A Crise nos Infinitos Jerusaléms (1985 D.C.) foi uma criação da DC Comics embora pareça estar acontecendo até hoje...

A lógica da história é a luta de todos os Deuses (em essencial Alá e Sylvia Saint) pelo controle de Jerusalém.

No Wikipedia.png
QUEBROU A CARA! Os espertalhões da Wikipédia NÃO têm um artigo sobre: Crise nos Infinitos Jerusaléms.

Tabela de conteúdo

[editar] Básico início

Spoiler5.JPG
Atenção! O texto abaixo pode conter (ou não) um ou mais spoilers.
Ou seja, além de deixar o artigo com mais pressão aerodinâmica nas retas e mais estável nas curvas de alta, ele pode revelar, por exemplo, que Komiyama se une à equipe de Shugo, ou que foi o Olavo quem matou Taís.
Spoiler3.jpg

Antes dessa baboseira começar (só os gregos explicariam essa...), todos os deuses dominavam terras diferentes, cada uma com o seu. Tinha a terra do Todo-Poderoso Terra-Um, do Inri Cristo Terra 2, do Thor Terra -1, do Sílvio Santos (Terra-SBT), do Cthulhu e até a PornoTerra da Sylvia Saint (ah, como eu queria ir pra essa...). Um dia, o deus máximo do mal, o Monstro de Espaguete Voador decidiu atacar Jerusalém da Terra-4 (a de Alá), e ele respondeu a bala na terra de Zeus, que atacou a do Buda, mas a do Buda não tem deus algum, então o Dalai Lama simplesmente atacou todas as outras. Só a da Sylvia não atacou ninguém, pois estava numa cerimônia religiosa e não podia ser interrompida por bobagens, né?

[editar] E os heróis?

Mecânica Quântica
{\Delta x}\, {\Delta p} \ge \frac{\hbar}{2}\,
Princípio da Incerteza
Murphydinâmica Quântica

Formulação matemática

Lógico que não podiam ficar só coçando o saco, Superman, Batman e Sauna gay ltda. decidiram atacar o Antimonitor, o filho da mãe sem pai que tinha atacado o Monstro de Espaguete Voador com uma vara de bambu que a guria retardada lhe emprestara.

O Antimonitor, irado, mando todos ir tomar banho no Inferno e matou a Supermoça de novo. Além disso, matou mais mil versões do Gavião Negro que tinham aparecido de Thanagar pra atacá-lo.

O Flash então correu, correu, correu e agora não corre mais, chorou chorou agora não chora mais, pois ele correu tanto que foi parar na na Terra onde Judas Perdeu as Botas e encontrou o terrível Jeremiah Alcoólic, um avatar do único deus sem-terra porque trocaram a terra dele numa garrafa de Pitú enquanto ele bebia no Inferno (só podia ser coisa do cão, que butô pra ele bebê). Jeremiah decidiu acabar com aquela palhaçada toda e mandou brasa na Sylvia Saint, que conseguiu fazer com que os outros unissem-se pra matar o Antimonitor. Infelizmente, o Antimonitor continuou meio vivo e fez o Multiverso virar um simples Universo, graças ao seu agente infiltrado, Zil-Dan-Ne, filho do lendário Chuck Norris.

[editar] Antimatéria

Sobrando apenas o Universo de Antimatéria e essa josta do nosso Universo, os deuses tiveram que dividir os territórios, mas Jerusalém acabou virando a Terra de Ninguém, tudo porque nem Alá nem o deus dos rastafaris Jah quiseram ceder pra nenhum dos lados.

Na República Tcheca Sylvia Saint e Sílvio Santos decidiram dividir seus territórios entre si, mas com uma condição: Sílvio ficava com o grandão e Sylvia com o milhão.

Os outros se arranjaram como puderam. Até o Capeta Junior teve seus direitos, logo que o boneco palito deixou que ele dominasse a mente do Padre Quevedo.

Outros babacas, como Darkseid e Galactus não conseguiram nada além de mundos desolados, e japoneses como Daileon, Talpa, Saori Guido e Zordon se esconderam atrás de bibas, como os Cavaleiros do Zodíaco, Jaspion, Samurai Warriors e os Power Rangers. Nunca foram bem sucedidos, afinal.

Já Jeremias conseguiu o que queria. Matou mais de mil. Nem as pregações do Caçador Subliminar lhe acalmaram os ânimos, e só quando o dono do bar lhe descolou uma tequila ele finalmente se aquietou, vendo os aerolitos matarem os dinossauros e os Antedeguemons.

[editar] Pós-Crise

Após a Crise, surgiu um mundo novo, dominado pela Cientologia. Infelizmente, com as bichadas de Tom Cruise, a cientologia vem se tornando mais e mais impopular, fazendo-nos perguntar se haverá uma nova crise. Se depender da Colômbia e da Venezuela junto com o Equador, estamos fritos.

E VIVA A SYLVIA SAINT!!!

v d e h
O incompreensível mundo do Universo D.C.

Ferramentas pessoais
Ver e modificar namespaces

Variantes
Visualizações
Ações
Navegação
Colaboração
Votações
(F)Utilidades
Novidades
Redes sociais
Correlatos
Ferramentas
Outras línguas