Cronos (Saint Seiya)

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Este artigo é sobre o Cronos dos Cavaleiros do Zodíaco que apareceu no Episodio G, se procura o mitológico, veja Cronos.

Av-6054.gif "ΑΝΕΓΚΥΚΛΟΠΑΙΔΕΙΑ Η ΘΑΝΑΤΟΣ!!!"

Re, este artigo é grego! Ele pratica beijo grego, joga tudo na janela do carro quando acaba e gosta de ganhar de Portugal na Eurocopa, além de estar endividado pra caralho.

Coringa1.jpg Este artigo é sobre um vilão!

Isso significa que ele rouba, mata e faz outras coisas sem nenhum motivo. Se vandalizar este artigo, um super-herói irá lhe prender.

Cronos

Cronos arte.jpg

Classificação Rei dos Titãs
Cavaleiro
Deus a que serve Urano Ele mesmo!
Armadura Megas Drepanon
Golpes Oráculo Onipotente
Tempestade do Caos
Domínio de Fenômenos
Rugido das Trevas
Grande Foice de Dunamis
Pragma ESPARTA!!! Espata
Asas de Dunamis
Perfil
Nacionalidade Universo
Local de Treinamento Céu
Nascimento Início dos tempos - 100000000 a.C. (ainda não existiam signos)
Frase Favorita Cquote1.png MORRA SEIYA AIORIA! Cquote2.png


Cquote1.png Você quis dizer: Galactus Cquote2.png
Google sobre Cronos (Saint Seiya)
Cquote1.png Eu criei ele sim, é só ler Next Dimension que ele ta lá! Cquote2.png
Masami Kurumada sobre Cronos (Saint Seiya)
Cquote1.png Valeu pela Adaga de Ouro tio, vou lá matar Athena HIHIHIHIHEHEHEHEHEHAHAHAHAHAHA!!!! Cquote2.png
Saga de Gêmeos sobre Cronos (Saint Seiya)
Cquote1.png Sem sobras de duvidas o mais forte de todos nós. Cquote2.png
Inimigos dos CDZ sobre Cronos (Saint Seiya)
Cquote1.png Papai! Por que me comeu?¬¬ Cquote2.png
Poseidon (Saint Seiya) sobre Cronos (Saint Seiya)
Cquote1.png Me comeu também. Cquote2.png
Hades (Saint Seiya) sobre citação acima
Cquote1.png Vovô! Vovô! O Seiya me bateu! Cquote2.png
Apolo (Saint Seiya) sobre Cronos (Saint Seiya)
Cquote1.png Irei ultrapassá-lo um dia... Cquote2.png
Seiya de Pégaso sobre Cronos (Saint Seiya)
Cquote1.png MORRA CRONOS!! Cquote2.png
Aioria de Leão sobre Cronos

2minutesmidnight.JPG

O Titã Cronos (ou Saturno) é o temido Deus do tempo da Mitologia Grega, filho de Urano o papai do céu, com Gaia a mãe terra e irmão mais novo de Réia, a Deusa mãe (uma titã que apesar do nome feião era muito, mais muuuuuito gostosa). Ele casou-se com a irmã (incesto, algo perfeitamente normal para Deuses...) na qual fez muitos filhos e filhas (por isso a Deusa mãe), dentre eles destacaram-se os famosos Poseidon, Hades, Zeus (aquele barbudo que jogava raios na terra quando tava puto) e mais três mulheres que ninguém mais ouviu falar. Cronos invejava o poder de seu pai que era o governante do universo, que também tinha inimizade com a esposa por prender os irmãos de Cronos no Tártaro com medo de ser chifrado. Então Gaia muito puta criou uma foice de preda pedra e o Cronos a usou para castrar Urano, jogando os testículos dele no mar!

Réia, a saborosa e desejável esposa de Cronos.

História[editar]

No princípio dos tempos, existiam apenas três seres vivos, Gaia, Urano e Dercy Gonçalves (a mais experiente do trio). Esses três viviam na mais perfeita harmonia, compartilhando os recursos naturais que abundavam. Porém, certo dia, após ver que Urano e Gaia estavam comendo uma suculenta maçã que tinha reservado para o jantar, Dercy mandou os dois se fuderem. E eles levaram isso a sério. Depois de se fuderem bastante, Gaia e Urano tiveram uma penca de filhos, dentre os quais estava Cronos, o heroi deste artigo.

Cronos teve uma infância difícil. Quando não estava fudendo com Gaia, Urano estava enviando seus filhos para o Tártaro, apenas porque eles eram feios, fracos e estavam cheios de problemas, ou seja, não o satisfaziam. Fazer o quê, quem mandou ele fuder com a própria irmã? Mas Gaia era uma mãe, e não podia deixar de amar seus filhos. Já ouviu aquela frase "Deus te ama"? Pois bem, isso se aplica aqui também. Então, certo dia, Gaia criou uma foice de pedra, e convocou seus filhos, para pedir-lhes para matar seu marido. Sabendo da força de Urano, a maioria dos Titãs ficou com medinho, com exceção de Cronos, que disse "Pode deixar que eu boto meu velho na conta do papa". E assim foi. Aproveitando um momento em que Urano estava se recuperando do coito, Cronos castrou o maldito, e jogou seu saco no mar. Sem saco, Urano ficou pra baixo, até porque agora não teria mais como se divertir, e acabou morrendo de depressão. Com isso, Cronos tornou-se o novo ditador afudê do universo, tendo honra e glória jamais vistas. A primeira ação de Cronos no poder foi a de colocar seus irmãos mais bonitos no poder, estabelecendo a primeira ação de nepotismo da história. Depois, para agradecer aos seus irmãos mais feios pela ajuda na hora de derrubar Urano, Cronos mandou-os de volta para o Tártaro, de onde não deveriam mais sair.

Golpes[editar]

Cronos, ao contrário dos vilões incompetentes que foram vistos no Prólogo do Céu, Saga de Poseidon, Saga de Asgard, Saga de Hades é o único Deus que possui mais de um golpe. Isso mesmo! Talvez pelo falo dele ser um titã e não um deus, são estes:

  • Oráculo Onipotente: Um ataque que atinge diretamente a mente do oponente. Ele convida a vítima para se tornar servo de Cronos. Se o alvo resiste, então, uma maldição será jogado em cima dele e sua personalidade será destruída. Esse ataque envenena a existência da vítima, jogando-a em um destino miserável de traições e decadência, que terminam com a morte pelas mãos daqueles que eram seus amigos - o mesmo destino compartilhado pelos descendentes de Urano. Afeta também o alvo por despertar impulsos e ambições malignas. É um ataque que mostra claramente o poder divino sobre o controle das vidas dos seres humanos.
  • Tempestade do Caos: Uma das muitas formas utilizadas por Cronos para controlar a natureza. Ele chama a chuva e muda sua forma em incrivelmente longas e negras agulhas que penetram no corpo do inimigo, causando uma dor imensurável. Ele passa por armaduras e afeta o corpo diretamente. Além de ferir o inimigo, também drena sua vida e Cosmo.
  • Domínio de Fenômenos: Controlando a natureza, Cronos chama os véus das profundezas da Terra para a superfície e rodopia o vento transformando-o em lâminas naturais. Este ataque corta o corpo da vítima utilizando as lâminas de vento, enquanto queima o alvo usando as chamas que emergem do solo, que queimam não apenas o corpo mas também a energia da vida.
  • Rugido das Trevas: Cronos fornece pulsações de luz para sua Megas Drepanon, vibrando braços adicionais de seu Soma e criar um fenômeno de ressonância. Estas ondas, então, agem como lâminas imateriais que cortam o Cosmos e a força vital do inimigo. Milo conseguiu se defender ao atirar rochas no âmbito do ataque para bloquear essas ondas. Aiolia eventualmente neutralizou este poder destruindo os braços adicionais da Soma.
  • Grande Foice de Dunamis: Depois de alcançar sua forma completa, Cronos implementa uma lâmina de Dunamis em cada um de seus braços, para atacar o inimigo.
  • Praga Pragma Espata: Cronos divide o espaço acima da velocidade da luz e teletransporta o seu punho mais perto do inimigo para soca-lo, e devido a sua havilidade é impossível de se defender, a única alternativa é suportar os ataques. Além disso, a cada um dos seus golpes Cronos carrega o poder de Megas Drepanon capaz de rasgar tanta carne como o Cosmos.
  • Asas de Dunamis: Depois de utilizar sua Dunamis Megas Drepanon, Cronos ataca seu oponente. Ele decola e atinge o inimigo em uma velocidade superluminal, cortando-o através de suas lâminas de Dunamis. Segundo Cronos, o Dunamis Pteryx é capaz de romper com todo o tempo, rompendo também os átomos, assim como o seu oponente.

Descendente de Cronos[editar]

Ver também[editar]


Cavaleirospredef2.jpg