Cuparaque

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Cuparaquetequero é um município com um nome bem sugestivo. A primeira utopia Gay em uma cidade pequena em Minas Gerais, a cidade é lar das famosas barangas até os homens que preferem se comer a acabar casados com essas mulheres.

História[editar]

Não imaginava que Cuparaque fosse assim, eu imaginava um arco-íris e músicas do My Chemical Romance...

A origem do município já é uma suruba gay mesmo. Tudo começa quando um fazendeiro contrata dois tropeiros para olhar o seu gado pastar e não deixá-lo fugir. Esses tropeiros começam a se envolver e eles começam a sentir falta de Sexo. Esse elemento é essencial para um homem, é a função biológica dele. Enfim, tudo o que se precisa é um buraco e uma vara.

O tropeiro mais tímido começou a discutir sobre suas necessidades com o colega e então combinaram: uma semana de cada, eles se revezariam. E assim foi, acontece que as coisas começaram a ficar tão intensas que nenhum dos lados estava pensando em mulher quando estavam queimando a rosca.

No fim, esse amor acabou quando eles descobriram que os Aimorés tinham atacado o gado enquanto eles queimavam a rosca e tinham pego as carnes para si. Ao descobrirem um deles apontou o culpado e começa uma discussão sobre como vai ficar o rabo deles quando o dono do gado descobrir isso.

Decidiram então "selar esse relacionamento", decidiram queimar a rosca como nunca tinham queimado antes e fizeram isso de uma forma muito Macho... Ou não.

De manhã, o fazendeiro foi conferir o gado e só ouvia um grito da barraca:

Cquote1.png CU PARA QUE TE QUERO! Cquote2.png
Tropeiro gay

Como essa foi a única história que houve no município, a prefeitura não excitou em dar esse nome para a cidade pensando que ninguém ia pensar nada se eles botassem a declaração no nome da cidade.

Cidade[editar]

Como já foi dito um paraíso gay escondido do mundo. É a coisa mais normal do mundo andar de mãos dadas com um homem por lá, é também o único lugar do mundo em que se pode ter preconceito por ser hétero. Se bem que no meio do caminho não vai achar mesmo alguém para conservar a sua heterogenuidade e acabar sedendo.

Cuparaque foi motivo para a criação do dia do orgulho hétero. Em outros aspectos, Cuparaque é uma cidade pequena, com apenas duas lojas de roupas cafonas em que a dona parece ser uma velha que fala como se estivesse morrendo. É muito comum os habitantes chegarem na loja e ouvirem um:

Cquote1.png Mas acabou o estoque! Só temos esse tamanho! Cquote2.png
Lojista de Cuparaque

Nada que possa ostentar as bees locais. No fim, eles nunca compram tamanho GGG para alguém poder usar uma roupa descente lá. A cidade virou economicamente dependente de uma maior e então só realiza as compras lá. As praças são locais para os playboys (bem, nada mudou muito) e muitas mocréias infelizes passam o dia no Orkut comendo uma rosquinha em frente ao computador, um Windows 98.

Ver também[editar]