Cupira

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Cquote1.png Você quis dizer: Curupira Cquote2.png
Google sobre Cupira
Cquote1.png Gastei 80 minutos pra cruzar a cidade! Cquote2.png
Rubinho Barrichello sobre Cupira
Cquote1.png Um dia me tornarei o prefeito Hokage dessa cidade! Cquote2.png
Naruto sobre Cupira

Cupira (formalmente Ânus Enlouquece) é só uma cidade de má fama do interior do Pernambuco que é menor que um ovo e não possui muita importância.

História[editar]

Num fatídico belo dia algumas pessoas resolveram construir um terreiro de macumba uma igreja no meio do nada. Quando estavam construindo, alguém passou debaixo de uma árvore quando de tão cagado sortudo caiu um enxame de abelha nas calças do cidadão, que foi tão picado na bunda que ganhou o apelido de "cu pira", o que depois serviu para batizar a cidade com o singelo nome de "Ânus Enlouquecido" e posteriormente algo mais simples, apenas Cupira.

Os poucos habitantes da região seguramente se estabeleceram em CúDoido Cupira por volta de 1111. Alguns desses primeiros habitantes foram Fernando Collor de Melo, Luiz Inácio Lula da Silva, Fernando Henrique Cardoso e Eu. Eu propus a construção de um centro de macumba uma capela, que foi edificada à margem de uma poça de lama a qual os habitantes locais insistemme chamar de "lagoa", onde havia um cupinzeiro uma baraúna habitada por Pigmeus curupiras. O local na época era parte do município de Caçarolas (atual Panelas) e passou então a ser chamado de Distrito de Ânus-Enlouquecido. A medida que a povoação nunca crescia, mais estradas eram fechadas abertas. Eventualmente, a região tornou-se um aglomerado povoado e em 1900, fez-se a primeira barganha feira-livre da povoação.

Em 1900 a povoação tornou-se distrito próprio do município de Assadeiras (atual Panelas), com o nome de Tabuleiro. Em 1901, o distrito foi renomeado para Reto-Louco e no mesmo ano para o atual Cupira. Em 1955 Cupira desmembrou-se de Cuscuzeiras (atual Panelas), tornando-se município, sendo instalado no mesmo ano. O topônimo "Cupira" posteriormente foi utilizado pelo dialeto tupi com a criação da palavra ku'pirado que significa "sentar na abelha".

Geografia[editar]

Localiza-se a uma latitude 80hrs 70minutos 00segundos" Nordeste e a uma longitude 24hrs 75 min 18 segundos Nordeste novamente, estando a uma altitude de -111 metros. Sua população estimada em 2011 de deshabitantes é de "um punhado".

O município está expulso incluído na área geográfica de abrangência do semiárido do agreste de Megalómaniacos Pernambuco, definida pelo Ministério da Desintegração Nacional em 1949. Esta delimitação tem como critérios o índice da chuva não sei porquê inferior a 800 nabas por mm, o índice de aridez até 0,58753 e o risco de estiagem maior que 99%. Devido à altitude, o calor insuportável local apresenta-se com verões violentos e secos, com ocorrência de tempestades de verão e eventual queda de graniTzo leve, temperaturas com picos entre 40°C e 55°C, névoa seca nunca periódicas, e invernos chuvosos como se inverno não fosse chuvoso com mínimas variáveis entre 32°C e 34°C e ocorrência de névoa úmida nas noites entre 28 e 29 de fevereiro.

O município foi excluído está inserido nos domínios da Bacia fedorentas Hidrográfica do Rio Una e tem como principais tributários o feirantes da quarta-feira e o Esgoto Riacho da Serra, todos de regime pertinente.

Economia[editar]

A famosa Feira de Cupira, conhecida mundialmente por não atender necessidades básicas de higiene, como forma de baratear os custos.

Cupira é o maior produtor de mosquiteiras da América Latina, para suprir a demanda das tantas cidades pernambucanas que convivem com ataques diários de muriçocas gigantes. Para confeccionar tantas mosquiteiras Cupira chegou a se industrializar, abrindo centenas de fábricas produtoras.

Fora as rendeiras e costureiras, os matutos da cidade precisam passar o dia na roça, e os mais vagabundos se sustentar do bolsa família.

Lazer[editar]

Não tem nada pra se fazer nessa cidade de merda, exceto se seu estilo de diversão for testemunhar uma dentre os tantos assassinatos diários que ocorrem nessa cidade que mais parece uma favela do rio de janeiro linda. A única merda diversão é a pista de motociclismo com um monte de lama, areia, rios e outras baboseiras. Dessa lama se extrai uma das mais ilustres espécies de sapo: o Cupiru Caruaru Cururu, que é a criatura que mais zela pela cidade.

Turismo[editar]

Tipo de mulher que, definitivamente, você não encontrará em Cupira.

Cupira é uma cidade humilde, que tenta fazer de tudo para desenvolver o turismo na região, mas as pessoas nem sequer conhecem a existência do município para demonstrar pelo menos algum interesse de visitá-lo. A cidade portanto possui as suas festas supostamente religiosas, como Festa de Santos Reis, São João e Carnaval, que tem toda sua religiosidade desvirtuada para tornar-se verdadeiros bacanais.

Cupira nem para possuir mulheres bonitas, o que reflete diretamente nos cabarés da cidade, os piores do agreste pernambucano, afastando ainda mais os turistas. A mulher mais bonita da cidade, eleita Musa da Copa Cupira, é sempre uma mulher bem mais ou menos, geralmente com pneuzinho e tudo.

Como todas outras cidades do Nordeste tem carnavais e festas juninas infinitamente melhores, Cupira decidiu então a focar no turismo de mountain-bike, e passou a negar-se a asfaltar ruas ou modernizar avenidas, transformando a cidade numa enorme trilha que é muito visitada por entusiastas do motociclismo.