Curso Positivo

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

{{#logotipo:http://images1.wikia.nocookie.net/uncyclopedia/images/a/a6/Positipédia.jpg}}

Vina.jpg EstE artigo não tem sotaquE, gentE!

EstE aRtigo é paranaensE, logo, sE você não tiveR intimidadE, cultura, foR um meRda ou moraR em outro lugaR do Brasil quE não seja o Paranã, não sE aproximE, pois elE não fala com gentE da sua laia! Se você avacalhaR, Requião vai ao palanquE com o Diabo e fará um pacto com o Moderador Malvado para tE baniR!

Crazyhorse.gif Atenção! Este artigo fala sobre BURRICES!

Não leve nada daqui a sério, ou você corre o risco de
se tornar tão burro e lerdo quanto o criador dessa joça.

Ou as burrices podem te morder.

Kidiaba.gif
No Wikipedia.png QUEBROU A CARA!

Os espertalhões da Wikipédia NÃO têm um artigo sobre: Curso Positivo.

Uma das filiais do Curso Positivo, ostentando o indefectível "jóinha" apreciado pelos curitibocas nas pastinhas vendidas pelos camelôs. Foi daqui que saiu o dooouze(ou não, pergunte a um aluno do Dom Bosco)...
Programa assitencialista do Positivo, através das suas pastinhas amplamente vendidas pelos camelôs, possibilitando acesso aos seus serviços a população carente.

Cquote1.png Você quis dizer: Zorra total Cquote2.png
Google sobre Curso Positivo

Cquote1.png Você quis dizer: Máquina de dinheiro Cquote2.png
Google sobre Curso Positivo

Cquote1.png Experimente também: Fábrica de bedéis Cquote2.png
Sugestão do Google para Curso Positivo

Cquote1.png Na União Soviética, o "jóinha" entra em VOCÊ! Cquote2.png
Reversal Russa sobre Curso Positivo

Cquote1.png Na Dom Bosco União Soviética, a concorrência apavora VOCÊ! Cquote2.png
Reversal Russa sobre Curso Positivo

Cquote1.png Na União Soviética, a apostila decora VOCÊ! Cquote2.png
Reversal Russa sobre Curso Positivo

Cquote1.png Ooow galera positivo não puxa demais os alunos neh? Cquote2.png
Nerd na 123131231ª revisão de domingo a noite sobre Curso Positivo

Cquote1.png Meus gnooooomosss azuis!!!! Cquote2.png
Aluno contando uma piada sobre professor do sobre Curso Positivo

Cquote1.png Se fechar a porta, pra fora é um circo, pra dentro um hospício! Cquote2.png
Professor sobre Curso Positivo

Cquote1.png PUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUULLAAAAAAAAA !!!! KOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOLBBBB!!!!!!! Cquote2.png
Aluno sobre Curso Positivo e suas aulas

Cquote1.png Demócrito filósofo grego... Cquote2.png
Qualquer um contando uma piada engraçada sobre do Curso Positivo

Cquote1.png Na União Soviética, VOCÊ conta piadas repetidas por décadas para os professores! Cquote2.png
Reversal Russa sobre Curso Positivo

Cquote1.png Estriblio é o refrão de uma música...o Rap do Calor que criei ontem pessoal tipo assim... Cquote2.png
Professor contando uma música "inédita" do sobre Curso Positivo

Cquote1.png Você traiu o movimento do Ensino Médio, véio! Cquote2.png
Dado Dolabella sobre Curso Positivo

Cquote1.png Das 50 vagas em Medicina da Universidade Positivo, 49 são do Positivo... Cquote2.png
Propaganda do Curso Positivo, sobre a universidade do mesmo grupo empresarial educacional.

Cquote1.png Galera! Vocês tem que apavorar na Federal! Mas levem esse folhetinho da Universidade Positivo, que é uma das melhores universidades do mundo, e muitos de vocês vão precisar. Cquote2.png
Professor fazendo Merchandising, muito comum no Curso Positivo

Cquote1.png Vamos no shopping?! Cquote2.png
Patricinha do Curso Positivo antes da aula

Cquote1.png Senta no "banquinho do Positivo"! Cquote2.png
Aluno do Dom Bosco entrouxando o polegar no traseiro

Cquote1.png Senta você com mais um ano de cursinho! Cquote2.png
Aluno do Positivo sobre comentário acima

Cquote1.png Eu não preciso de intensivo, pau no cu do Positivo! Cquote2.png
Aluno do Bom Jesus ou do Marista sobre comentário acima

Cquote1.png Ô tio! Me vê uma pastinha dessas do Positivo na cor laranja... Cquote2.png
Vileiro comprando pastinha no camelô para carregar tranqueiras


O Curso Positivo é mais uma famigerada empresa uma das instituições que compõe o holding (não é só a Wikipédia que tem gente cult) do Grupo Positivo, da qual consiste na instituição mais curitiboide do Paraná, pois é onde concentra a zelite estudantil que tenta uma vaga nas universidades públicas do Paraná, mas normalmente preenchem as vagas das universidades particulares.

História do Curso Positivo[editar]

Cara de satisfação por estudar no Universidade Colégio Positivo... Essa é uma aluna com potencial para perder uma nota no cursinho para tentar a Federal, e parar na PUC...

O Curso Positivo surgiu na década de 1900 e guaraná com rolha, bem na época em que o Dondon jogava no Andaraí, e a vida era mais simples de se viver... Bom, voltando ao assunto, é uma instituição que foi criada por um grupo de nerds que resolveram pegar dinheiro dos ricos burros, já que pegar mulher não era o forte desses caras (hoje, mesmo velhotes, pegam as mulheres que quiserem), dando início ao Grupo Positivo que reúne uma porção de empresas no segmento de informática, gráfico, e universidade, consistindo no Grande Irmão de Curitiba.

Alunos do Curso Positivo felizes da vida por passarem no vestibular da Universidade Positivo (como se precisasse de cursinho pra isso...). Enquanto os pais choram com alguns anos de boleto bancário (como se não bastasse o investimento na escola particular...).
Professor do Positivo mostrando que precisa ter personalidade pra passar no vestibular...

No princípio do Curso Positivo, os paga-lanche que fundaram a instituição, ajudavam os marombados com suas tarefas de casa (na verdade eles apanhavam se não fizessem a lição deles), da qual ao perceber que estes acéfalos conseguiam boas notas no colégio com o seu esforço, um deles resolveu transformar seu esforço em dinheiro, enquanto escrevia uma resenha sobre Auguste Comte e o Positivismo. "Transformando o seu imaginário em uma ação concreta", com a abertura de uma salinha porcamente ajeitada para receber alguns manés que sequer sabiam realizar uma equação de primeiro grau, mas que estavam dispostos a pagar por quem se dispusesse a ser mais didático que os livros convencionais. Da qual Comte além de servir de inspiração aos criadores do cursinho preparatório para o vestibular, também inspirou os criadores por meio da sua filosofia positivista que até os dias de hoje é propagada pelas empresas do Grupo Positivo, que consiste em arrecadação e lucro contínuo...

Com o tempo, os fundadores notaram que o número de trouxas alunos cresciam "exponencialmente", dando dinheiro, muito dinheiro... possibilidade para o surgimento de novas empresas do Positivo, como uma gráfica para imprimir seu material apostilado que tem o apoio do movimento GLS, uma vez que trata-se de publicações com combinação de cores bizarras, como rosa, com amarelo e roxo, para agradar os Teletubbies facilitar o acesso dos alunos nas matérias, já que estes são um bando de preguiçosos que ao menos se organizam por conta própria. Além de uma fábrica de tranqueiras computadores, para atender a demanda das suas escolas, que posteriormente em um pacto com o Capeta e às Casas Bahia, difundiram nacionalmente, por meio de um idiota ("Quer pagar quanto???!") a sua marca em 800 prestações. Tornando-a em uma das maiores empresas dos Estados Unidos do Sul, da qual é uma das maiores responsáveis pelo PIB do Paraná, juntamente com a Igreja Universal e a Água da Serrinha, sendo uma das empresas mais respeitadas de Curitiba, seja pelos carrinheiros com os agasalhos das suas escolas que tiveram a oportunidade de ganhar na "campanha do agasalho", ou seja pelas indefectíveis pastinhas, que são literalmente umas "malas-sem-alça-e-sem-zíper", que é muito apreciado pelos curitiboides de qual faixa econômica, seja pelos "piá-de-prédio" para dizer que são "estudantes", mesmo passando às tardes no McDonald's, ou pelos "pobres" e vileiros (redundância-on), que infestam o Inter 2 e os biarticulados, que apreciam essas porcarias para ter o status de um estudante de uma escola particular, mesmo não tendo condições de segurar sua pasta e de se segurar nos ônibus lotados com esta merda, que é tradicional entre os estudantes de Curitiba, sendo plagiado até mesmo pelos concorrentes.

Sobre o Curso Positivo[editar]

Alunas do cursinho chorando de tanto rir com a piada do "Anta" (ou não), que foi escrita por Pero Vaz de Caminha...
Assunto freqüente entre os alunos do Positivo e do Dom Bosco, sobre o doooooooooooooooooooooooouuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuze (clique para ampliar)...
Note um típico curitiboca usando uma pastinha pirata do Positivo. O motorista deveria ter passado por cima deste imprestável que paga para fazer Merchandising pro "jóinha"...

O Curso Positivo consiste no maior Stand-up comedy de Curitiba no melhor estilo pior estilo Zorra total, em "salas de aula" que concentram mais de trezentos alunos (muito parecido com o auditório do Silvio Santos), da qual o "palco" é ocupado por professores que são pagos para falar abobrinhas entre um conceito e outro, na qual a maioria trabalha na instituição desde o seu surgimento, há mais de 4500 anos, e até então contam as mesmas piada todos os anos (por isso que tem aluno do Positivo que vai para o Dom Bosco quando tem que fazer cursinho novamente, e vice-versa). Assim como desenvolvem personagens, como "O Anta" que faz parte do folclore curitiboide, juntamente com o Oil Man, Toninho da Renovar, o cavalo babão, o peladão do centro cívico e o Palhaço da Rua XV. Existem relatos de que as piadas dos professores do Positivo é produzida em escala industrial, juntamente com as apostilas do cursinho...

Outro dado freqüente é a constante briga com o concorrente Rubinho NÃO Bosco, na qual trata-se de uma instituição igual, só que pertencente à concorrência e logomarca diferente, mas da qual muito alunos associam essas instituições em que estudam como se fosse seu time de futebol, ou religião, da qual se mantém em constante rivalidade no orkut, com a grande utilidade de troca de insultos e críticas, em prol do "colejão" em que estudam, ao compararem quem aprova mais na UFPR, quem tem a melhor apostila, melhor localização, melhor macete, piada, professores, enfim, os alunos dessas instituições se matam """"""""""gratuítamente"""""""", sendo que o público dessas instituições quando passam na Federal, normalmente são alunos dos colégios tradicionais de Curitiba que fazem um Positivo ou Dom Bosco para pegar os macetes do vestibular e que ficam madrugadas inteiras estudando para não ter que estudar quando aprovados na faculdades públicas, por falta de professores ou excesso de botecos ao redor dos câmpus. Enquanto os demais alunos serão destinados a ocupar às vagas das universidades particulares, como; PUC, Universidade Positivo, UTP, Uniandrade, etc...

Algumas piadinhas do Positivo[editar]

* Será apresentado algumas piadinhas contadas pelos professores do Curso Positivo, desde o tempo em que sua avó era virgem e o Dondóm jogava no Andaraí.

- "Quando o ácido cai na água, molha a pantufa ou ioniza"? (Essa á do DOOMMMM!)

- "Ainda to anotando sobre Demócrito filósofo grego..."

- "xique xique...remexe puxa encoxa oxente!"

- "O seu escore...o seu potencial...o seu futuro azul"

- "você se alimenta pela boca ou pelo tímpano"?

- "já trancou sua irmã no banheiro"?

- "O que esses dois átomos têm em comum? Bebem da mesma cachaça? Traçam a mesma gatinha? Ou tem o mesmo número de elétrons na camada de valência"? (Essa á do DOOMMMM!)

- "Vocês não querem aula né? Vamos pro boteco aqui do lado tomar uma cerveja. Vocês pagam eu bebo. Ou melhor, tem algum gaúcho aqui? Pois este vai dar uma chopada"...

- "Tô namorando aquela amina, porque eu sei que ela não tem bola"

Exemplo de cultura transmitida nas salas do Positivo[editar]

Outras empresas do "jóinha"[editar]