Curuçá

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Curuçá
"A cidade do sapo cururu"
Aniversário Algum dia de Abril e 4 de Outubro
Fundação ????
Gentílico curuçaense
Lema É nóis caralho!
Localização
Localização de Curuçá
Estado link={{{3}}} Pará
Mesorregião Reino do Pará
Microrregião OVNIs Chupa-chupa
Região metropolitana Região Metropolitana de Colares
Municípios limítrofes Terra Alta, cidade dos gays Marapanim, São Caetano de Trivelas e Vigia (terra do segundo melhor carnaval do Pará)
Distância até a capital 120 kms (é perto, mas não vá a pé) km
Características geográficas
Área 672,614 km² + 89,652,368 Km² de manguezal km²
População Cabocos, ET's, Caranguejos, gós, políticos visagems e alguns seres humanos. hab. 65465
Idioma Não disponível
Densidade 0,0001 hab/km² hab./km²
Altitude 30 metros
Clima Equatorial super escroto.
Fuso horário UTC -3
Indicadores
IDH -0,709 médio PNUD/2050
PIB R$ R$ 1,62 IBGE/2065
PIB per capita R$ 0,000000000001 IBGE/2087

Cquote1.png Você quis dizer: Curuçambá? Cquote2.png
Google sobre Curuçá
Cquote1.png É lá pro lado do Marajó! Cquote2.png
Fernando Cruz sobre Curuçá
Cquote1.png Eu não uso esse tipo de medicamento, não... Cquote2.png
Carla Perez sobre Curuçá
Cquote1.png Curuçá minha terra meu lugar Cquote2.png
Algum doido sobre Curuçá
Cquote1.png Bons tempos aqueles... Cquote2.png
morador de Terra Alta sobre Tempo em que Terra Alta fazia parte de Curuçá
Cquote1.png Quantos dias de viagem? é de barco? Cquote2.png
Desinformado sobre Curuçá
Cquote1.png Você vai se divertir pra valer, e viver eletrizantes aventuras nesse lugar do barulho em clima de muita azaração e tédio Cquote2.png
Narrador da Sessão da Tarde sobre Curuçá

Curuçá é um município do estado do Pará que quase ninguém conhece, e fica logo depois de Terra Alta. Onde é Terra Alta? Antes de Curuçá!

História

Tudo começou com uns padres Jesuítas muito loucos que vinham fazendo uma suruba em uma caravela e acabaram chegando em um lugar que eles chamaram de Abade (e que hoje é conhecido como Abade e fica a 4 km do centro de Curuçá), lá eles conheceram uns otários índios mais doidos ainda, chamados de Andirás. Esses índios fumavam uma erva suspeita e bebiam Vodka com limão...

O confronto foi iminente... Depois de horas de um duelo de dominó, os jesuítas venceram e passaram a comandar o lugar.

Por outro lado, os índios Andirás ficaram deprimidos e resolveram ir embora do lugar e desistiram de ser índios. Parte deles se isolou em um lugarejo que hoje é conhecido como Andirá. Mas ninguém sabe ao certo o que aconteceu com a maior parte deles, alguns estudiosos afirmam que eles (os Andirás) se espalharam pelo mundo e hoje são conhecidos como emos...

Quanto aos jesuítas, depois de ter fundado igrejas a torto e a direito no lugar, e arrecadado muita grana, também foram embora porque eles ficaram muito entediados...

Ninguém sabe a origem do nome Curuçá. Segundo Estudos da UFAC (Universidade Federal do Acre), "RUÇÁ" é uma palavra em Tupi-Guarani que significa "do mundo" e "CU" é "Cu" mesmo... então Curuçá significa "Cu do mundo"

Economia

Nem o tal famoso carnaval gera renda, é só um monte de imundos que se reúnem em bandos para chafurdarem no meio de um lamaçal imundo tentando todos contraírem as mais diferentes doenças de pele possível.

Apenas uma cidade miserável cujo povo precisa se enganar que está tudo bem para não morrerem todos de depressão caso encarem com seriedade a realidade em que estão afundados na lama (literalmente e figurativamente).

Cultura

Existe isso lá? A cidade até é conhecida como "A terra do folclore", mas sabe lá Deus porque...

Curuçá é conhecida como "a terra do folclore", até outro lugar resolver ser também... Aí Curuçá perde mais esse título. Foi assim com o título de "a terra do Carimbó" (que perdeu pra Marapanim), foi assim com o título de "a terra do Caranguejo" ( que perdeu pra São Caetano de Trivelas).

Curuçá é conhecida também pelo seu carnaval (auto-proclamado como o melhor do Pará).

Turismo

Quando você ouve falar em carnaval de Curuçá deve vir na sua mente uma das duas opções: "Nada"; e "Ah! É aquele lugar onde todo mundo se suja na lama?". Pois é exatamente isso, uma forma simbólica do povo da cidade demonstrar esportiva diante dos males que lhes assolam, pois após passarem o ano todo afundado na lama, nada melhor do que chafurdarem ainda mais no mangue e esfregarem na pele todo tipo de bactéria e fungo e ainda se sentirem felizes e aliviados por estarem com lama assando na virilha e no meio da bunda enquanto todos se esfregam numa verdadeira libertinagem ao ar livre.

Mas... O Carnaval de Curuçá não é só isso... é o melhor período para visitar a cidade, principalmente para aqueles foragidos do carnaval de Vigia onde tem muito gay e ladrão. Pelo menos não gays assumidos, pois o que mais se vê são bichonas vestidos de mulher e maquiados mas alegando heterossexualidade e que aquilo é só uma brincadeira, inclusive quando são pegos no flagrante executando a dação anal.