Cyndi Lauper

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Predefinição:80

DramaticQuestionMark.png
Você sabia que...
  • ...Se você achava a Madonna velhota, a Cyndi Lauper ainda consegue o feito de ser 5 anos mais velha?
Emblem-sound.svg.png Cyndi Lauper
Cyndi LauperTime After Time The Best Of.jpg
Cyndi, "A feia mais pop"
Nome Cintia Lalpode De La Neves
Origem Estados Unidos
Sexo Não identificado
Instrumentos
Nuvola apps kcmmidi.png
Batom neon, roupas chamativas e vibrador.
Gênero Carimbó, Lambada, Rock-bitch, Reggae
Influências Carmem Miranda, Xuxa, Madonna
Nível de Habilidade ???
Aparência Baixo, ruim, pobre...
Plásticas Botox no cu.
Vícios
Nuvola apps atlantik.png
Não ficar parada.
Cafetão/Produtor
Crystal Clear action bookmark.svg.png
Michael Jackson

Cquote1.png Você quis dizer: Palhaça? Cquote2.png
Google sobre Cyndi Lauper
Cquote1.png Você quis dizer: Gabi Amarantos? Cquote2.png
Google sobre Cyndi Lauper
Cquote1.png Você quis dizer: Mulher Brega? Cquote2.png
Google sobre Cyndi Lauper
Cquote1.png Não falem mal da minha filha Cquote2.png
Cyndi Lauper sobre Hayley Williams
Cquote1.png Nunca vi mais feia. Cquote2.png
Madonna sobre Cyndi Lauper
Cquote1.png Porque lá em Pato Branco as meninas se inspiravam na Madonna daí. Cquote2.png
Bozena sobre Cyndi Lauper
Cquote1.png NÃO, Bozena! Esta é a Cindy Lauper!! Cquote2.png
Mário Jorge sobre comentário acima
Cquote1.png Nem a Bruxa do 71 era tão feia!!!! Cquote2.png
Amauri Jr sobre Cyndi
Cquote1.png Choreeei lairgarrto! Cquote2.png
Jeca Gay sobre Cyndi Lauper
Cquote1.png Uma das maiores vacas dos anos 80! Cquote2.png
La poota sobre Cyndi
Cquote1.png Ja comi por pena Cquote2.png
Chuck Norris sobre Cindy Lauper
Cquote1.png Eu aprendi a canta com ela. Cquote2.png
Taquara rachada sobre Cyndi
Cquote1.png Muito bicha Cquote2.png
Las bibas from vizcaya sobre Cyndi
Cquote1.png PReFiRuHHH Fresno Cquote2.png
Emos sobre Cyndi
Cquote1.png Whore é sua mãe, sua @#$#[email protected]! Cquote2.png
Madonna sobre Cyndi
Cquote1.png Feia Cquote2.png
Chad Kroeger (Eleito duas vezes o cantor mais feio do mundo) sobre Cyndi
Cquote1.png Ainda existe? Curioso! Cquote2.png
Ancião Ventrue sobre Cyndi
Cquote1.png Me identifico tanto com suas músicas! Cquote2.png
Vanderney sobre Cyndi
Cquote1.png Amigas inseparáveis! Cquote2.png
Björk sobre Cyndi
Cquote1.png É com ela que aprendi a me vestir!!! Cquote2.png
Otakus sobre Cyndi
Cquote1.png Meu cabelo é assim por causa dela. Cquote2.png
Hayley Williams sobre Cyndi
Cquote1.png Pow. Eu gosto de Cyndi Lauper. Cquote2.png
Henrique sobre Cyndi
Cquote1.png Só porque canta melhor que eu, fica tirando onda! Cquote2.png
Madonna sobre Cyndi
Cquote1.png Se não fosse ela, o que seria de mim e de boa parte do Pop "Unusual"? Cquote2.png
Lady Gaga sobre Cyndi
Cquote1.png Comi ela e a Madonna... Cquote2.png
Ana Carolina sobre Cyndi
Cquote1.png Sou fã dela e de Madonna! Cquote2.png
Oscar Niemeyer sobre Cyndi

Cyndi Lauper é para alguns pessoas maiores de 60 anos e com boa memória, o grande nome feminino da história da música internacional. Para outros, uma competidora de Madonna que comeu poeira. Dona de uma voz de destruir vitrais, Cyndi é uma gritadeira dos anos 80 que lançou um dos álbuns mais vendidos da história da música, presente em lares gays de todo o mundo desenvolvido e na penteadeira das empregadas da América Latina que se julgam amantes de música internacional. Sem dúvida, uma artista de nome forte na história da música pop!

Garota prodígio[editar]

Uma lenda etrusca diz que Cyndi nasceu no dia em que "a voz das sereias não se ouviu", provavelmente pelo fato de que seu berro ao nascer ecoou por toda a Terra. Dona de uma voz poderosa, Cyndi passou por um momento bíblico narrado no evangelho apócrifo de São Tomé 24:24:

"Jesus, pois, brincava com um passarinho sob uma frondosa amoreira quando uma ruivinha aproximou-se pedindo-lhe o passarinho emprestado.

Disse Jesus: Emprestá-lo-ei quando assim tiveres acabado de brincar. A menina, pois, insistiu e seu tom de voz se ouviu pelos quatro cantos, de Sião até a Assíria, fazendo o passarinho morrer, o céu tremer, as montanhas verterem fogo, as estrelas caírem...".

Cyndi teria visto seu potencial para cantora na infância, durante sua primeira vez, quando chegou ao orgasmo e notou que havia descarnado seu companheiro de cama com seus gemidos finais, notando então o poder de sua voz e partindo para a conquista do sucesso.

Mas seu destino foi lancinado por Noé, um cara com quem seu pai obrigou-a a se casar. Depois de um incidente envolvendo Madonna, Ruth Romcy,Dercy Gonçalves e Noé, ela acabou partindo de vez para o estrelato.

Os primeiros passos na carreira musical[editar]

Cyndi começou gritando em botecos de beira de esquina músicas de igreja que não combinavam com aqueles lugares. Para piorar, sempre que liberava toda sua potência vocal, não via receptividade do público, provavelmente por estar algumas escalas acima do que a audição do ser humano capta, o que era notado pelo sumiço repentino de animais sensíveis a ondas sonoras de maior amplitude.

Num de seus shows, Cyndi foi procurada por uma feiticeira oriental que lhe avisou que sua voz jamais lhe renderia sucesso a menos que ela cantasse para humanos. Cyndi zombou dela até que, 5 shows após, foi demitida pelo dono do último bar que ainda aceitava-a cantando, sendo avisada de que estava sendo paga para nada.

Foi então chamada por um grupo de amigos de Nova Iorque, interior do Maranhão, para cantar com eles um som pop/rock vagabundo que não pegava, até Cyndi comer uma isca de peixe no litoral nordestino e ter a garganta rasgada da epiglote até o estômago, obrigando-a a maneirar antes que abrisse sua garganta de dentro para fora.

Cantando num tom humano, Cyndi chamou a atenção de um produtor de músicas sodomitas de New York que passava férias na América Latina. Na época ele declarou jamais ter ouvido tal voz, mesmo estando com uma infecção auditiva que o impedia de ouvir com clareza qualquer coisa que lhe dissessem, o que contribuiu para lendas acerca do real sexo de Cyndi. Não se sabe ao certo se para cantar como ela é preciso cantar com o útero ou ter colhões, mas suspeita-se que sejam necessários ambos.

O primeiro cd solo[editar]

Cyndi mostrando que imagem é tudo

Nos EUA de 83 só se tocava uma coisa nas rádios: um som chamado de New Wave que era New há mais de 10 anos. Ninguém mais além do enorme contingente de imigrantes ilegais da América Central insular ouvia aquilo, mas apenas eles ligavam para as rádios, o que explicava o boom desse estilo.

O produtor de Cyndi sabia disso e chamou sua garota prodígio para treinar e gravar um álbum com uma banda da gravadora cantando músicas chamativas e dançantes. Cyndi logo se revelaria uma péssima escolha musical, pois nada de novo parecia vir dali. Foi após uma noitada extravagante numa boate gay underground acompanhado de Cyndi que veio a inspiração. Completamente drogado, seu produtor viu uma drag queen japonesa se masturbar no palco e soube exatamente o que fazer com Cyndi.

No outro dia, levou Cyndi para lojas de roupa onde os vendedores só falassem espanhol e colocou roupas em Cyndi ao estilo da drag japonesa. Cyndi lembrou-se de seu encontro místico com a feiticeira oriental e achou que ali estava sua grande chance. Ao entrar nos estúdios, uma secretária falava ao telefone com a secretária eletrônica de um agente sobre a nova cantora e seu produtor.

A gravação registra o momento em que Cyndi entra na gravadora com as seguintes palavras: "Logo tiram ele, ele está louco, tá entrando agora com mais uma traveca barata de esquina pra transar enquanto a outra grita... MEU DEUS, é ela! Pode avisar a diretoria que logo ele será demitido". Essa secretária hoje deve se considerar uma tola de visão fechada, mas sim, o produtor de Cyndi foi demitido no outro dia, sendo Cyndi chutada junto.

Foi então que seu produtor, bêbado e drogado, colocou Cyndi num karaokê com algumas tapes demo que ele tinha gravado e mandou ela cantar algumas letras que tinha feito. Ouvida pelo prédio todo, sabe-se que todos os homossexuais subiram correndo e viram Cyndi, vestida como uma palhaça oriental com o microfone na boca e sabiam que tinham uma nova deusa em mãos.

Ali mesmo os homossexuais do prédio gravaram uma tape com Cyndi cantando o que seria seu primeiro cd e enviaram para várias gravadoras, sendo lançado ainda em 84 com o adicional de uma música do Prince apenas pra dizer que havia uma música ao menos que garantisse ao cd o status de ouvível.

Mas superando todas as expectativas, o cd estourou nas rádios, lançando Cyndi como mega-star. Ficou por milhares de dias na lista dos 100 mais vendidos, lançou um hino gay, uma balada grudenta regravada por Phill Collins décadas depois e mais uns 2 hits que ninguém mais lembra e agradou a todos os críticos homossexuais internacionais que diziam que ela duraria no topo mais que modas passageiras como Madonna. Que homens de visão!

Ascensão e queda[editar]

Cyndi ditou moda

Considerada estrela de primeira grandeza, Cyndi foi chamada para um projeto com Spielberg para cantar a música tema do filme "Os Goonies", que se tornou hit, apesar de até hoje muitos acharem que não era Cyndi quem aparecia no clipe, e sim Boy George, fato negado por Boy George que diz nunca ter tido o rosto tão redondo.

Em seguida, Cyndi gravou junto de Michael Jackson a canção que estourou no Brasil na voz de Solange do BBB4, "Iarnuou", ou, no original, We are the world. Juntar Michael Jackson e Cyndi em uma música só resultou em uma coisa: incontáveis semanas em primeiro lugar. O hit, considerado por vários críticos como o maior desperdício da música, foi tirado do primeiro lugar por Madonna e sua "Crazy for you". Cyndi tinha então uma inimiga.

Suas músicas ainda faziam eco pelas rádios norte-americanas e muitos diziam que era pelo fato das que tocavam em Janeiro estarem completando a volta pelo Trópico de Câncer. O ano era 86. Cyndi cortou a juba e, com visual moderninho, apareceu com um novo álbum e uma nova balada no melhor estilo desejo-um-novo-hit.

Seu desejo foi atendido e o hit veio com "True Colors" em que ela aparecia vestida como uma mistura de cigana e Índia e os cabelos descoloridos. Madonna lança então "True Blue". Inimigas declaradas, Madonna e Cyndi começaram uma disputa que terminou em massacre: enquanto Madonna emplacou 5 hits, Cyndi emplacou 2. Era o meio dos anos 80.

No desespero para voltar ao topo, Cyndi se lançou no cinema, mas foi como se lançasse a si mesma de um precipício. Seu filme foi considerado uma tragédia apesar de ser um comédia e todos sabiam que era só mais uma tentativa de correr atrás do sucesso de Madonna e seu "Who's That Girl", filme hit do verão norte-americano.

Cyndi estava perdendo seu reinado e ganhando peso. Algo que deixaria ela muito frustrada algum tempo depois.(Isso quase aconteceu com a estrela do pop Britney Spears

Cyndi então tem um último trabalho com seu produtor, onde trabalhou pela primeira vez na vida na produção de algo seu em gravadora. Fez uma capa de álbum vestida de palhaça europeia e apareceu nua fazendo sexo num clipe com um cabelo branco e uma mecha preta. Era só isso que precisava para afundar sua carreira. Apesar da música ser um hit, novamente impulsionada pelos homossexuais-retrôs-new-wave de 89 e os guatemalcos e el-savadorenhos da Costa Leste, vê Madonna lançar "Like a Prayer", o álbum tido como obra prima da rival. Cyndi vendeu apenas 2 milhões de álbuns nos EUA, contra 14 milhões da rival, e foi jogada no esquecimento do mundo pop. O álbum 1989 se chamava "A Night To Rememer" e nele havia uma música chamada "Like A Cat", te lembra alguma coisa?

Descontente afinal, Cyndi, solitária, lançou um álbum vagabundo que ela chamou de experimental, onde sua voz era o que mais chamava a atenção já que estava caro pagar uma banda e ela teve que racionalizar o uso. O álbum foi um colossal fracasso, mas sua aparência voltou a chamar a atenção, vestida de palhaço vintage na capa do álbum e ganhando assim o apreço da crítica gay especializada.

Mais ascensão e mais queda[editar]

Cyndi cinquentona na Capa de seu CD mais lindo, trazendo músicas tão antigas quanto ela e o Titanic.

Cansada de fracassos colossais, Cyndi começou a se dedicar a uma coletânea após receber telefonema de sua gravadora. Se dedicar no caso seria apenas gravar um remix de seu hino gay, "Girls Just Wanna Have Fun" e um clipe onde chamou seus amigos responsáveis pelo hit e travestiu todos. A música estourou nos EUA que começava a onda ska. Fazendo o que sabia fazer melhor, ir na onda dos outros, Cyndi lançou um remix pendendo pro reggae com batida hip-hop, coisas que não saía das rádios norte-americanas.

A coletânea estourou, vendendo mais que todos os seus 3 últimos álbuns juntos, explicando a presença de quase metade das músicas estarem no seu único álbum com vendagens tidas como grandes, o de estreia, se considerarmos o remix.

Mas após o estrondoso sucesso da coletânea, Cyndi resolveu trabalhar no seu novo álbum sozinha, o que deixou todos de pé atrás. O resultado não foi surpresa e Cyndi lançou um novo álbum um pouco mais ouvível que o anterior, colocado pela Rolling Stone como "saiu da merda para um peido fedorento. Ao menos não precisa limpar". É então que lança um festival de coletâneas que não deram para pagar seu almoço de cada dia.

Nesse período, Cyndi emagreceu muito, perdendo as energias que impulsionavam sua voz potente, podendo assim cantar coisas que chamassem a atenção do público comum. Ao invés disso, Cyndi tomou as rédeas de sua carreira e lançou um álbum em que saía de um bueiro na capa, local pra onde a maioria das cópias do álbum foram, tendo que ser lançado apenas no Japão, que comercializava os artistas mortos dos EUA (Veja Sting, Michael Jackson e Tiffany para mais informações), se rendendo enfim à sua incapacidade completa de lidar com o mercado fonográfico e lançando um cd com regravações acústicas de seus parcos sucessos e meia dúzia de outras músicas.

Atualmente[editar]

Cyndi não faz mais nada de relevante. Ponto. Está cercada de lendas urbanas, lógico, como toda ex-mega-star, tais quais:

  • Saiu pelada numa revista na infância (descobriram ser uma montagem com fotos antigas para alavancar sua carreira com a ajuda da internet)
  • Fez um vídeo pornô na praia (descobriram que seu parceiro era uma boia)
  • Trocou de sexo (mas não se sabe pra qual, embora haja suspeitas de que seja agora mulher definitivamente)
  • Mendiga nas ruas de New Orleans
  • Tem parentes vivos.
  • Morreu
  • Trabalha em uma lanchonete na 25 de março

Nova Coletânea[editar]

Cyndi também está lançando mais uma série de coletâneas, agora pela Som Livre. As músicas do primeiro volume são:

  1. Time After Time
  2. Hey Now (Girls Just Wanna Have Fun)
  3. She Bop
  4. Girls Just Wanna Have Fun
  5. Time After Time (ao vivo com Kate Pierson)
  6. Hey Now (Girls Just Wanna Have Fun) (acústico)
  7. She Bop (remix)
  8. Girls Just Wanna Have Fun (original demo)
  9. Time After Time (voz e violão)
  10. Hey Now (Girls Just Wanna Have Fun) (versão estendida)
  11. She Bop (instrumental)
  12. Girls Just Wanna Have Fun (remasterizado)
  13. Bonus track: Time After Time (ao vivo remix)

O segundo volume irá conter mais 4 músicas, seguindo o mesmo esquema de enrolação releituras do anterior.

Dia 22 de Junho de 2010, será lançado mais um fracasso em vendas [1][editar]

A "cantora gritalhona", após todos os fracassos listados acima, lançará um novo cd. Dessa vez, não irá seguir o fracasso que foi o cd dance de 2009 (Bring Ya To The Brink), seguido dos remixes das mesmas músicas de sempre. Irá investir no Blues, que diabo é isso? Basta esperar... Enfim o álbum foi lançado, debutando em #26 na Billboard TOP 200 Álbuns e em #1 no Billboard Blues Álbuns, ficando nesta posição por 14 semanas. O álbum foi sucesso no mundo todo, vendeu 600 mil cópias, tudo graças a seu marido que comprou todas e deu para crianças pobres na África, que o atiraram na cara do velho.

True Colors Residence[editar]

Cyndi iniciou em 2010 o projeto True Colors Residência (Casa da Suruba) onde irá abrigar jovens da comunidade GLS expulsos de suas casas (jovens com a mesma idade de Cyndi, 200 anos pra cima). A conclusão da obra não tem data de término, pois Cyndi faliu e não tem mais dinheiro para continuar a obra. Estima-se que talvez em 2059 já estejam prontos 5 quartos da casa.

Curiosidades[editar]

Cyndi: Mulher? Maravilha? Ambos?
  • Gravou uma música chamada Madonna Whore (Madonna puta) mas diz que não foi pra rival;
  • She Bop (Ela é do BOPE) foi escrita quando Cyndi veio ao Brasil e passou alguns dias conhecendo a fundo os militares em seus quarteis DANDO uma... de cantora;
  • Nunca fez sexo a não ser pago (exceção logo abaixo);
  • Acredita-se que foi violentada por um palhaço na infância, sendo iniciada assim na vida sexual. Teria gostado muito e descarnado o palhaço quando ele perguntava algo respondido com um poderoso "YOU", o que seria sua inspiração para o guarda-roupas.
  • É viciada em tintura de cabelo;
  • A Syndel de Mortal Kombat foi inspirada nela (ataca com o cabelo e mata com a voz);
  • Acusou Michael Jackson no tribunal.
  • Afirmou ter sido um menino na infância.
  • Tem medo de baratas voadoras.
  • Em recente campanha com Lady Gaga, afirmou que Lady Gaga era uma filhinha.
  • Por detrás das cameras, disse ao maquiador gay que o perfume de Lady Gaga era fedorento.
  • Nasceu no dia 22 de Junho, o ano é um mistério, há boatos que em 1908.