Administrador de banco de dados

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
(Redirecionado de DBA)
Ir para: navegação, pesquisa
Seiyaputo.jpg Este artigo trata de uma personalidade mortalmente, incrivelmente e filhadaputamente odiada!
A casa dessa pessoa vive quebrada e pichada.

Conheça outros filhos da puta clicando aqui.
Um DBA em seu habitat natural, o quarto sujo com cheiro de Elma Chips e punheta

O administrador de banco de dados (DBA) é uma classe social abaixo da classe petista e da classe comunista, e consegue ser tão odiado quanto os dois juntos. Normalmente é representado por um gordo meio sujo de Doritos, com óculos fundo de garrafa, unhas roídas, cheiro de virilha fermentada, espinhas na cara e virgindade intacta. Ele é o mongol que toma conta do banco de dados, mas nunca apaga o incêndio. Quando ocorre a merda, coloca no cu dos programadores. A gente sabe que uma profissão é inútil quando tem "administrador" no nome, se fosse bom seria "economista de banco de dados".

Profissão[editar]

O currículo dum administrador de banco de dados tem que ser bem extenso, cheio dos cursos e certificações, Oracle, SQL, meu pau de óculos, League of Legends, entre outros, que provavelmente foram pagos com o dinheiro do pápis. Então começam trabalhando como estagiário de suporte básico, formatando computadores e instalando o Office nas estações da empresa. Enquanto isso, continuam carregando o currículo com vários cursos fodidos da área, os mais caros possíveis, mas que é só pagar que recebem a certificação.

A partir daí, enviam currículos para outras empresas, maquiando o emprego de estagiário numa pastelaria no bairro do interior de uma cidade próxima ao fim do mundo, transformando-o em "administração da infraestrutura da empresa", até que finalmente são chamados por empresários incautos, que confiam na experiência de um gordo fétido com cheiro de danoninho no sovaco, e dão-lhe o emprego de administrador de banco de dados, em vez de privilegiar os programadores e analistas internos. Aí é só diversão!

No trabalho[editar]

Estado do quarto do DBA após criar uma tabela

O trabalho do administrador do banco de dados é relativamente fácil, ele só precisa saber fazer três coisas bem; primeiro, saber usar bem o Google para procurar possíveis problemas no banco de dados; segundo, saber colocar a culpa nos outros sem dó; e terceiro, saber implorar muito bem para não ser demitido. Na maioria das vezes o administrador do banco de dados é parente do dono da empresa, então não precisa nem implorar pra continuar no emprego.

O administrador de banco de dados deve sempre carregar um manual de banco de dados, pra poder fazer o que de melhor sabe ("dããããã, qual comando eu uso pra salvar esse código, deixa eu procurar no manual"). Quando ele nota alguma inconstância no banco de dados, tem que saber gritar bem alto pra chamar o analista ou programador de banco de dados pra dar um HELP. Também deve saber instalar os programas gerenciadores de banco de dados (SGBD), mas isso com certeza ele sabe, pois já instalou muitas coisas na vida, como o Office, o Adobe Reader e o Flash Player.

Ver também[editar]

v d e h