Doença Deliciosamente Transmissível

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
(Redirecionado de DST)
Ir para: navegação, pesquisa

{{

Esta página se adequa à Nova Política de Conteúdo Sexual.
Conteúdo impróprio para menores de 18 anos! Tirem as crianças da sala! Este artigo tem conteúdo impróprio para menores!
Este artigo pode conter pornografia pesada ou leve. De preferência, leia-o de olhos fechados...

Se ele estiver cometendo uma infração à Política de Conteúdo Sexual, por favor, reporte à moderação.
Asclepius.png A Desciclopédia não é um consultório de medicuzinho.
Por isso, tome vergonha e vá procurar um pra fazer seu check-up.


Cquote1.png K-DST?! Não é aquela rádio do GTA San Andreas?! Cquote2.png
Gamer sobre DSTs
Cquote1.png You gonna catch them all! Cquote2.png
Pokèfan sobre DSTs
Cquote1.png Isso non ecsiste! Cquote2.png
Padre Quevedo sobre DSTs
Cquote1.png Já driblei! Cquote2.png
Irineu sobre DSTs
Cquote1.png Isso é uma safadeza, rapaz! Cquote2.png
Kiabbo? sobre DSTs
Cquote1.png O que é, eu não sei, mas se tá na moda, eu também quero! Cquote2.png
Guria Retardada sobre DSTs
Cquote1.png No Brasil, eu como a tua bunda e foda-se o DST! Cquote2.png
Humilhação Brasileira sobre DST

Mulher prestes a ser morta por uma DST.

DST significa Doença sexualmente transmissível. São basicamente doenças que, quando você fode, ou é fodido, elas vem e fodem você. A maioria delas não tem importância maior que um resfriado, entretanto, a partir da década de 80, com o crescimento da AIDS, muita gente fodeu e se fodeu.

Cazuza, estrela do pop nacional, contraiu a doença através de ratos, dentro de uma piscina. Será?

A melhor forma de evitar DSTs é não ter relações sexuais (esta é a explicação da imunidade nerd ao HIV). Dar o brioco aumenta a chance de transmissão das DSTs, portanto é preferível afogar o ganso na perereca. Cuidado, pois sexo oral também transmitem doenças, ou seja, se você ver alguém com a boca cheio de pontinhos vermelhos, isso significa que la tem Sífilis!!!

Como pegar[editar]

Basicamente, existem 2 métodos de se contrair. Uma delas é por transfusão de sangue. Se você precisar de sangue e acordar no SUS, você tem altas chances de pegar DST e mais 10 tipos de doenças diferentes

DST's e o Sexo Oral[editar]

Por sexo oral também se contrai DST's, uma pessoa com pigarro na garganta pode estar com candidíase ou gonorreia, pois nessas doenças há grande geração de secreção, então quando uma pessoa estiver "raspando" a garganta pode ser que ela tenha DST. Ainda não existe uma camisinha bucal, mas uma opção é fazer o sexo oral usando a camisinha, mesmo que depois que o ato termine sua boca fique parecendo boca de quem comeu baicon devido a lubrificação e o hálito de borracha. Uma pessoa com afta na boca pode ser uma portadora de DST, o cranco mole, e dizer que é afta para não se passar por uma pessoa doente.

Gonorréia[editar]

Não, não é dor de barriga! Mas é tão nojento quanto (ou pior). Procure fotos disso no Google, porque a Desciclopédia não é um show de horrores (pelo menos não desse tipo). O serzinho que fica feliz causando essa desgraceira é a Neisseria gonorrheae. Ela é um diplococo gram-negativo (lembra?) e é anaeróbia (é fodona e não precisa de oxigênio. E o mais legal é que ela só fode a vida dos humanos, pois não causa infecções nos animais.

Transmissão da maldita[editar]

  • Fodendo
  • Essa desgraçada não consegue viver bem fora do hospedeiro (você), então não venha falar que trocou cuecas por aí (que coisa de viado) ou que usou a toalha que enxugou outra shana.
  • A bactéria geralmente fica na superfície mucosa
  • Zona de perigo: cérvice, uretra, reto (ui!), pênis e faringe (adivinha porquê).

Sintomas[editar]

É muito nojento! É um tipo de secreção esbranquiçada que fica escorrendo do pau ou da colega. E muito mais:

  • Infecção endocervical nas mulheres
  • Infecções no reto (para você, sodomita)
  • Contribui para Faringite gonocócica (para você, que gosta de chupar por aí)
  • Até mesmo secreções oculares (escorrendo do olho) - quem gosta de espirrar pra todo lado sabe muito bem como isso vai parar aí.

Tratamento e Profilaxia[editar]

O tratamento é feito com antibióticos e alguns quimioterápicos. Mas não espere até precisar deles. Evite, fazendo:

  • Tornando-se um padre (porém, isso não não garante muita coisa).
  • Tornando-se um nerd punheteiro (essa é garantida, a não ser que a bactéria esteja na tua mão).
  • Criando vergonha na cara, e protegendo o colega e a colega.

Sífilis[editar]

clique e aprenda algo nessa sua vida inútil e pervertida.

Causada pela bactéria danadinha Treponema pallidum e também pela sua falta de vergonha. A coitadinha (ou não) da bactéria é uma espiroqueta.

Transmissão[editar]

  • Fodendo, pra variar
  • Infecções sifilíticas dos genitais e de outras partes do corpo.

Sífilis Primária[editar]

Aparece uma pequena lesão ou úlcera indolor no local da infecção. Mais freqüente nos órgãos que você adora estudar na aula de ciências. Ela é pequena e discreta (nem sangra, mas se você apertar vai sair um líquido altamente infectante). Em 3 a 12 semanas ela some, fazendo você pensar que está saudável de novo e deixar de ir ao médicuzinho (por pura ignorância e burrice.

Sífilis Secundária[editar]

Não culpe a doença! Ela já avisou que estava ali, mas ninguém deu bola, então ela continuou a se desenvolver. Começa com uma erupção cutânea a uns 2 meses depois da infecção primária. Essa erupção pode durar pouco, ou muito - te dando mais uma chance de correr para as placas de cultura do laboratório. O indivíduo começa a perder pelos, ter febre leve, mal estar e dor de cabeça. Então a erupção some de novo. É uma doença que gosta de esconde-esconde.

Sífilis Terciária[editar]

Acontece se o ser em questão, altamente inteligente não tiver se tratado ainda. Ela começa a ativar o sistema imunológico do corpo, que até então estava dormindo no ponto inativo para isso. Provoca inflamação e uma lesão horrorosa típica, toda borrachenta e pode ulcerar.

Neurosífilis[editar]

Agora já era. Foi para o Sistema Nervoso e logo você estará morto (clique aqui para ver quem te espera no inferno).

  • Ainda tem a congênita que dá no feto de uma gestante com sífilis terciária. A bactéria invade a placenta e se espalha toda feliz pelo corpo do feto. Pode acontecer aborto no ato, ou criança doente de nascença.

AIDS ou SIDA[editar]

Ver artigo principal: AIDS

Cquote1.png Experimente também: Pãozinho da Tia Cida Cquote2.png
Sugestão do Google para SIDA

A mais clichê, a mais famosa, a mais falada, a mais temida e a mais freqüente. Foi posta no meio da lista propositalmente, para que você aprenda a não seguir clichês da sociedade.

Tem gente que fala que veio do macaco (assim como nós), tem gente que fala que vem dos gays, tem gente que fala que foi feita em laboratório propositalmente... Enfim, todo mundo adora inventar uma teoria pro surgimento dessa praga, mas ninguém sabe de onde veio na verdade.

Essa é causada por vírus, que é um ser insignificante mas que faz um estrago do caralho. É o vírus da imunodeficiência humana (HIV). É um retrovirus que fica brincando de converter DNA e RNA com sua transcriptase reversa.

Transmissão[editar]

O melhor é previnir!
  • Fodendo (cara, você sai da aula de microbiologia pensando em nunca mais brincar por aí).
  • Contato com fluidos corporais infectados, geralmente: [[Porra|porra], sangue e secreções vaginais.
  • Felizmente, essa os bebês não pegam (ou não...).

Progressão[editar]

Além de deixar o indivíduo fraco e tudo o mais, ela ferra o sistema imunológico (por isso que chama síndrome da imunodeficiência adquirida). Com o sistetma imunológico ferrado, uma gripe sem-vergonha pode ser fatal. É uma típica doença de tortura em que o ser em questão não morre por causa da doença especificamente, mas sim de outra doença qualquer (oportunista) que é ajudada pela AIDS que deixou tudo sem defesa no coitado do indivíduo.

Tratamento e Profilaxia[editar]

O famoso coquetel (e não é de frutas). Trata-se de uma mina de ouro para os farmacêuticos e um atestado de falência para o doente. Nesse coquetel tem de tudo. Medicamentos para: interferir na duplicação genética do vírus, impedir a adesão do envelope do vírus à membrana-alvo, inibidores de tudo que é enzima dos vírus, destruir as proteínas do vírus... e muito mais!

Mas o melhor é cuidar da profilaxia, para que você não seja o próximo desgraçado infectado.

  • Nunca mais transe com alguém!
  • Fique só na sua reflexão diária
  • Não saia de casa e tranque tudo

Mas se você precisa transar tanto assim, pelo menos:

  • Encape tudo, nada de bareback
  • Lave bem as mãos (não está diretamente ligado, mas... é sempre bom lavar).

Herpes[editar]

É uma praga doença viral, conhecida na roça como cobreiro, não sei porque. É causada pelos vírus da família Restart Herpesviridae. Afeta principalmente a mucosa da boca e a genitália, mas pode causar problemas neurológicos.

Conforme vai se reproduzindo, o vírus provoca junto com a ação do sistema imunológico o aparecimento de exantemas e bolhas dolorosas (uma afta muito pior). As vesículas contêm líquido muito´rico em vírus e a sua ruptura junto à mucosa de outro indivíduo é uma forma de transmissão (contudo também existe vírus nas secreções vaginais e do pênis ou na saliva). Então TOME CUIDADO!

Existe a Herpes:

  • Oral ou Labial, que dá na boca (ORLY?) - HSV1
  • Genital, que dá na genitália (ORLY? - HSV2 - uma possível complicação neurológica é a meningite ou mesmo a encefalite. Se a mãe infecta o recém-nascido via ascensão pelo útero na gravidez ou no nascimento, a infecção é especialmente virulenta.
  • Herpes pode ser mortal, então se mate para Herpes não te matar.

Herpes medíocres:

  • faringite herpética, causa em jovens adultos dores de garganta.
  • infecção dos dedos em profissionais de saúde, adquirida pelo manuseio sem luvas das áreas infectadas de doentes.
  • Herpes do Gladiador, uma infecção disseminada na pele (adquirida por vezes na luta corpo a corpo, daí o nome).
  • Traz muitos incômodos, e não tem cura. Apenas remédios para diminuir os sintomas.
  • É possível reduzir o risco a contaminação evitando-se o contacto direto com indivíduos infectados e com objetos utilizados por estes.

Prevenção[editar]

Cientistas trabalham até hoje para desenvolver algo que funciona contra todas essas doenças, mas até agora nada. Então, nada de abandonar a camisinha.

Dizem que a única cura é comer baratas e insetos, até sua genitália cair e você morrer. No computador, use o antivírus NSA, e não aproxime muito de sites adultos sem uma camisona, do contrário você poderá cair num buraco infinito.