Daguestão

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

República Montanhista do Daguestão(em russo, Дaгecтao), a nação mais velha do mundo, existe desde que o Australoptecus ficou com dor de costas e virou Homo Sapiens.

História[editar]

Vila de Tindi. Única ruína habitada no mundo.

A nação mais antiga do Velho Continente, os russos nem sonhavam em beber vodka e os daguestaneses já dançavam polka.

Colonizada por uma tribo pagã, se situava em uma região tão inóspita que os cruzados preferiam ir para o deserto árabe se matar com os islâmicos do que procurar pelos satânicos daguestaneses.

O Daguestão faz fronteira com a Chechênia e levantou a 1 milhão de anos atrás várias montanhas na fronteira para evitar que os chechenos enchecem o saco do Daguestão.

Por causa de sua antiguidade, no Daguestão já aconteceu de tudo. Toda e qualquer proeza que algum humano possa fazer, já o fizeram no Daguestão. Houveram mais de 3.000 guerras, conflitos, embates, brigas de bar e o resultado dessas guerras não importa mais, Daguestão ainda existe.

Recentemente surgiu um movimento separatista no Daguestão, o Movimento Branco, onde estão importando neve artificial para tornar o Daguestão (um deserto montanhoso) mais parecido com Russia.

Etnia[editar]

A população do Daguestão e seu costume milenar de vestimentas ridículas. Os homens todos lutam no exército e as mulheres ficam chifrando seus maridos esperando pelo seu amor voltar da guerra.

Formada por povos tradicionais, que ainda comem com a mão, caçam com laços e constroem casas de madeira, o Daguestão é um retrato do passado da história da humanidade. A nação é a região com o maior número de lorotas, histórias e aventuras contadas.

Nunca acredite num velho daguestês (a menos que você acredite em Papai Noel), eles sempre contam histórias fantásticas de seus avós que conquistaram a Russia ou que venceram os Estados Unidos em guerra limpa.

Todo daguestanês afirma também que participou da Guerra do Vietnã.

Geografia[editar]

Circundando o famoso Mar Cáspio, no Daguestão há apenas muitas montanhas e suas cidades ficam nas margem do Lago Cáspio. Como o lago ao longo dos anos está secando, as cidades daguestanesas estão já a quilômetros da água, por outro lado o estoque de sal é imenso.